Quitar o financiamento do carro, vale a pena?

  • 10/12/2015
Página inicial - Vida financeira - Quitar o financiamento do carro, vale a pena?

 

 

Chega o fim do ano e junto com as festas, vem aquele tão esperado dinheirinho extra: o décimo terceiro salário!  É uma ótima oportunidade para aproveitar e quitar algumas parcelas das dívidas e começar 2016 com uma folga no orçamento.

O Carro Zero é o sonho de muita gente e se acaba optando por financiar a compra. Os juros deste financiamento podem custar muito caro, já que as taxas de um financiamento podem variar de 11% a 57% ao ano e por isso, utilizar o 13º para quitar o financiamento pode ser vantajoso para o seu bolso.

Mas, fica a pergunta: se eu quitar o financiamento, valeria a pena? Ou seria mais rentável investir esse dinheiro?

Para tanto, é necessário um certo planejamento financeiro. Lá vão 5 passos para você avaliar se deve ou não quitar o financiamento do seu automóvel.

 

1. Analise qual a rentabilidade dos seus investimentos.

Você tem investimentos financeiros? Quais objetivos você tem para esses investimentos? Selecione um investimento e verifique a taxa de rentabilidade. Investimentos conservadores como LCI e LCA são uma opção de curto prazo que geram bons retornos. Caso você tenha algum investimento e queira quitar o financiamento, o ideal é resgatar de investimentos de curto prazo. Você pode conferir os tipos de investimentos financeiros de acordo com seus objetivos também no nosso blog. Veja abaixo, sugestões de artigos relacionados.

 

2. Saiba a taxa de juros do seu financiamento

É comum as pessoas contratarem um financiamento sem saber exatamente quanto estão pagando por isto. Se este é seu caso, busque descobrir o custo mensal dos juros efetivos do seu financiamento. Ou, antes de contratar um financiamento, veja no site do banco central o ranking das taxas de financiamento de veículos pregada pelos bancos.

Muitas vezes acabamos por financiar a compra do carro ao invés de poupar e comprar à vista. Mas e aí, será que vale a pena quitar o financiamento do carro?

 

3. Busque um desconto dos juros

Antecipar o pagamento das prestações do financiamento do carro pode ser vantajoso, mas também depende da taxa de desconto pela quitação. Ter um desconto para quitar o financiamento é um direito garantido pelo Código de Defesa do Consumidor. A lógica é simples, o banco emprestou um dinheiro para você assumindo o risco de não receber ao longo do tempo, o que torna o financiamento mais caro. Quando você decide quitá-lo, você está devolvendo o empréstimo e por isso pode reduzir o pagamento dos juros proporcional ao tempo que pretende quitar.

 

4. Compare: Investir seu dinheiro x Quitar o financiamento do carro

Neste passo, você deve comparar a taxa de retorno dos seus investimentos com as taxas de juros do seu financiamento.

Situação 1: taxa de retorno do investimento é maior que a taxa de juros atual do seu financiamento. Neste caso, seus investimentos rendem mais do que juros pagos. Sendo a assim, o retorno do dinheiro investido paga os juros do financiamento. Mantenha o financiamento e invista seu dinheiro.

Situação 2: taxa de juros do financiamento é maior que a taxa do dinheiro investido. Neste caso, vale a pena quitar o financiamento. Negocie uma taxa de desconto pela antecipação. O site do Ministério Público do estado de Santa Catarina disponibiliza uma calculadora de quanto deverá ser o valor pela sua quitação.

 

5. Analise seu perfil e tome a melhor decisão

Além das questões financeiras, também tem o fator comportamental. Muitas pessoas não conseguem manter o dinheiro investido e deixam de ganhar juros por consumirem toda sua renda. Se este é seu caso, quitar o financiamento se torna uma boa opção para que não gaste o dinheiro extra que possui.

Ainda é importante que após realizar a quitação da dívida, você mude seus hábitos e passe a poupar antes de gastar, sempre que possível. É necessário buscar uma educação financeira, evite nova dívida! O valor do dinheiro para pagá-la custa caro e leva tempo e esforço para juntá-lo novamente.

 

Artigos relacionados:

– Investimentos em 2015 e nos últimos 5 anos. Clique aqui.

– Risco e retorno: gestão eficiente de investimentos. Clique aqui.

– Como investir com apenas R$ 10 mil. Clique aqui.

– Investir em LI e LCA. Clique aqui.

 

Quitar o financiamento do carro, vale a pena? por Carolina Koettker – 10.12.2015

Onde você está, onde quer chegar?
A Par Mais Planejamento Financeiro tem um propósito claro: trabalhamos para auxiliar cada um de nossos clientes a construir sua tranquilidade financeira. Atuamos na área de planejamento financeiro pessoal, family office, gestão patrimonial, consultoria financeira para empresas e consultoria de investimentos.

Par Mais Blog - Planilha de controle financeiro - anuncio

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

Últimas publicações