O que vale mais a pena: pagamento à vista ou parcelado?

  • 02/01/2017

pagamento a vista ou parcelado

Quando o assunto é dinheiro é normal termos dúvidas em diversas situações. Na hora de fazer compras, por exemplo, uma dúvida comum a muita gente é: o que vale mais a pena, fazer o pagamento à vista ou parcelado?

Para ajudar você a responder essa questão sempre que tiver com dúvida, desenvolvemos um simulador que calcula o que vale mais a pena, e dá o resultado exato para você.

Fazer o pagamento à vista ou parcelado?

Em um primeiro momento, parece óbvio que comprar a vista é sempre melhor, mas na prática nem sempre será. Quem tem algum dinheiro investido sempre acaba ficando na dúvida na hora de comprar algo. Será que vale a pena sacar o dinheiro aplicado e comprar à vista, ou será que o rendimento do investimento compensa fazer a compra parcelada?

Para responder essa questão, é preciso observar o rendimento do seu investimento, e também os juros das parcelas. Por isso, para facilitar sua vida, desenvolvemos um simulador que mostra qual opção vale mais a pena em cada situação. Para entender melhor, veja a seguir três exemplos de como o simulador funciona na prática.

Simulando: pagamento à vista ou parcelado?

Vamos simular três situações diferentes e testar quando vale a pena comprar à vista ou parcelado.

Para acompanhar, acesse o simulador aqui, salve nos favoritos do seu celular ou computador e teste quantas vezes você quiser.

Caso 1: melhor comprar parcelado e deixar o dinheiro rendendo

João tem um dinheiro aplicado em Títulos Públicos e quer comprar uma televisão nova, mas não sabe se vale a pena resgatar o dinheiro da sua aplicação e comprar à vista, ou manter o dinheiro rendendo e parcelar a sua compra.

Ele foi à loja e viu que a TV que ele quer está custando R$ 1760,00, e que a compra pode ser parcelada em até 10 vezes de R$ 176,00 sem juros.
Nesse caso, o simulador aponta a seguinte resposta: vale a pena fazer a compra parcelada porque João terá uma economia de R$ 73,11. Essa diferença acontece porque o rendimento da aplicação financeira em que está o dinheiro do João é maior que os juros do parcelamento. Então, vale mais a pena deixar o dinheiro rendendo e todo o mês pagar as parcelas da compra.

pagamento a vista ou parcelado

Caso 2: melhor comprar à vista e aproveitar o desconto

Seguindo o caso de João que quer comprar uma televisão nova. Só que agora, simulando a compra pela internet. Ele encontrou a mesma TV que viu na loja, por R$ 1584,00 à vista, ou em 10 vezes de R$ 176,00.

Nesse caso, o simulador demonstra que vale a pena comprar a TV à vista, pois João irá economizar R$ 118,00. Esse resultado mostra que o valor do desconto à vista, supera o rendimento mensal da aplicação financeira de João (Tesouro Direto).

pagamento a vista ou parcelado

Caso 3: dependendo do investimento, pode ser melhor comprar à vista ou parcelado

Vamos imaginar outro caso: Márcia quer trocar de geladeira. Ela tem um dinheiro guardado na poupança mas também não sabe se vale a pena sacar suas economias e pagar à vista a geladeira ou se é melhor parcelar e aproveitar os rendimentos da sua aplicação.

A geladeira que Márcia encontrou custa R$ 3420,00 à vista, e tem a possibilidade de parcelar em 12 vezes de R$ 300,00.
Na prática, o simulador mostra que vale mais a pena Márcia comprar a geladeira à vista, pois economizaria R$ 60,57.

Melhor comprar à vista e resgatar o investimento:

pagamento a vista ou parcelado

Mas, se ao invés de ter o dinheiro aplicado na poupança, Márcia tivesse aplicado seu dinheiro em um investimento com rendimento maior que a poupança, de 14% ao ano, por exemplo, valeria a pena parcelar a geladeira, pois ela economizaria R$ 31,26.

Melhor comprar a prazo e deixar o dinheiro aplicado:

pagamento a vista ou parcelado
Por mais que esses valores pareçam pequenos, é preciso saber que a longo prazo, pequenas economias geram um impacto enorme na sua vida financeira.

Considerações

É importante perceber como o tipo de investimento e a sua rentabilidade impactam na decisão entre fazer o pagamento à vista ou parcelado. É preciso pesar quanto você pagará de juros caso decida parcelar, quanto terá de desconto se resolver pagar à vista, e se os juros do seu investimento são maiores que os juros da compra.

Quando o resultado for parcelado, é preciso ficar atento para não acumular parcelas de várias compras e acabar comprometendo mais do que você realmente consegue pagar todo o mês. Por isso, se você já tem uma viagem parcelada, por exemplo, só faça outra quando quitar a primeira. Isso serve para todos os itens que você decidir parcelar.

Quem não tem dinheiro investido, a melhor opção será sempre juntar o dinheiro e pagar à vista, pois será muito difícil encontrar um empréstimo com juros menores do que os cobrados no parcelamento.

Acesse o simulador “À vista ou parcelado” e utilize quantas vezes você quiser.

Deixe um comentário