Tempo x Dinheiro: como conciliar e fazer as melhores escolhas?

  • 12/01/2021
Página inicial - Vida financeira - Tempo x Dinheiro: como conciliar e fazer as melhores escolhas?

O binômio tempo x dinheiro costuma aparecer quando o assunto é finanças e geralmente surge a dúvida: invisto mais tempo na gestão do meu patrimônio para tentar uma rentabilidade maior ou invisto meu tempo trabalhando para ter uma renda maior, investir mais e aumentar meu patrimônio?

Independentemente da decisão, é essencial ter ciência dos impactos que cada caminho pode ter na sua vida e nas suas finanças. Neste artigo, vamos falar sobre tempo x dinheiro e como fazer as melhores escolhas para conciliar os dois.

Tempo x dinheiro: linha do tempo da vida financeira

Começamos nossa vida financeira abrindo uma conta corrente e tendo um cartão de crédito.

Ao entrar no mercado de trabalho e começar uma vida financeira mais ativa, somos bombardeados por informações e recomendações de influencers, amigos, familiares… Todos têm alguma dica que deu certo pra eles e os fez ganhar muito dinheiro.

Com o passar do tempo, acabamos aumentando a complexidade da nossa vida financeira e patrimonial, sem ter especialidade no assunto.

Contratamos mais cartões de créditos, abrimos outras contas correntes só porque “não tem tarifa” e aí começamos a perder o controle.

Depois que progredimos na carreira e começamos a guardar dinheiro para investir, seguimos a dica de algumas pessoas e passamos a comprar imóveis ou fazer aplicações em bancos e corretoras diferentes para tentar um rendimento melhor.

Passando alguns anos, nossa estrutura financeira e patrimonial está tão complexa que, na famosa “correria do dia a dia”, não conseguimos nem parar para saber onde o dinheiro está aplicado, quais os rendimentos de cada aplicação ou da operação de compra e venda de um imóvel, por exemplo.

Esquecemos também que quanto mais bens diferentes vamos comprando, mais documentos (contratos, carnês de IPTU, extrato de investimento, informe para declaração de IR) vamos acumulando e precisando gerenciar.
Em muitos casos, essa estrutura fica tão complexa que acabamos perdendo dinheiro e nem percebemos.

Mas será que vale esse estresse todo para ter um rendimento maior?

Imagine que você precisa dedicar mais tempo do seu dia para cuidar do seu patrimônio e ter o dobro do retorno em percentual. Porém, se você optar por dedicar este tempo para seu trabalho, conseguirá dobrar sua poupança mensal.

E aí, o que vale mais a pena – tempo x dinheiro?

Qual a melhor opção para acumular dinheiro durante 20 anos?

  • Poupar R$2.000 por mês e ter um rendimento de 10%; ou
  • Poupar R$4.000 por mês e ter um rendimento de 5%?
Opção Mais tempo dedicado ao patrimônio complexo Mais tempo dedicado ao trabalho
Poupança mês R$2.000 R$4.000
Poupança ano R$24.000 R$48.000
Rendimento (ao ano) 10% 5%
Prazo (anos) 20 20
Valor acumulado no futuro R$1.374.600 R$1.587.166
Diferença R$212.566

Perceba que, neste exemplo, faz muito mais sentido você dedicar mais tempo ao trabalho e ter uma vida financeira e patrimonial mais simples.

Outra alternativa é contar com ajuda profissional para a gestão do patrimônio. Assim, teríamos o melhor cenário possível, pois no longo prazo, é possível buscar um retorno melhor para seus ativos e não precisaria dedicar tanto tempo na gestão do patrimônio.

Opção 1. Mais tempo dedicado ao patrimônio complexo 2. Mais tempo dedicado ao trabalho 3. Mais tempo dedicado ao trabalho, com ajuda profissional na gestão do patrimônio
Poupança mês R$2.000 R$4.000 R$4.000
Poupança ano R$24.000 R$48.000 R$48.000
Rendimento (ao ano) 10% 5% 10%
Prazo (anos) 20 20 20
Valor acumulado no futuro R$1.374.600 R$1.587.166 R$2.749.200
Diferença em relação ao primeiro cenário R$212.566 R$1.374.600

Veja como contar com o auxílio de um profissional qualificado, sem conflito de interesses e que busca um retorno adequado para seus bens, alinhado com seus objetivos e momento de vida, faz diferença no longo prazo.

Conclusão

É comum no início da vida financeira fazermos escolhas precipitadas e acabar nos perdendo no controle do nosso dinheiro. Muitas vezes, na ânsia de diversificar os investimentos, acabamos não dando conta de gerenciar as finanças e perdendo dinheiro sem nem mesmo perceber.

Por isso, tempo x dinheiro devem ser muito bem pensados e conciliados de forma a conseguir um bom retorno, mas sem perder horas de trabalho ou de lazer com a gestão do patrimônio.

Neste aspecto, o auxílio de um profissional qualificado, alinhado aos seus objetivos e interesses é muito importante, pois ele ficará responsável por buscar as melhores opções de investimentos, com melhores retornos, enquanto você pode dedicar o seu tempo ao trabalho ou a coisas que realmente importam para você.

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

Últimas publicações