Como declarar Fundos Imobiliários?

  • 01/02/2020
Página inicial - Investimentos - Como declarar Fundos Imobiliários?
Como declarar Fundos Imobiliários

Os fundos imobiliários estão cada vez mais em voga. A sua rentabilidade nos últimos tempos tem sido, na média, muito boa. Isso está aumentando a oferta desse tipo de produto no mercado, por meio do IPOs de novos fundos imobiliários que estão chegando no mercado e estão sendo ofertados pelas corretoras e assessores de investimento.

Apesar disso, muita gente desconhece as particularidades da sua tributação, entre elas o fato de que os eventuais ganhos de capital devem ser apurados e pagos mensalmente. Veja aqui, como declarar Fundos Imobiliários no IR.

Como declarar o ganho de capital com Fundos Imobiliários no Imposto de Renda?

O ganho de capital com Fundos Imobiliários ocorre quando você vende as cotas do Fundo Imobiliário que você possui e obtém lucro, independentemente do valor.

Para exemplificar na prática, digamos que você tenha comprado R$1.000,00 em cotas de um FII, com taxas de corretagem e da B3 no valor total de R$20,00.

Depois de algum tempo as suas cotas estão valendo R$1300,00 e você decide vendê-las, tendo novamente o custo com taxas no total de R$20,00.

O seu ganho de capital é a diferença entre o valor de compra e o valor de venda menos os custos das transações, totalizando nesse exemplo R$260,00.

Sobre esses R$260,00 incide uma alíquota de 20% de imposto de renda. Sendo assim, após a venda nesse exemplo é devido de IR o valor de R$52,00.

Resumidamente, a fórmula ficaria assim:

Valor de Venda – Valor de Compra – Custos = Base de cálculo do IR x Alíquota do IR = Imposto Devido
1300 – 1000 – 20 – 20 = 260 x 20% = 52

Caso haja prejuízo na transação, o IR não é devido.

Todos os ganhos e perdas com o IR devem ser lançados no IR na seção de Renda Variável, em Operações Fundos Invest. Imob., conforme a imagem abaixo.

É importante lançar tudo aqui, inclusive as perdas, pois elas geram crédito tributário (IR a deduzir do valor total da declaração) e não tem prazo de expiração.

Como declarar FIIs no IR

Como declarar os proventos recebidos de Fundos Imobiliários no Imposto de Renda?

Os proventos recebidos de Fundos Imobiliários são isentos e devem ser declarados na aba de Rendimentos Isentos e Não Tributáveis.

Escolha o Tipo de Rendimento 26 – Outros e preencha o CNPJ, nome do FII e o valor dos dividendos, conforme a imagem abaixo.

Como declarar FIIs no IR

Como declarar a posição de Fundos Imobiliários no Imposto de Renda?

Você deve ainda declarar a posição em Fundos Imobiliários que você possui na sua carteira.

Para isso, vá em Bens e Direitos e adicione um novo “Bem”, usando o Tipo de Rendimento 73 – Fundo de Investimento Imobiliário.

Preencha o CNPJ do fundo no campo próprio para isso e na discriminação preencha o número de cotas, o nome do fundo e o custo médio de aquisição das cotas, conforme deve constar na declaração da sua corretora de valores.

É importante destacar que o valor a ser preenchido NÃO é o valor da última cotação do FII em questão, mas sim o preço pelo qual você adquiriu as cotas (no caso de apenas uma compra) ou o preço médio (no caso de várias compras).

Confira um exemplo abaixo de como declarar a posição de FIIs no IR.

Como declarar FIIs no IR

Conclusão

Fundos Imobiliários podem ser uma boa oportunidade para o investidor que conhece esse segmento, no entanto é preciso ficar atento com a sua tributação para não ter dor de cabeça na hora de declarar o seu Imposto de Renda.

Deixe seu comentário

Comentário(s): 20

       
  1. Bom dia,
    No exemplo proposto o imposto pago não seria R$ 51,94? Tendo em vista o abatimento do valor do “dedo duro” de R$ 0,06 (0,005% de R$ 1.300,00) no valor de imposto calculado de R$ 52,00?
    E na imagem do quadro preenchido, na coluna “Imposto retido no mês (Lei 11.033/2004)” não deveríamos preencher com o valor de R$ 0,06 ao invés de R$ 52,00? Sendo o preenchimento daquela linha respectivamente com os valores “260,00”; “0,06” e “51,94”?
    Ramon.

    1. Ramon, boa tarde!
      Em nosso artigo, tentamos exemplificar ao máximo como declarar o ganho de capital com Fundos Imobiliários no IR, por isso, arredondamos as taxas para facilitar o entendimento.
      O objetivo principal é mostrar as particularidades da tributação, entre elas o fato de que os eventuais ganhos de capital devem ser apurados e pagos mensalmente.
      Até mais!

  2. Bom dia! Comprei cotas de fundos imobiliários em Dezembro de 2019 e não recebi os dividendos daquele mês. Na opção Rendimentos Isentos e Não Tributáveis no código 026, não consigo entregar a declaração com o valor 0.00.

    1. Rogério, boa tarde!
      Caso não tenha recebido nenhum dividendo no ano, você não precisa declarar os rendimentos recebidos (pois não houve). Você deve apenas declarar a sua posição em cada fundo em “Bens e Direitos“ em 31/12.
      Até mais!

  3. Bom dia, caso eu tenha adquirido cotas de FII em 2019 e tenha vendido em 2020, só tenho que declarar na aba bens e direitos, correto?

    1. Felipe, boa tarde!
      Cotas de Fundos Imobiliários não possuem nenhum tipo de isenção, de modo que todo lucro é tributado em 20% e um DARF deve ser pago até o último dia útil do mês seguinte.
      Para declarar Fundos Imobiliários, é preciso informar mês a mês todos os resultados que você obteve com a venda das cotas de FIIs que possuía.
      Isso deve ser feito no menu “Renda Variável”, no item “Operações Fundos de Investimento Imobiliários.
      Na seção bens e direitos o investidor deve lançar os fundos imobiliários sob o código 73, colocando os dados
      do fundo e a quantidade em carteira no campo “discriminação”.
      Até mais!

  4. Boa tarde! Comprei cotas de dois fundos em 30/12/2019 e as operações só foram liquidadas em 03/01/2020. O que eu faço nesse caso?

    1. Barbara, boa tarde!
      Nesse caso o que vale é a taxa de liquidação. De qualquer forma, basta você seguir o que está no informe de rendimentos, consultando o mesmo. Se você tiver posição em 2019 no fundo no qual deu a ordem de compra ainda em 30/12/2019, você deve declarar o mesmo.
      Portanto, para não ter erro, simplesmente siga o que está no seu informe de rendimento.
      Até mais!

  5. Você não deixou o link ou o nome do site para fazer a declaração. Não sei nem entrar na página.
    Pode mandar o endereço??

  6. Boa tarde!
    Comprei e vendi um FII em 2019 com lucro.
    Nesse caso, a coluna 2018 estará zerada e a de 2019 estará também zerada. Porém, o programa da RF não aceita ambas colunas zeradas. Preciso declarar se comprei e vendi FII em 2019?
    Outra pergunta: no mês de maio vendi um FII com lucro e outro com prejuízo. Na aba Renda Variável devo colocar a diferença entre o lucro e o prejuízo?
    Com o eu já havia recolhido o IR, devo colocar na mesma linha de maio o imposto que recolhi ou deixo em branco?
    Grata, Désirée

    1. Désirée, boa tarde!
      Caso você tenha comprado um FII em 2019 e vendido no mesmo ano, não é necessário declarar na lista de bens e direitos, mas é importante declarar os proventos recebidos em “rendimentos isentos e não tributáveis”. Caso você tenha obtido um ganho de capital com a venda do FII, também é necessário declarar na seção “renda variável” e então, escolher a seção “operação com fundos imobiliários”. Um FII não pode compensar o outro. É necessário declarar os dois.
      Sucesso!

  7. Boa tarde! Recebi 3 informes de rendimentos de fundos imobiliários e, em nenhum deles, informa o preço pelo qual adquiri as cotas. Já na nota de corretagem, logo após a informação sobre a quantidade de cotas adquiriras de cada fundo vem a informação “preço médio”. Devo, então, me basear nessa informação da nota de corretagem pra calcular a posição dos fundos, na informação de Bens e Direitos?

    1. Luis Fernando, boa tarde!
      Correto. Você deverá considerar sempre o preço médio, por isso é importante manter uma planilha, por exemplo, com os valores de aquisição de cada cota (no caso de você ter adquirido um mesmo papel em datas diferentes e com valores diferentes). Isso ajudará no momento da declaração, que deve ser sempre pelo preço médio pago.
      Até mais!

  8. Olá, boa noite, se eu comprei(11/2019) e vendi(23/12/2019) não preciso inserir essa informação na aba de bens e direitos, somente nos proventos isentos e renda variável se tive ganho de capital, certo? E na declaração não terá nenhum campo para eu inserir as informações dos fundos imobiliário, como nome, cnpj da administração?

    1. Sabrina, boa tarde!
      Se o bem foi adquirido e vendido em 2019, não há necessidade do preenchimento do campo Bens e Direitos, visto que posição inicial e final tem como valor R$0,00. No caso, declarar apenas os proventos recebidos e o ganho de capital.
      Até mais!

  9. Tenho uma DARF de R$4,00 em decorrência de uma venda em 23/12/2019. Deixo em banco o campo imposto pago?

    1. Sabrina, boa tarde!
      Se houve recolhimento/pagamento de imposto devido ao ganho de capital, você deve indicar o mesmo.
      Até mais

    1. Romerio, boa tarde!
      Ficamos felizes que gostou do conteúdo. Um dos nossos princípios é compartilhar conhecimento de forma “entendível” e acessível.
      Agradecemos por ser nosso leitor e te convidamos para conhecer nosso blog, com mais de mil artigos. Se quiser ficar por dentro do cenário econômico e saber mais sobre investimentos, assine gratuitamente o podcast semanal do nosso gestor Alexandre Amorim.
      Sucesso!

Últimas publicações