Sua conta
  • 19/07/2018

Quais são os melhores investimentos de Longo Prazo

Início / Investimentos / Quais são os melhores investimentos de Longo Prazo

investimentos longo prazo

Quem investe, normalmente está buscando realizar algum sonho. Para esse tipo de investidor os movimentos de curto prazo muitas vezes não são tão importantes quanto a rentabilidade de longo prazo. Seja um pequeno ou grande investidor, adaptar a sua mentalidade para buscar rendimento em prazos mais longos pode trazer belas oportunidades. Nesse artigo falaremos sobre a importância dos investimentos de longo prazo, assim como algumas alternativas.

Porque investir no longo prazo?

O mercado de capitais, tanto no Brasil quanto no mundo, possui diversos investidores com todo tipo de objetivo. Existem desde os especuladores, que buscam se aproveitar de movimentos repentinos do mercado até investidores que não tem nenhum objetivo específico a não ser rentabilizar e aumentar o seu patrimônio ao longo da vida. Além disso, o mercado costuma passar por movimentos diversos, que variam da euforia – em que investidores estão dispostos a comprar e os preços sobem – a momentos de pessimismo exagerado – em que se foge do risco e os preços caem. Ou seja, o mercado é dinâmico e muitas oportunidades (e riscos) aparecem ao longo do tempo.

O investidor individual que tem objetivos de longo prazo tem uma vantagem nessa questão. Ele pode aproveitar momentos de stress do mercado para comprar ativos a um preço bastante descontado, ganhando com isso. Quando se fala de investimentos, o binômio risco x retorno é uma grande verdade, ou seja, investimentos menos arriscados são os que irão oferecem retornos mais previsíveis e, consequentemente com menor potencial de ganho. Já investimentos com mais risco, ou seja, que tem uma probabilidade grande de oscilação ao longo do tempo, podem oferecer retornos mais atrativos. Para isso é preciso que o investidor consiga aliar tolerância ao risco a uma boa dose de paciência – tanto para encontrar bons momentos de compra, como para aguardar a maturação e o momento certo de venda.

E o horizonte de tempo está diretamente ligado a capacidade de correr riscos. Quanto mais tempo o investidor tiver até que seja necessário usufruir do valor investido, mais tempo ele tem para suportar oscilações e aproveitar oportunidades.

Opções de Investimentos de Longo Prazo

Existem várias opções de investimentos de longo prazo e, como sempre, o ideal é montar uma carteira composta por diferentes tipos de investimento. Alguns investimentos têm prazo de vencimento específico e garantem a rentabilidade quando levados até o final, mas podem oscilar (e muito) durante esse prazo. Outros não tem garantia de rentabilidade mas. Vamos falar então de algumas boas opções:

Títulos Públicos / Tesouro Direto

Investir em Títulos Públicos é uma ótima opção para o longo prazo. Lembrando que o Tesouro Direto é o canal de compra para esse tipo de títulos (e não o nome do investimento). Os Títulos Públicos são emitidos pelo Governo Federal e, portanto, são considerados de baixo risco de crédito. Esses títulos têm várias formas de rentabilidade, com taxas pré ou pós fixadas e com vencimentos diversos, que podem variar entre 2019 até 2050. Lembrando ainda que o governo garante a recompra, a qualquer momento, dos títulos públicos comprados através do tesouro direto. Mas é muito importante saber que, caso não sejam levados até o vencimento, não há garantia de rentabilidade – especialmente nos títulos com taxas pré fixadas ou vinculadas a inflação. Nesse caso, o valor dos títulos (e consequentemente dos investimentos) – podem oscilar muito ao longo do tempo – muitas vezes até mais do que câmbio ou ações. Porém, diferentemente deles, a rentabilidade dos títulos públicos é garantida se o investimento for carregado até o vencimento, por isso a importância de conciliar o prazo do investimento ao objetivo.

Títulos Privados

Além dos títulos públicos federais, Instituições Financeiras e Empresas Privadas também podem emitir títulos de dívida e que também podem ser uma boa opção de longo prazo. Os títulos emitidos por instituições financeiras (como CDBs, LCIs e LCAs) tem prazos diversos, que vão desde a liquidez diária (resgate a qualquer momento) até títulos com vencimentos de 5 anos que não permitem resgate antecipado. Como sempre, quanto maior o prazo, maior deverá ser a rentabilidade. Já as Debentures normalmente estão ligados a projetos de investimento de longo prazo das empresas que os emitem e, por conta disso, também tem prazos de vencimento mais longos.

Títulos como as LCIs, LCAs e as Debêntures Incentivadas tem prazos prolongados e isenção de imposto de renda sobre a sua rentabilidade. Alguns outros ativos como CDBs e Debêntures normais não possuem esse incentivo fiscal, mas podem ter taxas que compensem, especialmente no longo prazo.

Ações

Outra boa opção de investimento em longo prazo são as ações. Uma ação é uma pequena parte de uma empresa e empresas são construídas – obviamente- para remunerar seus acionistas mais do que investimentos comuns (custo oportunidade). Claro que as empresas estão sujeitas a uma série de fatores e com isso o preço de suas ações costuma oscilar bastante ao longo do tempo. Se por um lado isso pode representar risco aos investidores, também pode representar ótimas oportunidades de se comprar ações desvalorizadas ou também de vender as que estão valendo mais do que deveriam – nos momentos de euforia do mercado. Portanto, mais uma vez é importante a capacidade de se manter o investimento por prazos mais longos.

Fundos Multimercado

Os fundos multimercado tem sua rentabilidade atrelada a capacidade do gestor de encontrar boas oportunidades de rentabilidade no mercado. Por conta disso, pode gerar ganho tanto na alta (quando o mercado em geral está otimista), mas também em épocas de baixa (quando o mercado está pessimista). Os fundos podem ter mais ou menos volatilidade, dependendo do objetivo e do risco assumido. Como o mercado nem sempre é previsível e nem sempre tem boas oportunidades, em muitos momentos esse tipo de investimento pode ter rentabilidade baixas ou até mesmo negativas em alguns períodos. Por outro lado, costumam ser ótimas opões de investimento em períodos de tempo mais longos

Investimentos no Exterior

Recentemente uma mudança na regulamentação dos investimentos tornou muito mais acessível os investimentos em ativos no exterior. A tecnologia foi outro fator importante para ‘democratizar’ esse tipo de investimento. Hoje é possível tanto o investimento direto em ativos no exterior, através de plataformas, como o investimento através de fundos que apliquem seus recursos no exterior. Com isso é possível investir em ações, Bonds (títulos de crédito), hedge funds e mais uma gama muito grande de ativos.

Conclusão

Investir com horizonte de longo prazo costuma trazer muitas possibilidades de ganho aos investidores. Esses investimentos costumam ter riscos e volatilidade associados a eles, mas no longo prazo tem maior potencial de obtenção de bons resultados. Ficar atento às oportunidades, ter paciência e conciliar corretamente prazos e objetivos costuma fazer muita diferença em prazos maiores. Quando se fala em longo prazo, planejamento, disciplina, atenção e uma boa dose de ‘sangue frio’ fazem toda a diferença.

Onde você está, aonde quer chegar?
Nossa função é tornar sua jornada mais rápida e mais rentável. Escolhemos com você os investimentos que precisa, alinhados às suas necessidades. Clique aqui.

Resumo
Quais são os melhores investimentos de Longo Prazo
Nome do artigo
Quais são os melhores investimentos de Longo Prazo
Descrição
Nos investimentos de longo prazo o tempo está diretamente ligado a capacidade de correr riscos. Quanto mais tempo o investidor tiver até que seja necessário usufruir do valor investido, mais tempo ele tem para suportar oscilações e aproveitar oportunidades. Confira as opções: Títulos Públicos - Títulos Privados – Ações - Investimentos no Exterior.
Autor
Nome do editor
Par Mais

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

×