O que são ETFs? Saiba como funciona esse tipo de investimento

  • 27/08/2021
Página inicial - Investimentos - O que são ETFs? Saiba como funciona esse tipo de investimento

ETF – Exchange Traded Funds – é a sigla em inglês para os fundos que são negociados em bolsa de valores. Eles representam uma fatia enorme do mercado de capitais mundial, sendo amplamente utilizados por todo tipo de investidor, tanto pessoas físicas quanto os maiores investidores institucionais do mundo.

Veja neste artigo o que são ETFs e conheça suas principais características.

O que são ETFs?

ETF é um fundo que tem suas cotas negociadas em uma bolsa de valores e seu comportamento segue algum índice de mercado. Por causa dessas características, muitas vezes eles também são chamados de fundo de índice.

Em vários aspectos, os ETFs têm características que se assemelham tanto as de um fundo quanto aos de uma ação. Assim, como qualquer fundo de investimento, um ETF possui as figuras do gestor, administrador e do custodiante. Eles também possuem taxa de administração para remunerar os prestadores desse serviço.

Apesar disso, diferentemente de outros fundos de investimento, os ETFs são negociados em bolsas de valores, podendo ser comprados ou vendidos durante o dia pelo valor negociado na hora. Além disso, operações que podem ser realizadas com ações, como a venda a descoberto ou compra com margem, também podem ser realizadas com um ETF.

O que são ETFs - Um touro e um urso ao fundo com uma moeda em destaque com as letras

Tipos de ETFs

Existem diferentes tipos de ETFs atrelados aos mais diversos fundos em várias bolsas pelo mundo. Os mais comuns são os ETFs de renda fixa e os ETFs de renda variável.

ETF renda variável

Também conhecidos como ETFs de ações, eles são os mais numerosos do mercado brasileiro e sua principal característica é que são fundos negociados na bolsa de valores e buscam retornos que correspondam à performance de um índice de referência. Esse índice do ETF de ações pode ser qualquer índice de ações reconhecido pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), como o Ibovespa, por exemplo.

Veja neste link os ETFs de renda variável listados na bolsa de valores brasileira.

ETF Renda Fixa

Este tipo de fundo também é negociado em bolsa de valores e sua principal característica é que ele busca refletir as variações e a rentabilidade de carteiras teóricas que são compostas por títulos públicos e títulos privados. Para ser aceito como índice de referência do ETF, ele também deve ser reconhecido pela CVM, como o Índice S&P/B3 Inflação NTN-B.

Veja neste link os ETFs de renda fixa listados na bolsa de valores brasileira.

Quais as vantagens de um ETF?

Os ETFs podem seguir os mais diversos índices e funcionam como uma maneira eficiente de aplicar em uma cesta de ações sem necessariamente comprar cada uma das ações do índice. Entre as principais vantagens, estão:

Taxas menores

Se comparados com fundos de ações tradicionais, os ETFs costumam ter taxa de administração menor e a cobrança para o investidor será somente pelos dias em que ele ficará com as cotas em sua carteira, da mesma forma que nos fundos de ações tradicionais.

Diversificação

Os ETFs reduzem o risco de concentração, pois permitem ao investidor a exposição em todas as ações que integrem a carteira do seu índice de referência, proporcionando o investimento em uma carteira diversificada de ações com apenas uma transação.

Mercado secundário

Os ETFS permitem a compra e a vendas de cotas no mercado secundário como se fosse uma ação.

Composição

A qualquer momento o investidor pode saber a composição ou proporção do ETF, pois é possível acompanhar as alterações da carteira teórica de ações do índice de referência sem precisar comprar ou vender os ativos. Além disso, são divulgadas todas as informações sobre negociações com as cotas no mercado secundário da B3 e essa divulgação de informações permite a comparação imediata entre o valor do ETF e do índice de referência.

Quais os riscos de um ETF?

Os riscos de um ETF são semelhantes aos riscos de outros fundos de renda variável. A volatilidade desse tipo de fundo pode ser bastante alta e existe também um risco de liquidez das cotas no mercado secundário.

Por ser um fundo de gestão passiva, a carteira desse tipo de índice sempre buscará replicar da maneira mais fiel possível o índice. Sendo assim, se alguma ação específica de grande peso no índice tiver um desempenho extraordinariamente bom ou ruim, o ETF provavelmente vai acompanhar esse desempenho.

Gestores ativos podem ter posições diferentes do índice, permitindo assim, um resultado distinto – tanto positivo quanto negativo – do índice em questão.

Como investir em um ETF?

O investimento em um ETF é bastante simples e funciona da mesma maneira que o investimento em uma ação.
Primeiramente você precisa ter conta em uma corretora habilitada pela CVM. Depois disso, pesquise o ETF que você gostaria de adquirir e o índice ao qual ele é atrelado.

Tendo escolhido o fundo, basta dar uma ordem por meio da sua corretora para a compra do fundo de índice em questão. Caso queira vender, basta dar uma ordem de venda e o dinheiro será disponibilizado no prazo de liquidação da B3.

Conclusão

Os ETFs são fundos de investimento negociados em bolsa que buscam acompanhar um índice, portanto são considerados fundos de gestão passiva.

A tributação, assim como a compra e venda de cotas, são semelhantes à compra e venda de ações.
Esses fundos possuem taxas de administração, no entanto, elas costumam ser mais baixas que as de outros fundos de ação.

A eficiência na hora de investir em um índice, as taxas mais baixas e a liquidez são os principais atrativos desse tipo de fundo.

Gostou do conteúdo? Você pode gostar desses também:

Deixe seu comentário

Comentário(s): 4

       
    1. Frank, boa tarde!
      Agradecemos a sua observação e atualizamos as informações no artigo.
      Até mais!!

  1. Boa noite Me fala msis desse investimento ETF com quanto se inicia e o wue tiver de mais informações cruciais desse ativo?Que possamos da inicio a um bom investimente.Obrigado

    1. Amauri, bom dia!
      Que bom que você está interessado em investir e conhecer mais os produtos financeiros.
      Sugerimos que você solicite um agendamento gratuito com nosso Time de consultores que atende os nossos leitores.
      Veja no link o melhor dia e horário. Eles vão te explicar direitinho.
      https://www.parmais.com.br/agendamento.html
      Até mais!

Últimas publicações