O que é CDB – Certificado de Depósito Bancário?

  • 07/04/2017
O que é CDB

CDB, três letras bem conhecidas por quase a totalidade dos indivíduos que possuem conta em banco. Todos sabem que se trata de investimento, que o gerente fala que é melhor que poupança, etc…Mas o que você sabe além disso? No que precisa ficar atento? Neste artigo vamos dissecar o assunto e esclarecer o que muitas vezes o cliente não sabe.

O que é CDB – Certificado de Depósito Bancário?

O que é CDB? CDB é a sigla de Certificado de Depósito Bancário, um tipo de investimento tributado por IR e IOF que representa um empréstimo do investidor para o banco, em que o banco paga juros como remuneração baseado em indexadores como o CDI e o IPCA.
CDB nada mais é que um título emitido pelos bancos, com o intuito de captar recursos. Na prática, o investidor empresta dinheiro para o banco e recebe uma remuneração em troca.
Não é  difícil saber o quanto este empréstimo é interessante para o banco, que depois repassa esse dinheiro e o empresta para outra pessoa (ou empresa) por juros bem maiores. Essa diferença entre custo de captação – taxa que o banco paga para quem empresta o dinheiro pra eles – e a taxa que o banco cobra de quem empresta esse mesmo dinheiro é o chamado “spread bancário”.

Atenção – os bancos tomam emprestado por meio do CDB a uma taxa compatível com o mercado, mas emprestam para seus clientes cobrando taxas estratosféricas em produtos como cheque especial, rotativo do cartão de crédito e outros empréstimos. Em nenhum lugar do mundo existem investimentos financeiros que remuneram o investidor com a mesma rentabilidade que os juros cobrados nos empréstimos dos grandes bancos brasileiros. Apesar da rentabilidade de alguns dos CDB’s dos grandes bancos estar alinhada à rentabilidade praticada em outros investimentos no mercado financeiro, as taxas praticadas quando os grandes bancos emprestam para seus clientes são absurdas.

O investidor fica sujeito ao que se chama de “risco de crédito”, ou seja, a possibilidade da instituição financeira não pagar pelo empréstimo que recebeu. Mesmo com esse risco, existe uma proteção: os CDBs são garantidos pelo FGC (fundo garantidor de crédito) até o limite de R$ 250.000,00 – por instituição financeira e por CPF.

No que você precisa ficar atento

A remuneração do CDB, Certificado de Depósito Bancário, pode ser prefixada ou pós-fixada. No CDB pós-fixado, o mais utilizado, a remuneração corresponde a um percentual do CDI (Certificado de Depósito Interbancário), hoje em 12,13% ao ano – com tendência de baixa. A rentabilidade do CDB varia conforme o valor que será aplicado e o prazo de vencimento do investimento, geralmente quanto maior a quantia investida e maior o prazo de aplicação, maior será a taxa de rentabilidade.

Se você decidir por investir em CDB – Certificado de Depósito Bancário –, deve levar em conta:

  • rentabilidade sobre o CDI;
  • liquidez;
  • imposto de renda.

Lógico que, quanto maior a porcentagem sobre o CDI, melhor. Porém, para um banco grande te oferecer essa rentabilidade, é preciso que o montante seja muito alto. Por exemplo, para conseguir 90% do CDI é preciso cerca de R$ 300.000!!

Outra questão é a liquidez. Quando negociar a compra deste produto, fique atento se você não terá que ficar “travado” nele por muito tempo. Leve em conta o montante necessário para sua reserva de segurança – dinheiro que seria suficiente para manter as despesas por cerca de 6 meses. Caso o dinheiro que deseja aplicar seja igual ou menor, a sugestão é solicitar que a liquidez seja imediata!

Por última, o imposto de renda. Neste tipo de aplicação, quanto mais tempo você ficar com o investimento, menor fica a cobrança. Inicialmente o IR é de 22,5%, mas depois de 2 anos chega ao mínimo, de 15%, veja abaixo:

O que é CDB?

Atenção – os bancos costumam oferecer o chamado “CDB automático” com o argumento de que é melhor rentabilizar o dinheiro do que deixá-lo parado em conta corrente. Porém, além da cobrança de IOF para resgates em até 30 dias, a rentabilidade destes CDB’s normalmente é progressiva, ou seja, começa com um percentual baixíssimo do CDI para o primeiro mês e vai aumentando com o passar dos meses. A única “vantagem” deste tipo de CDB é que é “melhor do que nada”. Outro ponto é que, se comparar um CDB automático com a poupança, vale lembrar que a poupança tem uma data de aniversário e possui uma janela de tempo sem remuneração, diferente do CDB automático, que rentabiliza diariamente. Mas, em termos gerais, CDB’s automáticos não devem ser encarados como uma alternativa de investimento, pois sua rentabilidade é muito baixa. Os próprios CDB’s convencionais costumam ser mais interessantes.

Existe um jeito fácil de conseguir um CDB decente?

A resposta é sim! Por meio de corretoras de valores é muito fácil achar boas ofertas. Há CDBs com liquidez diária com mais de 90% do CDI bastando investir R$ 5.000,00, porém, o mais comum é achar produtos com vencimento em 1, 2 ou 3 anos que pagam taxas entre 100 e 118%. Nesses casos você empresta o dinheiro para bancos médios, que acabam pagando esta rentabilidade maior por terem mais dificuldades de captar dinheiro do que os bancos maiores. Aqui, assim como nos maiores bancos, é sempre importante não investir mais que R$ 250.000,00 no CDB de uma mesma instituição (FGC, lembra?).

Talvez o maior desafio de fazer a aplicação via corretora seja encontrar o CDB com o prazo ideal para o seu caso, mas como as opções são diversas, basta procurar e ficar atento se o valor está coerente!

Veja mais: “Como abrir conta em corretora de valores?

Conclusão: o que é CDB

Este artigo mostrou o que é CDB, Certificado de Depósito Bancário. Devido à baixa rentabilidade, normalmente não há vantagem em investir em CDBs de bancos grandes. Talvez a comodidade, mas esse argumento pode ser rebatido com o fato de que, com um simples clique, o dinheiro investido via corretora de valores vem para a sua conta rapidamente – se o CDB tiver liquidez diária, claro.

Lembre-se que o mercado financeiro oferece uma gama de opções, portanto pode ser que exista investimentos mais adequados ao que você procura e ao seu perfil. Para lhe ajudar a descobrir esse mundo e qual seria a sua carteira ideal conte conosco, a Par Mais possui um setor especializado para lhe mostrar as melhores opções.

Resumo
O que é CDB - Certificado de Depósito Bancário?
Nome do artigo
O que é CDB - Certificado de Depósito Bancário?
Descrição
O que é CDB? É a sigla de Certificado de Depósito Bancário, um investimento que representa um empréstimo do investidor para o banco.
Autor
Nome do editor
Par Mais

Deixe um comentário