Mercado financeiro – o que é e como funciona?

  • 23/07/2021
Página inicial - Investimentos - Mercado financeiro – o que é e como funciona?

O mercado financeiro é um ambiente que reúne um conjunto de instituições – entre tomadores de recursos e investidores – e permite a negociação de produtos financeiros, como títulos públicos, ações, fundos de investimentos, entre outros.

Sua estrutura é abrangente e complexa, com diversas instituições financeiras, além de ser subdividido nos mercados de câmbio, monetário, de crédito e de capitais.

Entenda neste artigo o que é o mercado financeiro e como ele funciona.

O que é mercado financeiro?

Mercado financeiro é um ambiente que envolve operações de compra e venda de ativos financeiros.

Ele possui uma estrutura bastante complexa que é composta por diversas instituições financeiras, como bancos, corretoras, instituições de pagamento e também alguns órgãos do governo.

O mercado financeiro é bastante abrangente e suas regras afetam praticamente todos os brasileiros ou pessoas que fazem negócios com o Brasil.

Figuras do mercado financeiro

O mercado financeiro permite a negociação de produtos financeiros e, para isso, existem algumas figuras essenciais, que são os investidores, os tomadores e os intermediários.

Quem são os investidores?

São aqueles que possuem recursos sobrando. Essas pessoas precisam de um investimento para aplicar seu dinheiro.

Quem são os tomadores?

São os que precisam de mais recursos do que possuem. De forma geral, precisam pegar empréstimos com terceiros.

Quem são os intermediários?

Os intermediários constituem a essência dos mercados financeiros, pois sem eles, não haveria encontro entre os tomadores e os investidores. São exemplos de intermediários: bancos, corretoras de valores mobiliários, financeiras, cooperativas de crédito, entre outros.

Como funciona o mercado financeiro?

O mercado financeiro tem a função de aproximar essas figuras, como os investidores e os tomadores de recursos.

Na prática, funciona assim: o investidor procura o banco em que é correntista e investe parte do seu dinheiro em um CDB, indicado pelo seu gerente.

O tomador, por sua vez, procura o mesmo banco e solicita um empréstimo. O banco então empresta o dinheiro para o tomador, cobrando uma taxa superior à taxa de remuneração do investidor.

Todas as operações são feitas de forma segura e os intermediários são os responsáveis pela realização dessas operações.

Principais instituições do mercado financeiro

Diversas entidades e órgãos compõem o Sistema Financeiro Nacional. Confira as principais:

Conselho Monetário Nacional (CMN)

É o órgão superior do sistema Financeiro Nacional. Ele é o responsável por formular a política da moeda e de crédito, além de garantir o funcionamento do sistema.

Banco Central do Brasil

É responsável por executar as normas e diretrizes expedidas pelo CMN. O Banco Central tem entre suas principais tarefas:

  • Zelar pela quantidade de moeda disponível na economia
  • Manter as reservas internacionais em níveis adequados
  • Emitir papel moeda
  • Receber os depósitos compulsórios dos bancos
  • Autorizar o funcionamento de todas as instituições financeiras

Comissão de Valores Mobiliários – CVM

É responsável por regulamentar, desenvolver, controlar e fiscalizar o mercado de capitais no Brasil.
A CVM é um órgão fiscalizador, mas também executa a função de fomentar a aplicação de valores mobiliários (ações, debêntures, entre outros).

Instituições financeiras

As instituições financeiras são responsáveis pela intermediação entre tomadores e investidores. Elas são consideradas entidades operadoras do Sistema Financeiro Nacional.

Em geral, são os bancos comerciais, bancos de investimentos, bancos múltiplos, corretoras, Caixas Econômicas Federais, cooperativas de créditos, entre outros.

Bolsa de Valores

A Bolsa de Valores também está incluída nas instituições financeiras, sendo responsável pela negociação de empresas com capital aberto. A B3 – Brasil, Bolsa e Balcão – é a única bolsa de valores em operação no Brasil atualmente.

Nela são negociadas ações de diversas companhias, derivativos, opções, contratos futuros, cotas de fundos de índice e de fundos imobiliários, entre outros ativos financeiros.

Subdivisões do mercado financeiro brasileiro

Conheça as principais subdivisões presentes na estrutura do mercado financeiro:

Mercado de câmbio

O mercado de câmbio está relacionado com a troca de moedas entre países e é formado pelo segmento primário – operações de exportações, importações, entradas e saídas financeiras – e pelo segmento interbancário, no qual operam apenas os agentes autorizados pelo Banco Central do Brasil. Ele é acessível a qualquer pessoa física ou jurídica.

Os principais participantes do mercado de câmbio são, além do próprio BC, bancos, corretoras de câmbio, empresas, fundos de investimento locais e investidores estrangeiros.

Mercado monetário

O mercado monetário é responsável pelas negociações de curto prazo, com foco na liquidez, flexibilidade e segurança.

As principais transações realizadas no mercado monetário são os empréstimos e os títulos públicos e privados que possuem vencimentos em até um ano.

Mercado de crédito

O mercado de crédito reúne as operações de créditos e financiamentos para pessoas jurídicas e físicas.

Ao canalizar os recursos de investidores poupadores para outros agentes econômicos que necessitam utilizar recursos, o mercado de crédito aumenta a eficiência da economia como um todo. Por isso, ele serve como um “termômetro” da saúde financeira de uma economia.

Mercado de capitais

É por meio do mercado de capitais que os ativos são negociados, ou seja, onde são realizadas compras e vendas dos valores mobiliários.

O mercado de capitais permite que os títulos emitidos pelas empresas sejam negociados, aproximando as pessoas ou instituições que têm dinheiro das pessoas ou instituições que precisam do dinheiro para o financiamento de projetos.

Isso fortalece a economia do país, além de oferecer diversificação da carteira de investimentos e alavancagem dos rendimentos.

Conclusão

O mercado financeiro reúne um conjunto de instituições, entre tomadores de recursos e investidores, permitindo a negociação de produtos financeiros.

Sua estrutura é bastante ampla e complexa, envolvendo os mercados de câmbio, monetário, de crédito e de capitais.

Ele é regulado por órgãos como o Banco Central, a CVM e o CMN, que são responsáveis pela execução das políticas econômicas brasileiras e fiscalização do mercado financeiro.

Gostou desse artigo? Então leia também esses que separamos para você

Fundos de Investimentos: o que são e como investir?

Órgãos reguladores do Mercado financeiro nacional – Confira os mais importantes

Deixe seu comentário

Comentário(s): 17

       
    1. Getulio, bom dia!
      Ficamos felizes que tenha gostado do conteúdo! Um dos nossos princípios é compartilhar conhecimento de forma “entendível” e acessível.
      Agradecemos por ser nossa leitora e te convidamos para conhecer nosso blog, com mais de mil artigos. Se quiser ficar por dentro do cenário econômico e saber mais sobre investimentos, assine gratuitamente o podcast semanal do nosso gestor Alexandre Amorim.
      Sucesso!

  1. Muito bom seu artigo, conteúdo valioso que agregou muito ao meu conhecimento. Parabéns!

    1. Aurélio, boa tarde!
      Que bom que o artigo foi útil para você!
      Aproveitamos para convidá-lo a assinar gratuitamente o podcast semanal do nosso gestor, Alexandre Amorim, https://www.parmais.com.br/conteudos-gratis/podcast-de-investidor-para-investidor/ e conhecer nossa página de materiais gratuitos, com cursos, guias, ferramentas e planilhas. Além do nosso blog. com mais de mil artigos.
      https://www.parmais.com.br/conteudos-gratis/
      https://www.parmais.com.br/blog/
      Muito nos honra ser nosso leitor. Desejamos uma ótima semana!

    1. Kary, bo tarde!
      Ficamos felizes pelo seu interesse. Temos cursos bem interessantes e ao custo simbólico de apenas R$ 1,00 (nossa intenção é empoderar financeiramente o maior volume de pessoas)
      Confira aqui: https://www.parmais.com.br/materiais/
      Você, nosso leitor pode realizar todos os nossos cursos de forma gratuita
      Aproveite!
      Como cuidar do seu dinheiro
      Como ter uma boa saúde financeira
      Faça seu dinheiro trabalhar para você
      9 passos para sair das dívidas
      7 pecados capitais financeiros

  2. Excelente aula. Permitiu para aprimorar os meus conhecimentos no que tange a mercados financeiros

  3. Ótimo! Comecei a operar Forex NA Olymp Trade, e estou bastante satisfeita, gostei muito da experiência

  4. Gostei da ideia de disponibilizar o material para estudantes interessados na pesquisa nesta área. estou a preparar uma tese cuja linha de investigação e Gestao de Mercados Financeiros. Gostaria de ter material nesta vertente.

Últimas publicações