Sua conta
  • 03/05/2016

Caderneta de poupança: é um bom investimento para o meu filho?

Início / Vida financeira / Caderneta de poupança: é um bom investimento para o meu filho?
caderneta de poupança

Para quem tem filho pequeno ou a responsabilidade do futuro de uma criança,  uma das preocupações é quanto a projetos futuros, principalmente, com estudos e viagens. Quanto mais cedo você inicia a economia menor é seu “esforço” para acumular os valores necessários, podendo fazer aplicações de valores pequenos mensalmente. Sabemos que o custo com uma graduação ou intercâmbio é alto, e como não temos como prever como estará nossa situação financeira nesses momentos, a melhor opção é o planejamento. Só que a maioria das pessoas, que acerta em se planejar e poupar com antecedência, erra na escolha do produto e opta por utilizar o investimento mais popular no País que é a caderneta de poupança.

 

Caderneta de poupança é um bom investimento?

Mas um ponto importante é, onde investir? Como já falamos, o brasileiro tem uma cultura muito forte em aplicar na caderneta de poupança porém, analisando a rentabilidade histórica, o retorno real – isso é, o rendimento acima da inflação (IPCA) acumulado no período – é muito baixa ou até negativa. No ano de 2015 a inflação foi muito maior do que a rentabilidade, o que significa que ao final do ano o valor aplicado na caderneta de poupança não tinha o mesmo poder de compra do início do ano.

Como estamos falando de um investimento de longo prazo, podemos considerar algumas estratégias, não tão comuns aqui no Brasil mas que no exterior já são muito utilizadas, que são investimentos em ações, por exemplo. Esse tipo de aplicação possui volatilidade alta porém uma chance de retornos maiores pensando num horizonte de tempo longo. Um fundo de ações bem administrado pode ser uma boa opção. Mesmo tendo uma rentabilidade baixa ou até negativa por alguns períodos, ao longo dos anos tendem a ter um retorno melhor. É a velha premissa de quanto maior o risco maior a chance de um bom retorno.

 

Caderneta de poupança X títulos públicos?

Outra opção são títulos públicos. Para o longo prazo a pode-se optar por índices indexados à inflação, a conhecida NTNB. Ao efetuar a compra do papel você garante uma taxa anual além da variação do IPCA. Esses papéis você consegue comprar com diferentes vencimentos que podem ir até 35 anos. Mantendo o investimento até final do prazo você terá a garantia do retorno negociado, sem risco. Porém, caso seja necessário a venda do título antes do vencimento você não terá a garantia da taxa e ficará sujeito ao preço do título negociado à mercado na data. Por isso é muito importante conciliar o prazo do título ao seu objetivo.

 

Quem quer um investimento sem volatilidade, também há opção. 

Caso você não sabe exatamente quando vai precisar resgatar seu investimento ou não queira ter qualquer volatilidade nas aplicações, há opções de renda fixa muito melhores que a poupança, como o Tesouro Selic. Também um título público que garante 100% da Selic e possui liquidez diária podendo fazer aportes em valores menores.

O mais importante é ter a disciplina de investir mensalmente e analisar bem qual produto escolher, não optando pelo mais tradicional, que muitas vezes pode não ser a melhor opção.

Empodere-se financeiramente e seja mais feliz! Confira outro artigo sobre caderneta de poupança:

 

Confira nossa simulação da poupança com outros investimentos

 

Par Mais – 03.05.2016

A Par Mais Empoderamento Financeiro tem um propósito claro: fazer com que as pessoas mudem sua relação com o dinheiro para alcançar a liberdade e serem mais felizes. Os especialistas da Par Mais desenvolveram um método que visa tornar qualquer pessoa capacitada a ter o controle das suas finanças. Conheça os nossos serviços. Clique aqui.

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

×