Sua conta
  • 05/11/2015

O perigo dos juros de cartão de crédito e cheque especial!

Início / Vida financeira / O perigo dos juros de cartão de crédito e cheque especial!

Par Mais Blog - juros de cartão de crédito

 

O povo brasileiro faz parte de uma estatística não muito agradável: é um dos que mais utiliza os créditos rotativos do cheque especial ou do cartão de crédito. Por estar disponível, não necessitar de cadastro nem de solicitação (como dizem os bancos e operadoras, está pré aprovado), costuma ser muito comum as pessoas utilizarem este tipo de ‘vantagem’ oferecida pelas instituições financeiras.

Esse tipo de crédito pode ser muito útil (e só deveria ser utilizado) em casos de imprevistos, mas na prática acaba sendo usado para cobrir despesas corriqueiras, compras por impulso ou até para cobrir o nosso ‘esquecimento’ de depositar na conta ou pagar a fatura do cartão. E temos aí um grande perigo!!

 

O primeiro é o cartão de crédito. É muito comum perguntarem se queremos parcelar nossas compras, mesmo quando não pedimos ou não precisamos. Não pague juros de cartão de crédito com compras parceladas.

Isso é tentador, pois normalmente se parcela pelo preço a vista, sem juros. Isso pode funcionar como um aliado na conquista de nossos objetivos mas, quando é feito sem planejamento, pode se tornar um problema enorme: muitas vezes as parcelas se acumulam e, em determinado mês, é necessário entrar no uso do rotativo do cartão de crédito e pagar apenas uma parte da fatura. A partir daí, normalmente inicia uma ‘bola de neve’ e o acumulo de dívidas astronômicas e a conta acaba se tornando impagável, já que a taxa de juros é uma das mais maiores do mundo

 

Fique atento também a outro grande perigo, onde as taxas são altíssimas: o uso do cheque especial.

As taxas também são altíssimas e a liberação do crédito também é automática (ou pré aprovada). Entrando no cheque especial, a taxa de juros paga em um mês é equivalente, em média, ao que você receberia em um investimento conservador durante um ano inteiro.

Confira abaixo a diferença entre os juros que você recebe em um ano investindo seu dinheiro e os juros que você pagaria se ficasse devendo o mesmo valor. Pode se assustar, pois a diferença é mesmo absurda! Foi usado como base o valor de R$ 10.000,00.

Par Mais Blog - juros de cartão de crédito

 

Mas como se livrar desse perigo dos juros de cartão de crédito?

Se por algum motivo você gastou a mais e não consegue pagar o total da sua fatura ou não consegue se manter fora do cheque especial, busque linhas de crédito mais baratas, que em geral também são muito fáceis de se obter, como o Crédito Direto ao Consumidor. Ao substituir a dívida cara por uma barata, você economiza nos juros e ainda prolonga o prazo de pagamento. Só não se esqueça de apertar o cinto até quitar o empréstimo, se não, você vai se endividar de novo.

Por conta da facilidade de acesso, muitas pessoas acabam subestimando o perigo do cheque especial e do rotativo do cartão. Existe uma regra muito simpels: quanto mais fácil for tomar um empréstimo, maior será a taxa de juros e, consequentemente, maior o valor que você vai pagar!

Tenha em mente que cheque especial e credito do cartão são empréstimos (e dos mais caros) e que você só deve utilizar em casos de urgência ou imprevistos.

Se você está constantemente usando destas ferramentas, seus gastos estão maiores do que a renda. Para sair disso, é preciso detalhar e mapear todas as suas despesas e um profissional seria uma ótima ajuda para aprender a controlar e se planejar financeiramente.

 

O perigo dos juros do cartão de crédito e crédito especial por Lucas Couto – 05.11.2015

A Par Mais Planejamento Financeiro tem um propósito claro: trabalhamos para auxiliar cada um de nossos clientes a construir sua tranquilidade financeira. Atuamos na área de planejamento financeiro pessoal, family office, gestão patrimonial, consultoria financeira para empresas e consultoria de investimentos.

Par Mais Blog - Planilha de controle financeiro - anuncio

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

×