Carteira administrada: o que é e como funciona?

  • 13/04/2021
Página inicial - Investimentos - Carteira administrada: o que é e como funciona?

A gestão de investimentos via carteira administrada transfere a responsabilidade de tomar as decisões sobre a sua carteira de investimentos, fazendo com que você não precise executar todas as movimentações, estudar o mercado financeiro, estar atento aos fundos de investimentos, as casas gestoras e toda parte burocrática envolvida.

Neste artigo, vamos explicar o que é uma carteira administrada e quais as vantagens desse tipo de modalidade.

Fazer você mesmo ou ter uma carteira administrada?

Fazer a gestão própria da sua carteira de investimentos requer tempo, estudos, conhecimento, dedicação e muito esforço. Quem já aplicou sozinho seus recursos, sabe como funciona.

Pense na seguinte situação: quando você fica doente, você não estuda medicina para se curar, você vai atrás de um especialista no assunto para se medicar.

Ou então, quando precisa entrar com um processo judicial, você não recorre aos livros de direito para se defender no tribunal, você procura ajuda de um advogado especializado.

A lógica na gestão dos investimentos via carteira administrada é a mesma: uma alternativa na qual você não precisa fazer as operações, você busca um especialista para isso.

O que é carteira administrada?

A carteira administrada consiste na gestão profissional dos recursos financeiros, com estudos e estratégias adequadas para o portfólio. Basicamente é terceirizar a tomada de decisão sobre a sua carteira para um gestor profissional de investimentos.

O gestor busca escolher os melhores produtos disponíveis no mercado, independentemente da plataforma em que o produto se encontra. Além disso, existem algumas limitações que o gestor pode fazer, afinal, a carteira deve estar sempre alinhada à política de investimentos. Nela, consta o seu perfil de risco e os objetivos do cliente.

Como funciona uma carteira administrada?

Na prática, o gestor tem uma espécie de procuração que possibilita abrir conta em uma corretora no nome e no CPF do cliente e fazer as operações por ele. A segurança é a mesma de investir por conta própria: os valores só entram ou saem da conta da corretora em transferências de mesma titularidade, ou seja, do mesmo CPF.

O gestor da carteira administrada é também responsável por avaliar o cenário econômico e rebalancear a carteira de investimentos de forma constante, fazendo movimentos estratégicos e táticos, buscando a melhor relação entre risco e retorno.

A gestão profissional também deve analisar os produtos adequados, escolher os ativos para aplicação, ajustar as estratégias de acordo com o cenário econômico e definir regras para alocação na carteira, levando em consideração a rentabilidade, os riscos e a correlação entre os ativos para uma diversificação inteligente.

Importante destacar que o serviço deve ser realizado por administradores de investimentos, que podem ser profissionais independentes ou empresas, mas devem ter registro na CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Vantagens e desvantagens

Entre as vantagens de uma carteira administrada, estão:

  • Gestão profissional: as decisões sobre investimento ficam sob responsabilidade do administrador da carteira
  • Praticidade e customização: o administrador é responsável por escolher os ativos e montar uma carteira de acordo com os objetivos e perfil de risco do cliente.
  • Rebalanceamento da carteira: o administrador tem liberdade para realizar as movimentações necessárias na carteira, aproveitando as oportunidades e protegendo a carteira, de acordo com o cenário.
  • Transparência: você sabe onde seus recursos estão investidos e, como o administrador é remunerado por um percentual sobre o valor da carteira, não há conflito de interesses, pois ele irá buscar os melhores resultados para o cliente.
  • Sem vieses: contratando um profissional, você não corre o risco de agir por impulso e não toma as decisões de investimento baseadas na emoção.

Entre as desvantagens, podemos citar uma:

  • Valor mínimo e prazo para investir: apesar da tecnologia ter possibilitado a redução da quantia necessária para acessar o serviço, ainda existem valores mínimos para as aplicações. Também existem gestores que exigem prazo mínimo de permanência no serviço, como um ou dois anos. Na ParMais, não existe prazo mínimo.

Carteira administrada ParMais – Como saber se é o melhor pra mim?

Na ParMais, temos cinco segmentações para que você alcance seus objetivos, sempre alinhados à sua BIO Financeira – perfil de risco, momento de vida e capacidade financeira e patrimonial.

Estudamos as estratégias das carteiras de investimentos dos nossos clientes com total alinhamento de interesses. Dessa forma, é possível devolver todo o rebate que o agente autônomo de investimentos ganharia caso você aplicasse diretamente via corretora.

Realizamos análises qualitativas e quantitativas de gestores considerando diversos fatores. Após isso, analisamos os produtos adequados aos clientes, ajustando as estratégias de acordo com o cenário econômico e definindo regras de alocação das carteiras, sempre levando em consideração a rentabilidade, os riscos e a correlação entre os ativos para uma diversificação inteligente.

Veja neste link um exemplo prático de gestão eficiente de investimentos e clique no botão abaixo para conhecer o serviço de carteira administrada da ParMais

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

Últimas publicações