Sua conta
  • 24/03/2016

5 motivos para não comprar um Título de Capitalização

Início / Investimentos / 5 motivos para não comprar um Título de Capitalização
título de capitalização

Um dos ‘investimentos’ preferidos do brasileiro é o Título de Capitalização, porém será que ele é mesmo a melhor opção para aplicar seu dinheiro?

Entenda alguns motivos para não comprar títulos de capitalização caso você esteja em busca de capitalizar seu dinheiro.

1º – TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO NÃO É UM INVESTIMENTO

Primeira situação a esclarecer é que o título de capitalização é um título de crédito com características de um jogo de loteria, ou seja, quando você o adquire estará entrando em um sorteio e para ele se tornar vantajoso é necessário que você ganhe esse prêmio, o que dificilmente acontece.

Quando adquire-se um título de capitalização pensando no sorteio a pessoa está na verdade ‘apostando na sorte’.

 

2º – TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO x RENTABILIDADE

O título de capitalização normalmente é vendido com a rentabilidade de 0,5% mais taxa TR ao mês, “sendo a mesma que a poupança”, no entanto não é bem assim. Esses juros rentabilizam só uma parte do valor que você aplicou, a outra parte é destinado para administração da capitalização e para compra dos prêmios. Portanto não é toda sua aplicação que rentabilize ‘igual a poupança’.

Além do mais a rentabilidade da poupança atualmente está abaixo da inflação, o que significa que o seu dinheiro não terá o mesmo poder de compra que você tem hoje no momento do resgate. Teoricamente se você compra determinado produto com esse dinheiro hoje, não conseguirá comprar no final do período da sua capitalização.

 

3º – TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO TEM INCIDÊNCIA DE IMPOSTO

O terceiro motivo para repensar a compra de um título de capitalização é que você pagará imposto de renda, sendo 20% sobre os rendimentos e 25% na fonte sobre o valor do prêmio, caso seja contemplado.

O ideal é comparar a rentabilidade do título de capitalização com outros produtos de investimentos legítimos que não possuem incidência de imposto de renda, como por exemplo LCI – Letras de crédito imobiliário e a própria poupança.

 

4º – TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO x LIQUIDEZ

Outro ponto a se analisar é a liquidez do título, ou seja a facilidade que você tem para resgate. Alguns produtos de capitalização possuem uma carência, um tempo em que o seu dinheiro não pode ser mexido ou seja, mesmo que você precise do dinheiro não poderá contar com ele, ou será punido deixando para o banco parte do valor que você aplicou.

 

5º – TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO x RESGATE

Também, como um percentual do valor total, é usado para cobrir os custos do título (administração, e prêmios), no resgate antecipado ou até mesmo ao final do período o montante poderá ser menor do que o aportado inicialmente.

Então se você busca no título de capitalização uma ferramenta de disciplina esteja ciente que você poderá pagar por isso e que existem outras alternativas que também permitem a contribuição mensal e prazos de carência sem doer tanto no bolso.

É importante que ao considerar o título de capitalização como uma possibilidade de aplicação do seu dinheiro que você esteja empoderado financeiramente e tenha consciência das características do produto, não sendo a melhor alternativa por não se tratar de um produto de investimento financeiro.

Leia também nossos artigos que descrevem a estrutura e o funcionamento de um título de capitalização. Empodere-se financeiramente para saber o que está comprando!

O que é um Título de Capitalização? Investimento? Loteria?

Quem quer dinheiro? Título de capitalização.

 

Par Mais – 24.03.2016

A Par Mais Empoderamento Financeiro tem um propósito claro: fazer com que as pessoas mudem sua relação com o dinheiro para alcançar a liberdade e serem mais felizes. Os especialistas da Par Mais desenvolveram um método que visa tornar qualquer pessoa capacitada a ter o controle das suas finanças. Conheça os nossos serviços. Clique aqui.

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

×