Taxa de juros real, nominal e a SELIC

  • 01/11/2017

No último artigo aqui da Par Mais falamos sobre a queda da Selic e o seu impacto na economia, mas dando o alerta sobre a importância de ficar atento à taxa de juros real e não apenas a rentabilidade nominal.

Mas qual a diferença entre a taxa de juros real e taxa de juros nominal? E qual a importância de se observar a Taxa Selic? Entenda neste artigo!

Taxa de juros real x Taxa de juros nominal

A taxa nominal é a taxa declarada de uma operação financeira. No caso da Selic, na reunião de outubro de 2017 foi determinada que ela fosse 7,50% ao ano, portanto essa é a taxa nominal.

Já a taxa de juros real, por sua vez, é a taxa nominal descontada da inflação. Ou seja, é quanto um investimento rende acima da inflação.

Qual a importância da Taxa de juros real?

Quando você poupa e investe seu dinheiro, o seu objetivo é que, no futuro, ele seja rentabilizado e você possa comprar mais coisas ao final do investimento do que comprava no início. Digamos, por exemplo, que você tem hoje R$1.000,00 e está escolhendo entre comprar uma TV nova hoje ou poupar esse dinheiro para gastá-lo no futuro. Vamos supor que a sua escolha tenha sido poupar o dinheiro para comprar essa TV no futuro e ficar ainda com algum dinheiro sobrando. Se depois de um ano o seu dinheiro tiver um rendimento nominal de 10% você terá R$1.100,00 ao final do período, mas se a inflação tiver sido 15% nesse mesmo período a TV estará agora custando R$1.150,00. Resumindo, a inflação foi maior do que a rentabilidade do seu investimento, portanto a inflação “corroeu” o seu poder de compra. Caso a inflação tivesse sido 4%, você poderia comprar a TV e ficar com um dinheiro sobrando, mas o que sobraria não seriam os 10% que o dinheiro rendeu, mas sim 6%, que foi o que ele rendeu acima da inflação.

Taxa Selic

A Taxa Selic é usada como instrumento de política monetária, aumentando ou diminuindo para conter a inflação ou estimular a atividade econômica. Assim sendo, o comportamento dela – de queda ou aumento – às vezes não reflete o comportamento da taxa real. Observe o gráfico abaixo, que tem a trajetória nos últimos 5 anos da Taxa Selic, da inflação dada pelo IPCA e da Taxa de juros real, ou seja, descontada a inflação.

Em 2012 a Selic fechou o ano a 7,25%, no entanto a inflação estava em 5,83% ao ano, o que resultou na menor taxa de juros real dos últimos 10 anos, de apenas 1,42%.

Hoje a Selic está em 7,50%, quase igual a de 2012. Mas, como a inflação está bem mais baixa, a taxa real está em 4,96%. Ou seja, a taxa real atual está mais de 3 vezes maior que a taxa real de 2012, mesmo com a taxa Selic bem parecida.

O recado é que apesar da Taxa Selic estar em queda e nos menores patamares históricos, a inflação também caiu bastante, consequentemente deixa uma taxa de juros real atraente. Com isso, o Tesouro Selic como um investimento atraente, sendo uma boa opção para quem não quer tomar muito risco e rendendo bem acima da inflação.

Resumo
Taxa de juros real, Taxa de juros nominal e a SELIC
Nome do artigo
Taxa de juros real, Taxa de juros nominal e a SELIC
Descrição
Qual a diferença entre a taxa de juros real e taxa de juros nominal? E qual a importância de se observar a Taxa Selic? O que interfere nos seus investimentos?
Autor
Nome do editor
Par Mais

Deixe um comentário

    • Bráulio Hermanson de Almeida Campos
    • 04/11/2017
    Responder

    Muito boa a explicação, e bem claro. Obrigado

      • Par Mais
      • 06/11/2017
      Responder

      Bráulio, bom dia! Nós é que agradecemos sua atenção. Desejamos uma ótima semana para você.Sucesso!

    • Raquel
    • 08/11/2017
    Responder

    Muito bom, esclarecedor! Obrigada