Como investir no Tesouro Direto

  • 06/09/2016

O Tesouro Direto é um programa do governo federal em parceria com a BM&F Bovespa para venda de títulos públicos federais, diretamente para pessoas físicas pela internet. A lógica é simples, você empresta dinheiro para o governo custear as despesas e, depois do período determinado no investimento, você recebe juros sobre o valor emprestado.

É um investimento com baixo risco, pois é garantido pelo Tesouro Nacional, além disso, conta com boa rentabilidade e tem incidência de taxas mais baixas, se comparadas a outras aplicações. Outro atrativo do Tesouro Direto, é que com apenas R$30 reais, você já pode comprar títulos públicos com liquidez diária.

Mas você sabe como investir no Tesouro Direto? Criamos o passo a passo para mostrar como funciona esse investimento, diretamente no site do Tesouro Nacional.

Veja nosso Infográfico sobre os títulos públicos!

Como investir no tesouro direto?

Antes de ir para o passo a passo de como investir no Tesouro Direto, você precisa saber que há dois tipos de investimentos: os títulos prefixados e os títulos pós-fixados.

Nos títulos prefixados, você sabe exatamente a rentabilidade que irá ter ao manter o título até a data de vencimento. Para cada título, o valor a ser recebido no vencimento é de R$1.000,00. Eles são indicados se você acredita que a taxa prefixada será maior que a taxa de juros básica da economia (Selic).

Já nos títulos pós-fixados, os títulos têm seu valor corrigido por um indexador, que pode ser pela taxa básica de juros (Selic) ou pela inflação (IPCA).

Se o título for mantido até o vencimento, a rentabilidade inicialmente acordada (seja ele pós ou prefixado) será sempre garantida. Em contrapartida, é importante ter cuidado, pois em caso de resgate antes do prazo de vencimento, títulos prefixados e também os indexados à inflação podem sofrer grande volatilidade no preço, o que pode gerar grandes prejuízos ao investidor.

Além disso, há investimentos tradicionais, que são aqueles que você pode comprar ou vender a qualquer momento no site do tesouro direto, ou investimentos programados, os quais, é possível agendar compras, vendas e reaplicação automática dos juros semestrais.

Caso você esteja em dúvida, o site do Tesouro Direto tem uma “Orientação Financeira”, para ajudar você a descobrir qual o melhor tipo de investimento para o seu perfil. Acesse e confira aqui.

Passo a passo para investir no Tesouro Direto

1- Cadastre-se em uma Instituição Financeira

Para começar o seu investimento, além do CPF, você deve ter um cadastro em alguma instituição financeira habilitada a operar no tesouro direto e claro, ter verba na conta para começar o seu investimento.

Esse cadastro lhe dará uma senha de acesso ao site do Tesouro Direto, via e-mail. Com ela, você está pronto para começar seus investimentos e acessar a área de operações de compra e venda e ainda, consultar saldos e extratos.

2- Acesse o Portal do Investidor no site

Como você já fez o cadastro, acesse o site do Tesouro Direto e clique no botão “Já é Investidor? Acesse aqui”. Após, clique em “Investidor Cadastrado” no final da página.

 

3 – Forneça seus dados

Para acessar o Portal do Investidor, basta informar o seu CPF e senha cadastrada na instituição financeira.

 

4 – Escolha entre comprar, vender ou reinvestir

Depois de acessar o Portal do Investidor, o menu do site lhe oferece as opções: comprar, vender ou reinvestir.


Nesse caso, vamos lhe mostrar como comprar um título público.

Ao clicar em comprar, você pode optar em fazer a compra de um título ou fazer um agendamento.

Primeiro, você deve selecionar o seu agente de custódia, no caso, o banco ou corretora que você está cadastrado. Então, o site lhe dará uma lista de títulos disponíveis para compra, com a data de vencimento, o percentual da taxa de juros ao ano, e o preço unitário. Além disso, há os campos para você preencher manualmente com a quantidade de títulos e o valor desejado a investir.

Por fim, é só clicar no botão verde “continuar” e seu investimento estará pronto.

 

Fique de olho no horário de funcionamento das transações. Desde o final de agosto de 2016, em razão de restrições operacionais, os investimentos só estão sendo realizados das 18h às 5h, sem a possibilidade de agendamento das 9h às 18h, como acontecia antes. As vendas também acontecem das 18h às 5h e, nos fins de semana e feriados, em qualquer horário.

Confira todas as regras de como investir no Tesouro Direto aqui.

.

Par Mais – 06.09.2016

A Par Mais Empoderamento Financeiro tem um propósito claro: fazer com que as pessoas mudem sua relação com o dinheiro para alcançar a liberdade e serem mais felizes. Os especialistas da Par Mais desenvolveram um método que visa tornar qualquer pessoa capacitada a ter o controle das suas finanças. Conheça os nossos serviços. Clique aqui.

Resumo
Você sabe como investir no Tesouro Direto? Confira aqui!
Nome do artigo
Você sabe como investir no Tesouro Direto? Confira aqui!
Descrição
Você sabe como investir no Tesouro Direto? Aprenda com nosso passo a passo e dê mais rentabilidade aos seus investimentos.
Autor
Nome do editor
Par Mais

Deixe um comentário