Conheça as cinco NFTs mais caras do mundo

  • 28/01/2022
Página inicial - Blog - Conheça as cinco NFTs mais caras do mundo

O ano de 2021 foi de forte crescimento para o mercado de NFT (Tokens não fungíveis) e a previsão é que ele tenha muito mais espaço para expansão nos próximos anos.

Isso porque o mercado de NFTs não é só uma coleção de avatares e gravuras de animais vistos nas redes sociais. Com ele, é possível realizar transações com o mundo todo, sem depender de agentes descentralizados – o que facilita a ruptura de barreiras de vendas. Além disso, espera-se que o mercado de NFT estreite o relacionamento de grandes marcas com o público que consome os produtos por meio de itens colecionáveis.

Considerando esses fatores, trouxemos neste artigo o que são e quais as cinco NFTs mais caras do mundo. Confira!

O que são NFTs – Tokens não-intercambiáveis

Em uma explicação bem resumida, NFT é um código que funciona como autenticação de um determinado arquivo e permite que sua autenticidade e originalidade sejam asseguradas.

É um registro digital da posse de um bem, seja ele real ou virtual, que utiliza a tecnologia das criptomoedas para criar ativos digitais únicos.

Um NFT pode representar itens colecionáveis, imóveis, personagens de jogos, um ingresso ou assento de um evento esportivo, um medalha olímpica e até mesmo posts nas redes sociais.

Veja quais foram as peças mais valiosas já negociadas:

1º – Merge

A obra Merge ficou conhecida por bater diversos recordes financeiros, como o item digital mais caro do mundo e a obra física e digital que mais rendeu financeiramente para um artista vivo.

Vendida por US$91,8, a obra foi fracionada e suas cotas foram compradas por 28.983 pessoas, resultando em 312.686 unidades. Ao juntar essas cotas, é formada uma “massa” – como o artista chama – que cresce visualmente conforme o comprador adquire mais unidades.

Foto: Reprodução/Nifty Gateway

2º – Everydays: The First 5000 Days

Essa era a NFT mais cara da história até a venda da Merge. Leiloada por US$69,3 milhões, é uma obra em formato JPG que exibe cinco mil obras do artista digital Beeple. No ano de 2007, o artista se propôs a criar uma arte por dia e, ao final de cinco mil dias, uniu todas as obras em um único NFT.

Ela ainda mantém o título de ser a NTF mais cara vendida para um único comprador.

Foto: Reprodução/Christie’s

3° – Human One

Essa é mais uma obra do artista digital Beeple. Diferente da Everydays e demais obras do artista, essa é uma espécie de escultura física e digital que foi leiloada por US$28,9 milhões e que pode ter alterações no futuro.

Na escultura, quatro telas de alta resolução – armazenadas em uma estrutura de metal polido e madeira de mogno – exibem um vídeo NFT com cenas do primeiro humano nascido no metaverso, caminhando por paisagens em um clipe de reprodução infinita.

Foto: Reprodução/Christie’s

4º – CryptoPunk 7523

Os CryptoPunks são 10 mil personagens colecionáveis únicos, com rostos pixelados e atributos diferentes, podendo variar entre zumbis, aliens, macacos e humanos. Eles foram criados por Matt Hall e John Watkinson, do estúdio de jogos Larva Labs.

Esse é o terceiro CryptoPunk mais raro da coleção e o mais caro de todos os tempos, vendido por US$11,8 milhões. A arte é um alien com máscara de proteção.

5º CryptoPunk 4156

Leiloado por US$10,35 milhões, esse CryptoPunk chama a atenção dos colecionadores por retratar um macaco, característica rara, considerando que há somente 24 obras desse tipo na coleção.

Foto: Reprodução/Larva Labs

Conclusão

Trouxemos neste artigo uma lista com as cinco NFTs mais caras do mundo.

Elas foram negociadas por valores milionários e a busca pelo mercado vem crescendo exponencialmente.

Para os próximos anos, espera-se que o mercado de NFT estreite o relacionamento de grandes marcas com o público que consome os produtos por meio de itens colecionáveis.

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

Últimas publicações