Práticas da quarentena que você pode manter pós-pandemia

  • 28/09/2021
Página inicial - Vida financeira - Práticas da quarentena que você pode manter pós-pandemia

A pandemia impôs mudanças que envolveram alterações imediatas na rotina das pessoas, fazendo com que a reflexão sobre alguns comportamentos que tínhamos pudesse ser repensada e mantida no pós-pandemia.

Cada pessoa enfrentou a pandemia de uma forma muito pessoal, alguns de forma bastante negativa – com excesso de comida, álcool, drogas, isolamento total e com impactos na saúde mental – e outros aproveitaram a oportunidade para reaver comportamentos e buscar por novos hábitos. Além disso, muitas pessoas buscaram desenvolver novas habilidades neste período de isolamento social.

Considerando isso, perguntamos aos nossos colaboradores quais foram as práticas que eles adotaram na quarentena e que serão mantidas pós-pandemia por causa dos benefícios e mudanças positivas que trouxeram. Confira as principais respostas:

Home office pós-pandemia

O home office foi adotado por diversas empresas em março de 2020 e, para muitas delas, o modelo de trabalho funcionou muito bem, sendo que no pós pandemia muitas empresas já anunciaram que manterão o modelo híbrido – onde parte da jornada é na empresa e outra parte em casa.

Com a adoção do home office pela ParMais, nossos colaboradores perceberam a importância de ter um espaço adequado e confortável em casa para trabalhar, onde é possível fazer as tarefas renderem da melhor forma possível.

Além disso, muitos relataram a melhora da qualidade de vida, pois passam menos tempo em deslocamento para o trabalho e conseguem administrar melhor o tempo, priorizando outras atividades.

Desenvolvimento profissional

Alguns dos nossos colaboradores aproveitaram o isolamento para focar na vida profissional, realizando cursos, workshops e palestras on-line para agregar nas habilidades técnicas e também como um mecanismo de enfrentamento do período.

Substituição dos encontros presenciais para virtuais

Antes da pandemia, era comum aceitarmos diversos convites para atividades extras, muitas vezes pela obrigação de mantermos o contato com os amigos ou colegas de trabalho.

Com a pandemia, começamos a filtrar ou substituir para encontros e reuniões on-line. Cada um definiu critérios para decidir se vale a pena aceitar o convite ou não e muitos aprenderam a dizer “não” sem culpa para o excesso de atividades extras e pretendem manter o hábito pós-pandemia.

Hábitos saudáveis de alimentação

Muitos de nossos colaboradores relataram que, por causa da rotina corrida do dia a dia, costumavam comer fora de casa e não pensavam na qualidade da alimentação, fazendo muitas vezes refeições rápidas para dar conta da rotina. Com o isolamento social, muitos conseguiram rever seus hábitos de alimentação, preparando as refeições em casa e fazendo adaptações para ajudar na saúde e bem-estar.

“Quando começou a pandemia me organizei para preparar todas as refeições, e com isso, comecei a pesquisar sobre trocas inteligentes que poderiam ser feitas para agregar na minha saúde e isso acabou virando um hábito e melhorando a minha qualidade de vida de forma geral. No momento, não preparo todas as minhas refeições como era no isolamento total, mas mudou minha forma de escolha e entendimento do que o meu consumo impacta na minha saúde”, relata Katia Rodrigues, analista de gente e gestão da ParMais.

Cuidar da saúde pós -pandemia

Além do cuidado com o Coronavírus, o cuidado com a saúde física e mental também foi um hábito adotado por nossos colaboradores e que deve ser mantido pós-pandemia.

Muitos perceberam a importância de iniciar uma atividade física e, com isso, puderam perceber o aumento da produtividade e mais foco na realização de tarefas.

Segundo Flávia Bitencourt, head de gente e gestão, umas das principais coisas que a pandemia trouxe e que pretende continuar fazendo é tirar um tempo travado na agenda para cuidar da saúde: “não me sinto mais culpada em começar a trabalhar mais tarde porque pratiquei alguma atividade física mais cedo. Antes priorizava estar rigorosamente no trabalho até determinado horário, se não dava pra treinar, fazia a noite, mas não rendia. Agora respeito meu horário biológico, pois isso me faz bem e me dá produtividade” afirma.

Além disso, também perceberam a importância de cuidar da saúde mental, criando uma rede de apoio com os amigos ou buscando ajuda profissional para passar por essa fase da melhor forma possível.

Mais contato com a família

O isolamento em casa nos aproximou mais e muitos tiveram a oportunidade de iniciar um convívio diferente com a família, criando mais diálogos, treinando a compreensão ou mesmo se preocupando mais com a saúde em geral.

O contato maior com os animais de estimação também foi relatado por nossos colaboradores, que aproveitaram o isolamento para se aproximar dos animais e curtir mais a companhia deles no dia a dia. “Além do maior contato com a minha família, também tive uma aproximação enorme com os cachorrinhos aqui de casa. Tenho três pequenos e mais dois grandes, e nesse período fiquei muito mais apegado, adorando a companhia que eles fazem, algo que nunca fui apegado e que hoje dou bastante valor”, conta João Pacheco, consultor comercial da ParMais.

Atividades sociais e voluntárias

Com as consequências negativas da pandemia na sociedade, surgiu ainda mais a necessidade de ajudar o outro. Dessa forma, alguns de nossos colaboradores aproveitaram o momento para participar de projetos sociais e se engajar em atividades voluntárias. O trabalho voluntário pode ser doado em tempo e dinheiro e é uma prática que certamente será mantida por quem pratica no pós-pandemia.

Preocupação com o dinheiro

O interesse por finanças pessoais e investimentos cresceu bastante por causa da pandemia.

“Pudemos perceber que as pessoas que já tinham uma reserva de emergência se sentiram mais tranquilas e confiantes para passar pelo período. Já aquelas que não tinham nada guardado nos procuraram para formar a reserva e também em busca de investimentos que trouxessem um rendimento melhor que o da poupança”, destaca Karoline Torres, consultora comercial da ParMais.

Conclusão

A Covid-19 nos fez refletir sobre diversos hábitos e práticas que antes eram comuns, mas que foram mudados durante a quarentena e provavelmente serão mantidos pós-pandemia.

O home office, encontros virtuais, hábitos saudáveis de alimentação e de saúde, mais contato com a família, desenvolvimento profissional e atividades voluntárias foram relatados por nossos colaboradores como exemplos de práticas que devem ser mantidas para a vida.

Apesar da pandemia ter muitos pontos negativos, ela nos trouxe também a oportunidade de repensar atitudes e comportamentos e pudemos optar por cultivar hábitos mais saudáveis no dia a dia.

Gostou do conteúdo? Você pode gostar desses também:

Os impactos da pandemia nas bolsas de valores

Cuidados com o consumo pós-quarentena

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

Últimas publicações