Jovens investidores: conheça os 6 erros mais cometidos

  • 23/08/2016
Página inicial - capital - Jovens investidores: conheça os 6 erros mais cometidos

Você que está começando no mundo dos investimentos, sabe qual o melhor caminho a seguir? Quais os sentidos você usa para investir? Você vai só na intuição ou costuma ouvir opiniões alheias e observar outros investidores? Você sente de longe o cheiro de um bom negócio e adora o gostinho de ganhar dinheiro? Cuidado, investimentos precisam ser feitos, acima de tudo, com inteligência.

Mesmo investidores experientes erram nas suas aplicações, e, errar é fundamental para aprender. Por isso, selecionamos os seis principais erros cometidos por jovens investidores do mercado brasileiro. Esperamos que você possa aprender conosco e, fazer as escolhas certas para obter o sucesso financeiro e no futuro a tão sonhada independência financeira.

Os 6 erros mais comuns dos jovens investidores

1. Falta de objetivos

Líder no ranking de erros, a falta de objetivos bem definidos na hora de investir é um grande perigo. Principalmente porque jovens investidores não conhecem o mercado com propriedade e não sabem ao certo onde pretendem chegar. Defina metas de acordo com o seu momento de vida, estabelecendo objetivos de curto, médio e longo prazo e assim, lá na frente você poderá obter a sua independência financeira.

2. Excesso de confiança

Novos investidores costumam se empolgar rapidamente com bons resultados e o excesso de confiança faz com que subestimem os riscos e supervalorizem seus conhecimentos e capacidades. Isso pode ser muito perigoso, pois o investidor acredita que pode prever o futuro e que não irá tomar decisões erradas, o que sabemos ser impossível. Vá com calma, planeje suas ações com inteligência e prudência.

3. Imediatismo

Ficar rico da noite pro dia. Esqueça, isso não vai acontecer, a menos que você ganhe na loteria. Novos investidores precisam entender que cada tipo de aplicação demanda tempo, planejamento e estratégias específicas, e que ganhar dinheiro rapidamente é ilusão.
Alguns investidores inexperientes, na ânsia de ganhar dinheiro rápido, perdem a noção dos riscos e acabam caindo em fraudes e golpes financeiros, perdendo muito mais do que ganhando.

4. Não diversificar os investimentos

Aquela velha história de colocar todos os ovos em uma cesta só. Este é um erro bem comum aos jovens investidores. Isso porque, ao construir uma carteira de investimentos e colocar todo o dinheiro em uma única aplicação, o risco geral do seu investimento aumenta, e mais do que isso, deixa seu dinheiro mais vulnerável e desprotegido em casos de eventuais perdas.

O ideal é investir aos poucos, com regularidade e diversificação, e nunca em apenas um ativo, ou seja, em um único produto financeiro.

5. Ouvir opiniões alheias

Algumas instituições, gerentes de bancos e corretoras agem por interesses próprios, movidos por metas e lucros que são favoráveis para eles, mas não necessariamente para você. Então fique esperto para não cair na conversa alheia e investir o seu dinheiro em verdadeiras armadilhas financeiras.

Outro perigo que vai além de ouvir opiniões alheias e, é possível perceber no mundo dos investimentos, é o chamado efeito manada. É um comportamento em que tendemos a seguir escolhas e direções nas quais a maioria das pessoas está seguindo.

Muita calma nessa hora, isso pode comprometer todo o seu planejamento e também os resultados dos seus investimentos.

6. Ignorar taxas e impostos

Jovens investidores acabam esquecendo que cada transação financeira envolve taxas de movimentação e impostos. Cuidado, porque negligenciar estes valores pode comprometer todo o seu rendimento. É o caso de ter uma rotatividade muito alta de ativos.

Ou então, quando você faz um plano de previdência, com ele, você se compromete com taxa de carregamento, taxa de saída, etc. Ao investir em imóveis, impostos como ITBI e custos com registro geralmente são comumente esquecidos. O IOF, por exemplo, é um imposto cobrado em muitos investimentos financeiros e que é cobrado nos 30 primeiros dias de aplicação, com alíquota decrescente de 96% até chegar a zero no trigésimo dia. Além disso, investimentos em geral também possuem a incidência do imposto de renda, que também deve ser considerado nas análises de investimentos.

Jovens investidores: façam seus investimentos decolarem!

Agora que você já sabe quais são os principais erros cometidos por jovens investidores pode começar a planejar os seus com mais segurança. O ideal é que você dedique um tempo para estudar e conhecer o mercado financeiro com profundidade e sempre que possível contar com auxilio profissional.

Na Par Mais, desenvolvemos uma solução para quem está começando na jornada profissional em busca da independência financeira: o Minha Meta! Conheça e fique a vontade para conversar e contar com a ajuda dos nossos especialistas. Eles vão te ajudar a traçar o plano de voo dos seus investimentos!

.

Par Mais – 23.08.2016

A Par Mais Empoderamento Financeiro tem um propósito claro: fazer com que as pessoas mudem sua relação com o dinheiro para alcançar a liberdade e serem mais felizes. Os especialistas da Par Mais desenvolveram um método que visa tornar qualquer pessoa capacitada a ter o controle das suas finanças. Conheça os nossos serviços. Clique aqui.

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

Últimas publicações