Sua conta
  • 29/05/2019

ETF Renda Fixa: o que é e quais suas vantagens

Início / Investimentos / ETF Renda Fixa: o que é e quais suas vantagens
ETF Renda fixa

Os ETFs (Exchange-Trade Fund) são fundos cada vez mais populares no mundo e que estão ganhando espaço no Brasil. Como o próprio nome já diz, eles são fundos de investimento que tem negociação na Bolsa de Valores. Tradicionalmente, esses fundos tem na sua carteira ativos financeiros que fazem com que a performance do fundo se assemelhe ao de algum índice de mercado.

O ETF de Renda fixa

A Secretaria do Tesouro Nacional tem trabalhado para ajudar a democratizar os investimentos para a população em geral. O Tesouro Direto cumpre esse papel, mas o ETF de renda fixa é outra maneira de contribuir nesse sentido.

O primeiro passo foi o estabelecimento de regras e a permissão para que gestores possam emitir ETFs de Renda Fixa na Bolsa de Valores. O primeiro fundo desse tipo lançado no mercado foi o FIXA11, gerido pela gestora coreana Mirae Asset, que busca replicar uma carteira de títulos pré-fixados, sendo referenciado na curva de juros futuros (curva de DI).

Outro passo tomado pelo Tesouro nesse sentido foi a elaboração de um edital para a criação de um fundo de índice apoiado pelo próprio Tesouro Direto. O Itaú ganhou esse edital e lançou recentemente o IMAB11, fundo que busca replicar o desempenho do IMA-B, índice de mercado calculado pela ANBIMA que é composto pelos títulos públicos atrelados à inflação (NTN-B). Para tanto, o Tesouro emitiu para o fundo R$2 bilhões de títulos, na mesma proporção e taxa do índice.

Vantagens do ETF de Renda Fixa

  • Taxa de administração menor que os fundos passivos tradicionais
  • Ausência de “come-cotas”.
  • Ausência de cobrança de IOF.
  • Imposto de Renda com alíquota única de 15% sobre o lucro no momento da venda, independente do valor aplicado
  • Fácil acesso, com investimento inicial pequeno
  • Facilidade de acompanhamento do desempenho, pois os ETFs são baseados em índices amplamente conhecidos e divulgados pelo mercado

Carteira do ETF IMAB11

Segue abaixo a composição do IMA-B, índice que referência o ETF IMAB11.

composição IMAB11

Como pode ser observado, a carteira é composta por títulos do governo de diversos vencimentos, sendo que a composição de cada título segue o peso do título na carteira do índice.

Quero investir certo e com acompanhamento do Time Par Mais

ETF Renda variável

No Brasil, o ETF mais conhecido é o iShares Ibovespa (BOVA11), gerido pela gestora americana Blackrock, cuja carteira busca uma rentabilidade próxima a do Ibovespa. Uma das grandes facilidades desse tipo de produto é que para aplicar ou resgatar nesse tipo de fundo você não precisa de qualquer cadastro além do necessário para negociar ações na Bolsa de Valores. O Ibovespa possui mais de 60 ações na sua composição, portanto poderia ser bastante trabalhoso replicar na sua carteira as ações que constam no Ibovespa. Comprando esse ETF, você terá um ativo cujo desempenho é bastante próximo ao do índice, de uma maneira muito mais prática.

Conclusão

ETFs de Renda Fixa são ótimas opções para quem tem interesse em investir em uma carteira de títulos públicos. Eles possuem taxas mais baixas que outros fundos de investimento (em torno de 0,25% e 0,30%), buscando uma rentabilidade muito próxima a do seu índice de referência, seja ele o IMA-B, CDI ou outro que estiver por vir. Além disso, eles apresentam vantagens tributárias que os diferenciam dos fundos tradicionais de renda fixa.

Resumo
ETF Renda Fixa: o que é e quais suas vantagens
Nome do artigo
ETF Renda Fixa: o que é e quais suas vantagens
Descrição
ETF Renda Fixa é uma ótima opção para quem quer investir em uma carteira de títulos públicos. Eles possuem taxas mais baixas que outros fundos de investimento, buscando uma rentabilidade muito próxima a do seu índice de referência. Além disso, apresentam vantagens tributárias que os diferenciam dos fundos tradicionais de renda fixa.
Autor
Nome do editor
Par Mais

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

×