Economia financeira: como um planejador financeiro pode te ajudar?

  • 05/01/2021
Página inicial - Vida financeira - Economia financeira: como um planejador financeiro pode te ajudar?

É comum o receio em contratar um planejador financeiro, muitas vezes por achar que o serviço é muito custoso ou que não faz sentido para a sua vida. Porém, um bom profissional pode ajudar a dimensionar e administrar suas expectativas, trazendo clareza sobre possibilidades e riscos, auxiliando a fazer escolhas de forma consciente, agregando muito valor ao longo do tempo, gerando economia financeira e adotando estratégias adequadas para que você atinja os seus objetivos.

Neste artigo, vamos explicar as vantagens dos serviços de um planejador financeiro e como o auxílio de um profissional pode fazer diferença na sua vida, trazendo segurança, tranquilidade e economia financeira.

O que faz um planejador financeiro?

O planejador financeiro é um profissional multiespecialista, com visão estratégica e conhecimentos de administração de investimentos, gerenciamento de riscos, previdência complementar, seguros, planejamento financeiro, fiscal e sucessório.

Ele atua como um consultor, avaliando os objetivos, expectativas e necessidades de cada cliente, otimizando o processo de atingir metas financeiras por meio do gerenciamento adequado dos recursos.

A função de um planejador financeiro é apresentar e executar estratégias de planejamento financeiro adequadas ao perfil de cada cliente. Com o auxílio de um profissional, é possível entender as implicações de cada decisão e eliminar as suposições com relação ao gerenciamento das suas finanças.

Em uma analogia com outras profissões, podemos dizer que o planejador financeiro tem papel parecido com o de um nutricionista ou um personal trainer. Todos eles traçam um plano com você e, junto com o seu próprio esforço, ajudam a alcançar seu objetivo.

Diferenças que um planejador financeiro pode fazer na sua vida

Um planejador financeiro é capaz de mostrar diversas formas para você otimizar e proteger o seu patrimônio. Sempre com olhar sistêmico, ele tem o objetivo principal de identificar os desequilíbrios financeiros, auxiliar nas decisões sobre as obrigações e alertar para os pontos de atenção, principalmente para os riscos envolvidos nas operações.

Gastar melhor

Um planejador financeiro pode ajudar a alcançar os seus objetivos, sair do vermelho e ensinar a comprar com sabedoria para que sobre recursos para você prosperar. O profissional irá trazer clareza sobre a situação financeira e tranquilidade sobre o caminho que você precisa seguir. Na parte inicial de um planejamento pode ser necessário que ocorram trocas e ações, algumas um pouco mais dolorosas, mas após um tempo, depois de começar a colocar em prática, você perceberá a melhora na sua qualidade de vida e economia financeira.

Saiba mais: Consumo consciente: o que realmente importa para você?

Estabelecer objetivos

Estabelecer os objetivos é uma parte importante do planejamento financeiro, pois quando existe uma meta para alcançar, fica mais fácil economizar do que quando não se tem um objetivo preestabelecido. Nesse aspecto, um planejador financeiro pode auxiliar com as melhores maneiras de economizar e também onde investir o seu dinheiro, potencializando os seus rendimentos.

Otimização de patrimônio

O planejador financeiro também é responsável pela otimização do patrimônio, analisando os bens existentes e alinhando-os aos objetivos financeiros. Ele analisa a rentabilidade e verifica se o patrimônio está rendendo de acordo com os pares do mercado e com os objetivos financeiros. Além disso, avalia se faz sentido manter aquele produto/bem ou se é melhor trocar por outro que busque um retorno melhor, sempre alinhado com o perfil de risco, momento de vida e objetivos do cliente.

Dimensionamento dos seguros

São diversas as modalidades de seguros no mercado e elas têm objetivos diferentes. O planejador financeiro dimensiona e avalia a necessidade do serviço, de acordo com a realidade da família.

O trabalho do planejador financeiro é entender realmente a necessidade do seguro e sugerir uma apólice que seja exatamente o que o cliente precisa naquele momento de vida e que caiba no bolso.

Saiba mais: A importância do planejamento na hora de contratar um seguro

Cálculos tributários

Assim como uma empresa deve se preocupar muito com as questões financeiras, a pessoa física também deve ter essa preocupação. A área tributária é bastante abrangente e pode ter diversas abordagens, como avaliar a necessidade de abrir uma administradora de bens, planos de previdência, declaração de imposto de renda, entre outras. Um planejador financeiro pode te auxiliar com essas questões, proporcionando economia financeira e de tempo.

Plano de sucessão

No plano de sucessão, o planejador financeiro faz uma avaliação dos bens da pessoa e ajuda a definir estratégias, evitando conflitos desnecessários e atendendo aos interesses dos envolvidos. Utilizando as ferramentas certas para a sucessão, o desgaste entre as partes é reduzido e o patrimônio é protegido, gerando economia financeira.

Acesse o Guia de Planejamento Sucessório e conheça as ferramentas de sucessão

É muito importante destacar que, ao contratar um planejador financeiro, o profissional deve ser isento e alinhado com seus interesses. Dessa forma, ele irá escolher os produtos adequados e buscar a melhor rentabilidade para seus investimentos, de acordo com seu momento de vida e objetivos financeiros.

O trabalho do planejador financeiro na prática

Para você entender melhor a importância do trabalho de um planejador financeiro, separamos exemplos práticos:

Exemplo 1:

Nosso cliente tinha um imóvel de R$1,2 milhão, alugado pelo valor de R$3 mil mensais. Consideramos no cálculo uma taxa de 10% sobre o aluguel (R$300,00) cobrada pela imobiliária e descontamos 27,5% (R$742,50) de imposto de renda pessoa física. Dessa forma, o valor líquido recebido era de R$1.957,50 por mês. Para a venda do imóvel, considerando os custos e os impostos, o valor líquido era de R$1 milhão.

Como objetivo do cliente era geração de renda, recomendamos que ele vendesse o imóvel e dividisse o valor de R$1 milhão igualmente em cada uma dessas quatro classes de ativos:

  • R$250 mil em imóveis que geram aluguel
  • R$250 mil em títulos públicos que pagam cupom semestral (NTNb)
  • R$250 mil em fundos imobiliários
  • R$250 mil em uma carteira de ações com empresas boas pagadoras de dividendos

Nesta carteira diversificada, os riscos do seu patrimônio são reduzidos e a renda líquida estimada é de R$4.400,00/mês, proporcionando um rendimento mensal de aproximadamente R$2.500 a mais, o que somaria R$30 mil em um ano.

Comparação da renda líquida mensal em cada opção
Opção 1 – somente imóveisR$ 1.957,50
Opção 2 – carteira diversificadaR$ 4.434,53
Diferença de renda mensal (R$)R$ 2.477,03
Diferença de renda mensal (%)127%

Exemplo 2:

Outro exemplo é de um médico que recebia R$120.000 por ano de salário (renda tributável) e R$500 mil por ano de distribuição de lucros da empresa e estava aplicando R$5 mil por mês em PGBL.

Analisando o caso, recomendamos que ele reduzisse o PGBL para o limite de 12% da renda bruta anual e aplicasse o restante em um VGBL. Dessa forma, ele passou a aplicar apenas R$1.200 em PGBL e R$3.800 em um VGBL.

Saiba mais: a diferença entre PGBL e VGBL

Antes da ParMais Depois da ParMais
Salário (tributável) R$120.000 R$120.000
Distribuição de lucros R$500.000 R$500.000
Aportes em PGBL R$60.000 R$14.400
Antes da ParMais Depois da ParMais
Aportes em VGBL R$456.000
Aportes em PGBL R$600.000 R$144.000
Acumulado em prev em 10 anos R$790.848 R$790.848
IR a pagar R$217.483 R$66.700

Considerando essa mudança de estratégia nos aportes, ele passou a utilizar o benefício tributário que o PGBL possibilita e continuou investindo em uma previdência, mantendo seu objetivo, porém, no futuro, ele irá pagar 1/3 de imposto do que pagaria se continuasse na estratégia que estava.

Conclusão

Contratar um planejador financeiro para te ajudar a administrar e dimensionar suas expectativas pode fazer grande diferença na sua vida e gerar uma boa economia financeira. Um bom profissional irá trazer clareza sobre as possibilidades e riscos e te ajudará a fazer as melhores escolhas, indicando as estratégias para que você alcance os seus objetivos.

O planejador financeiro pode atuar em diversas áreas, te ajudando a otimizar seu patrimônio, a gastar melhor e estabelecer os seus objetivos, auxiliando no planejamento tributário, sucessório e fazendo o dimensionamento adequado dos seus seguros. Dessa forma, você consegue entender as implicações das suas decisões financeiras e elimina as suposições com relação ao gerenciamento das suas finanças, protegendo seu patrimônio e gerando economia financeira.

Busque sempre por profissionais isentos e sem conflitos de interesses, que irão buscar a melhor rentabilidade para seus investimentos e escolher os produtos adequados aos seus objetivos e momento de vida.

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

Últimas publicações