Sua conta
  • 27/02/2015

Risco e retorno – gestão eficiente de investimentos

Início / Investimentos / Risco e retorno – gestão eficiente de investimentos

investimentos

Risco e retorno – gestão eficiente de investimentos

Investimentos financeiros têm todos uma característica em comum, a imprevisibilidade com relação ao futuro e consequentemente a impossibilidade de se determinar qual o retorno exato de que tal investimento proporcionará. Embora de uma maneira geral, haja meios de se mensurar o risco de um investimento, muitos baseados no comportamento histórico do ativo ou credibilidade do emissor, uma série de fatores imponderáveis agem no intervalo de tempo entre o “aplicar” e o “resgatar”. Como diria o físico dinamarquês Niels Bohr, fazer previsão é difícil, principalmente sobre o futuro.

No fato de sempre haver risco, muitas pessoas optam pelos investimentos mais seguros abrindo mão de um retorno maior, afinal risco e retorno mantêm uma correlação positiva alta. Esse tipo de comportamento é perfeitamente aceitável por parte do investidor, dentre as diversas diferenças entre gostos e comportamento dos agentes, é natural que algumas dessas pessoas apresentem uma propensão maior ao risco do que outros. Qual o valor máximo que você pagaria para lançar uma moeda ao alto, e se der cara você ganharia R$100,00? Na teoria econômica, quanto mais abaixo de R$50,00 você pagar para jogar, mais avesso ao risco é. Exatos R$50,00 você é neutro ao risco e quanto mais acima de R$50,00 mais propenso ao risco será (há ainda a possibilidade de você ser um economista e provavelmente responder: isso vai depender de quantas vezes eu poderei repetir o jogo). Todo o caso, normalmente, a resposta de um apostador comum seria um número abaixo dos R$50,00, e isso se deve ao fato de que as perdas financeiras impactam mais do que os ganhos. O nível de satisfação proporcionado por um ganho é menor do que o provocado por uma perda de igual montante. Imagine o seguro do seu carro, você paga determinado valor para em caso de um acidente de carro você seja ressarcido. Entretanto a probabilidade que uma pessoa sofra um acidente é, em média, uma vez a cada 18 anos, e somente uma fração delas resulta em danos suficientes para o acionamento da seguradora, mas ainda assim o percentual de pessoas seguradas é bastante alta. Numa situação análoga, poucas pessoas fariam uma transação inversa, pagar o valor do seguro tendo uma probabilidade tão baixa de receber o valor do carro como prêmio.

Aversão a perda tem um princípio de racionalidade: estar satisfeito com a situação atual e se proteger de uma possível piora. Porém não é racional entre dois ativos de mesmo risco a opção pelo de menor retorno. É nesse ponto que um profissional em investimentos pode auxiliar na alocação de um portfólio de forma a buscar o maior retorno, independente do grau de aversão ao risco que o agente opte. Embora investimentos com maior grau de incerteza quanto ao seu retorno, propiciem uma maior taxa de juros, na prática nem sempre isso acontece. Nos anos 50 o posteriormente Nobel de economia Harry Markowitz desenvolveu o que foi chamado de Teoria de Carteira de Markowitz e a fronteira de eficiência na alocação de investimentos. Nele, os melhores investimentos são aqueles que trazem o maior retorno pelo grau de risco escolhido pelo agente. Definido o ponto na horizontal do gráfico que se sente confortável o investidor, busca-se uma carteira que projete o maior retorno esperado para aquela posição, isto é, o ponto verticalmente mais acima. Basicamente, na alocação da carteira preza-se por pulverizar os investimentos em ativos diversos, principalmente aqueles que mantenham uma correlação negativa entre si a fim de que atuando em conjunto, diminua-se o seu risco e aumente o seu retorno. Tal qual o ditado popular, não colocar todos os ovos na mesma cesta é financeiramente uma boa opção.

 .

Risco e retorno – gestão eficiente de investimentos por Guilherme Alano – 27.02.2015

A Par Mais Planejamento Financeiro tem um propósito claro: trabalhamos para auxiliar cada um de nossos clientes a construir sua tranquilidade financeira. Atuamos na área de planejamento financeiro pessoal, family office, gestão patrimonial, consultoria financeira para empresas e consultoria de investimentos.

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

×