Sua conta
  • 30/03/2015

Planejamento financeiro: como optar pela tranquilidade?

Início / Vida financeira / Planejamento financeiro: como optar pela tranquilidade?

planejamento financeiro

Planejamento financeiro: como optar pela tranquilidade?

Segurança é palavra em alta quando se fala em investimentos nos dias de hoje. Os escândalos de corrupção continuam a minar o Governo, atingem grandes empresas e tornam o mercado instável. Um perigo para quem pretende fazer crescer o próprio patrimônio, principalmente para garantir certa estabilidade no futuro, mas não conhece a fundo o assunto. Nesse cenário, a reação é quase instintiva: a maior parte das pessoas procura um abrigo tranquilo para “esperar passar o pior”. Como não sabemos quanto tempo teremos de esperar até que a situação País volte à normalidade, a escolha do melhor abrigo seguro para nossas economias é fundamental.

Pode parecer incrível, já que o Governo Federal é o maior causador da atual turbulência, mas são justamente os papéis emitidos pela União que surgem como a melhor opção em tempos de Lava-Jato. Em primeiro lugar é bom que se diga: os títulos da dívida, que podem ser adquiridos pelo conhecido Tesouro Direto, não são empréstimos para o Governo do momento. Ao comprar esses papéis, você financia o Estado brasileiro, que não pode dar um calote em seus cidadãos porque o país inteiro quebraria. Ou seja: a aplicação nas chamadas Letras Financeiras do Tesouro (LFT) é o investimento mais seguro.

E o melhor: em tempos de juros nas alturas e instabilidade, esses papéis estão pagando taxas muito interessantes, rendendo bem acima da inflação. Antes de seguirmos adiante, vale um lembrete importante: estamos falando das LFTs, que são pós-fixadas, com rentabilidade atrelada à taxa de juros básica da economia – Selic.

Existe ainda uma série de outros investimentos de renda fixa disponíveis no mercado. Um dos mais procurados atualmente por investidores que buscam potencializar seus ganhos são os fundos conhecidos como Credito Privado. Apesar de parecerem muito estáveis e muitas vezes apresentarem longos históricos de boa rentabilidade, estes fundos tem um risco pouco conhecido pelos investidores. Quem compra esses papéis, está emprestando recursos para companhias privadas. Ocorre que nos últimos dias uma série de grandes empresas, infelizmente, tem sido alvo de escândalos no País.

Na esteira da Lava-Jato, perdem não apenas as empresas diretamente envolvidas, mas também suas subsidiárias e controladas. Já pipocam notícias de companhias que emitiram títulos de dívida e agora, afetadas pelo escândalo, anunciaram medidas que vão impactar negativamente o desempenho dos fundos de investimento que compraram seus papéis. A situação exige cautela – e em momentos como esse a alternativa mais segura podem ser os títulos do Governo. 

Revista Clube do Champanhe

.

Planejamento financeiro: como optar pela tranquilidade? por Annalisa Blando Dal Zotto – 30.03.2015

A Par Mais Planejamento Financeiro tem um propósito claro: trabalhamos para auxiliar cada um de nossos clientes a construir sua tranquilidade financeira. Atuamos na área de planejamento financeiro pessoal, family office, gestão patrimonial, consultoria financeira para empresas e consultoria de investimentos.

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

×