O equilíbrio do orçamento

  • 18/06/2014
Página inicial - uso consciente - O equilíbrio do orçamento

planejamento financeiro

Planejamento Financeiro: O equilíbrio do orçamento

Jailon Giacomelli sugere que contas sejam analisadas friamente antes de qualquer decisão

A manutenção da taxa Selic em níveis elevados — 11% ao ano atualmente — reflete de forma direta no custo do dinheiro tomado no mercado. Dados do Banco Central indicam que, em média, as famílias brasileiras pagam juros de 42% ao ano nos financiamentos  — há um ano o reajuste anual dos empréstimos era de 34,4%. Há situações que beiram o absurdo: a dívida no cheque especial é corrigida a 161,8% ao ano — e os custos financeiros do cartão de crédito são ainda maiores. De forma simplificada, pode-se dizer que tomar um financiamento é como “comprar” dinheiro em prestações.

Ao contrário do que ocorre quando vamos adquirir um carro ou uma geladeira, no entanto, não “pesquisamos preços” no mercado no momento de tomar empréstimos. O resultado é que a maior parte da população perde dinheiro pagando taxas elevadíssimas quando, dependendo das suas condições cadastrais e das necessidades de recursos, poderia arcar com juros menores. Equilibrar o orçamento — gastar menos do que ganha — é o passo inicial para escapar das armadilhas do mercado financeiro.

O ideal é que, quando necessário, o financiamento seja feito para investimentos — aquisição de um imóvel, financiamento da universidade. Muitas vezes também é adequado tomar um empréstimo — negociado com a instituição financeira em condições mais favoráveis do que as oferecidas automaticamente pelas instituições — para quitar débitos causados por algum descontrole temporário. O essencial é dedicar tempo e algum esforço para fazer a “melhor compra” possível de recursos. O mercado tem uma série de opções e a economia gerada pelas escolhas certas pode ser significativa.

Buscar informação, fazer contas e analisar friamente a situação antes de decidir são fundamentais para preservar suas finanças e, tenha certeza, darão um retorno que valerá o esforço.

.

.http://diariocatarinense.clicrbs.com.br/sc/diario-da-redacao/noticia/2014/06/consultor-financeiro-da-dicas-para-deixar-o-orcamento-domestico-equilibrado-4525980.html

 O equilíbrio do orçamento por Jailon Giacomelli – 13.06.2014

A Par Mais Planejamento Financeiro tem um propósito claro: trabalhamos para auxiliar cada um de nossos clientes a construir sua tranquilidade financeira. Atuamos na área de planejamento financeiro pessoal, family office, gestão patrimonial, consultoria financeira para empresas e consultoria de investimentos.

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

Últimas publicações