Planejamento tributário: um guia completo para Pessoas Físicas

  • 06/08/2021
Página inicial - Blog - Planejamento tributário: um guia completo para Pessoas Físicas

Os impostos fazem parte das nossas vidas e nós, como cidadãos de um país com regras estabelecidas, somos responsáveis por eles.

Sabemos que tomar conta das nossas obrigações com impostos não é uma tarefa muito prazerosa, mas é necessária para estar em dia com a Receita Federal.

Pensando nisso, um planejamento tributário pode ser bastante útil, pois com ele, é possível definir estratégias para reduzir os impostos a pagar, sempre com base nas leis vigentes.

planejamento tributário - um leão, símbolo normalmente ligado ao imposto de renda

O que é planejamento tributário?

O planejamento tributário, também conhecido como elisão fiscal, consiste em criar estratégias e realizar ações e estudos para reduzir a carga tributária de forma legal.

Com um planejamento é possível acessar alguns benefícios para que a carga tributária seja menor, avaliando o impacto dos impostos no trabalho e na vida financeira. A ideia é diminuir o peso dos tributos sobre as receitas, sempre com estratégias amparadas por lei.

Principais ferramentas

Para o planejamento tributário, é possível usar ferramentas simples, como um plano de previdência do tipo PGBL para abater da base de cálculo do imposto anual e também outras mais elaboradas, como Holding patrimonial, empresa administradora de bens, fundos exclusivos e outros.

Além disso, analisando a declaração de IR, é possível verificar se há concordância nos dados ou se a pessoa está exposta a riscos.

Guia de Planejamento Tributário

Existem algumas situações em que você precisa parar, pensar sobre os impactos fiscais e buscar soluções para resolver da melhor forma.

Por isso, criamos este Guia de Planejamento Tributário para Pessoas Físicas. Nele, são apresentadas cinco situações que atendem praticamente todos os casos em que você precisa se preocupar com impostos no seu dia a dia.

Além disso, citamos alguns exemplos de situações corriqueiras e detalhamos as principais ferramentas para se planejar e reduzir os custos, mantendo-se sempre de acordo com a lei.

Deixe seu comentário

Comentário(s): 2

       
  1. As dicas apresentadas foram objetivas e cuidadosas. Temos que levar em conta esse item na hora de investir.
    Grata

    1. Barbara, boa tarde!
      Que bom que gostou do conteúdo. Sempre enfatizamos a importância de uma boa educação financeira e procuramos compartilhar conhecimento de forma entendível e acessível.
      Agradecemos por ser nossa leitora e te convidamos para conhecer nosso blog, com mais de mil artigos. Se quiser ficar por dentro do cenário econômico e saber mais sobre investimentos, assine gratuitamente o podcast semanal do nosso gestor Alexandre Amorim.
      Sucesso!

Últimas publicações