Como declarar fundos de investimento no Imposto de Renda?

  • 01/03/2021
Página inicial - Investimentos - Como declarar fundos de investimento no Imposto de Renda?
como declarar fundos de investimentos

Se você tinha um saldo maior do que R$140,00 em um fundo de investimento ao final ano base anterior, é necessário incluí-lo na sua declaração. Para ajudá-los fizemos esse passo a passo de como declarar fundos de investimento no IR, então vamos a ele.

1 – Informe de rendimentos

Primeiramente você deve ter o informe de rendimentos do fundo à mão, que deve se parecer com o documento abaixo:

É nesse informe que vão constar as informações necessárias para o preenchimento da declaração.

2 – Declaração de saldo em Fundos de Investimento

O próximo passo é o download do programa da receita. Clicando aqui você encontra as versões para computadores ou dispositivos móveis. Baixe a versão que lhe convém e instale o programa para iniciar a declaração.

A declaração dos saldos deve ser feita na aba “Bens e Direitos”. Na página inicial é possível encontrar o ícone. Ele também se encontra na barra lateral, dentro das Fichas de Declaração, conforme observado na imagem abaixo:

declaraçao de saldo em fundos de investimento

Clicando em Bens e Direitos você abrirá uma nova janela. Dentro dela clique em “Novo” para incluir os dados de um fundo. O primeiro campo que precisa ser preenchido é o código do bem. Seguem abaixo os códigos que devem ser usados para cada tipo de fundo

  • 71 – Fundo de Curto Prazo
  • 72 – Fundo de Longo Prazo e Fundo de Investimentos em Direitos Creditórios (FIDC)
  • 73 – Fundo de Investimento Imobiliário
  • 74 – Fundo de ações, fundos mútuos de privatização, fundos de investimento em empresas emergentes, fundos de investimento em participação e fundos de investimentos de índice de mercado
  • 79 – Outros fundos

O próximo campo é a Localização, que deve ser mantida Brasil a menos que seja um fundo no exterior. Em CNPJ você deve preencher a informação do próprio fundo investido. Finalmente em Discriminação você deve preencher com dados gerais como o Nome e CNPJ do fundo, assim como o nome e CNPJ do administrador. O resultado deve ficar conforme a imagem abaixo:

Depois de preencher dê OK. Você voltará à tela anterior, na qual pode declarar outros fundos e bens. Cada fundo que você possui deve ser declarado separadamente dessa mesma forma.

3 – Declaração de rendimentos de Fundos de Investimento

Após declarar os saldos você deve declarar os rendimentos que obteve com essas aplicações. Para isso, volte ao menu inicial e clique em “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva” conforme destacado na imagem abaixo:

declaraçao de rendimentos de fundos de investimento

Na próxima janela clique em “Novo” para incluir um rendimento. O Tipo de Rendimento nesse caso deve sempre ser “06 – Rendimento de aplicações financeiras”. Complete o preenchimento com o nome e CNPJ do fundo de investimento, assim como o seu rendimento. O resultado deve ficar semelhante à imagem que segue:

preenchimento rendimentos de fundos de investimentos

Clique em OK e repita o processo para incluir o rendimento de outros fundos.

Essas são as precauções e o modo de preenchimento que deve ser adotado ao declarar fundos de investimento no IR.

Conheça também o nosso guia “Como declarar seus investimentos – IR 2021”

Deixe seu comentário

Comentário(s): 45

       
  1. Em 2002 apliquei R$2.000,00 no fundo mutuo de privatização – FGTS – Vale do Rio Doce e nunca declarei. Como fazer para resgatar e declarar IR?

  2. Prezados, realizei investimentos em 3 fundos de ações em janeiro de 2020, Fundo Energia, Siderurgia e Exportação, ambos do Banco do Brasil. Durante o ano, realizei resgate total destes fundos, obtendo prejuízo de 859,89 no primeiro, lucro de 1088,20 no segundo, e prejuízo de 1096,45 no terceiro. No meu informe de rendimentos, não consta nenhum destes três fundos de ações. Esta correto, não devo informar pois não tinha posição em 31.12.2019 nem em 31.12.2020, e por se tratar de um mesmo tipo de fundo resultando prejuízo na soma dos três, não é necessário informar?

    1. Fabricio, bom dia!
      As informações não constam no informe de rendimentos, pois os fundos foram adquiridos e resgatados no mesmo ano, zerando a posição antes do fechamento do ano em questão. Considerando a informação, que ambos os fundos são do mesmo tipo, não houve imposto retido na fonte, pois ocorreu a compensação, não sendo necessário declarar.
      Até mais!

  3. Prezados Senhores,
    Por favor, onde é possível lançar os pagamentos efetuados com despesas judiciais originadas no processo contra um Fundo de Investimento? Sei que em “Pagamentos Efetuados – Cód. 60” lanço as despesas com Honorários Advocatícios. Entretanto, onde lançar os pagamentos das taxas pagas (taxa de Processo, taxa de Pesquisa/Bacenjud, taxa de Citação por Edital) para a efetivação do processo judiciário? Obrigado pela atenção. Marco A. de Castro

    1. Marco, boa tarde!
      Segundo o “perguntão” da Receita Federal (PG 176):
      “Os honorários advocatícios e as despesas judiciais podem ser diminuídos dos rendimentos tributáveis, desde que não sejam ressarcidas ou indenizadas sob qualquer forma. Da mesma maneira, os gastos efetuados anteriormente ao recebimento dos rendimentos podem ser diminuídos quando do recebimento dos rendimentos.

      Os honorários advocatícios e as despesas judiciais pagos pelo contribuinte devem ser proporcionalizados conforme a natureza dos rendimentos recebidos em ação judicial, isto é, entre os rendimentos tributáveis, os sujeitos a tributação exclusiva e os isentos e não tributáveis. O contribuinte deve informar como rendimento tributável o valor recebido, já diminuído do valor pago ao advogado, independentemente do modelo utilizado (opção pelo desconto simplificado ou opção por utilizar as deduções legais).

      Na Declaração de Ajuste Anual, deve-se preencher a ficha Pagamentos Efetuados, informando o nome, o número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e o valor pago ao beneficiário do pagamento (ex: advogado).”
      Até mais!

Mais comentários

Últimas publicações