Sua conta
  • 14/11/2018

O que são ETFs?

Início / Investimentos / O que são ETFs?

o que são ETFs

ETF – Exchange Traded Funds é a sigla em inglês para os Fundos negociados em bolsa de valores. Hoje em dia eles representam uma fatia enorme do mercado de capitais mundial, sendo amplamente utilizados por todo tipo de investidor, das pessoas físicas aos maiores investidores institucionais do mundo. Conheça suas características.

O que é um ETF?

Um ETF é um fundo cujas cotas são negociadas em uma bolsa de valores e cujo comportamento segue algum índice de mercado. Por causa disso eles também são muitas vezes chamados de Fundo de índice.

Em vários aspectos o ETF tem características que se assemelham tanto às de um fundo quanto aos de uma ação. Assim como qualquer fundo de investimento, um ETF possui a figura de um gestor, administrador e custodiante. Eles também possuem taxa de administração para remunerar os prestadores desse serviço.

Apesar disso, diferentemente de outros fundos de investimento, os ETFs são negociados em bolsas de valores, podendo ser comprados ou vendidos durante o dia, pelo valor negociado na hora. Além disso, operações que podem ser realizadas com ações, como a venda a descoberto ou compra com margem, também podem ser realizadas com um ETF.

Hoje em dia existem mais de 3,1 trilhões de dólares no mundo investidos em ETFs, sendo atrelado aos mais diversos fundos em várias bolsas pelo mundo. No Brasil os maiores ETFs são o iShares Ibovespa, o It Now Ibovespa e o It Now PIBB IBRX-50. O iShares Ibovespa é o maior deles, com mais de R$5,5 bilhões de patrimônio, e é gerido pela Blackrock, maior gestora de recursos do mundo que gere diversos ETFs em vários mercados pelo planeta.

O objetivo desse fundo é acompanhar o desempenho do Ibovespa. O It Now Ibovespa e o It Now PIBB IBRX-50 são geridos pelo Itaú-Unibanco e ambos possuem mais de R$1 bilhão de patrimônio. O primeiro deles busca acompanhar o desempenho do Ibovespa e o segundo segue o IBRX-50.

Os ETFs de renda fixa são produtos que já foram regulamentados no Brasil e em breve devem estar à disposição dos investidores. Ao invés de seguir um índice de renda variável, o ETF de Renda Fixa buscará replicar o desempenho de algum índice desse segmento, como a Selic, o IMA-B, o IFRM, entre outros.

Quais as vantagens de um ETF?

Os ETFs podem seguir os mais diversos índices e funcionam como uma maneira eficiente de aplicar em uma cesta de ações sem necessariamente comprar cada uma das ações do índice. O Ibovespa, hoje em dia, possui 65 ações na sua carteira, cada uma com um peso diferente. Seria inviável para um investidor pessoa física ter uma carteira que replicasse eficientemente o índice. Apenas a compra do lote padrão mínimo de cada ação custaria R$191.954,00 (com base na cotação de 09/11/2018) e ainda assim essa carteira não seguiria o Ibovespa pois o peso de cada ação não estaria de acordo com os do Índice.

A saída para realizar um investimento atrelado seria a compra de cotas de um fundo de investimentos que buscasse replicar o Ibovespa. O ETF é justamente isso e por ser um fundo completamente passivo tem taxas que costumam ser mais baixas que as de outros fundos de renda variável. O iShares Ibovespa, por exemplo, possui taxa de administração de 0,54% ao ano e o It Now Ibovespa de 0,30% ao ano, bastante inferiores ao que é geralmente cobrado pela maioria dos fundos de ações (2% ao ano mais 20% do que exceder o Ibovespa).

O lote padrão para a compra de um ETF é menor do que o da maioria das ações e com a compra desse ativo você pode diversificar o risco entre as ações do índice em questão. Além disso, por serem negociados na Bolsa de Valores, os maiores ETFs tem alta liquidez.

Quais os riscos de um ETF?

Os riscos de um ETF são semelhantes aos riscos de outros fundos de renda variável. A volatilidade desse tipo de fundo pode ser bastante alta e assim como as ações, dependendo do momento de mercado existe também um risco de liquidez caso ele não esteja favorável.

Por ser um fundo de gestão passiva, a carteira desse tipo de índice sempre buscará replicar da maneira mais fidedigna possível o índice. Sendo assim, se alguma ação específica de grande peso no índice tiver um desempenho extraordinariamente bom ou ruim, o ETF provavelmente vai acompanhar esse desempenho. Gestores ativos podem ter posições diferentes do índice, permitindo assim um resultado diferente (tanto positivo quanto negativo) do índice em questão.

Como investir em um ETF?

O investimento em um ETF é bastante simples e funciona da mesma maneira que o investimento em uma ação. Primeiramente você precisa ter conta em uma corretora habilitada pela CVM. Depois disso, pesquise o ETF que você gostaria de adquirir e o índice ao qual ele é atrelado. Além dos ETFs que citamos acima, no Brasil temos também fundos de índice que acompanham o S&P500, IDIV (índice de dividendos), SMLL (índice de small caps), entre vários outros.

Tendo escolhido o fundo, basta dar uma ordem através da sua corretora para a compra do fundo de índice em questão. Caso queira vender, basta dar uma ordem de venda e o dinheiro será disponibilizado no prazo de liquidação da B3. É importante notar também que, assim como as ações, os ETFs só pagam imposto de renda na venda, no entanto há uma isenção tributária para vendas de até R$20 mil por mês.

Conclusão

Os ETFs são fundos de investimento negociados em bolsa que buscam acompanhar um índice, portanto são considerados fundos de gestão passiva. A tributação assim como a compra e venda de cotas são semelhantes às compra e venda de ações. Esses fundos possuem taxa de administração, no entanto elas costumam ser mais baixas que a de outros fundos de ação. A eficiência na hora de investir em um índice, as taxas mais baixas e a alta liquidez são os principais atrativos desse tipo de fundo.

Resumo
O que são ETFs?
Nome do artigo
O que são ETFs?
Descrição
ETF - Exchange Traded Funds é a sigla em inglês para os Fundos negociados em bolsa de valores. Representam uma fatia enorme do mercado de capitais mundial, sendo amplamente utilizados por todo tipo de investidor, das pessoas físicas aos maiores investidores institucionais do mundo. Conheça suas características.
Autor
Nome do editor
Par Mais

Deixe seu comentário

Comentário(s): 2

       
  1. Boa noite Me fala msis desse investimento ETF com quanto se inicia e o wue tiver de mais informações cruciais desse ativo?Que possamos da inicio a um bom investimente.Obrigado

    1. Amauri, bom dia!
      Que bom que você está interessado em investir e conhecer mais os produtos financeiros.
      Sugerimos que você solicite um agendamento gratuito com nosso Time de consultores que atende os nossos leitores.
      Veja no link o melhor dia e horário. Eles vão te explicar direitinho.

      https://www.parmais.com.br/agendamento.html

      Até mais!

×