A emoção não é boa companheira do investidor

  • 12/04/2016
Página inicial - capital - A emoção não é boa companheira do investidor

tipos de investimentos

O medo, a paixão, o otimismo exagerado, o entusiasmo … são variados os sentimentos que podem pôr a perder uma estratégia de investimentos. Em períodos como o que vivemos – com o “humor” do mercado variando rapidamente – isso fica ainda mais evidente. Não são poucas as pessoas que abandonam a razão, ignoram os riscos e optam por investimentos arriscados que, à primeira vista, podem gerar ganhos expressivos. Na maior parte das vezes, infelizmente, esses investidores deixam de ganhar o que esperavam ou até perdem dinheiro.

Há uma explicação lógica para esse fenômeno. Aqueles que mais ganham no mercado financeiro são os que estudam e entendem o contexto e as tendências e partem na frente dos demais. Quem tem recursos, mas não se dedica a conhecer o mercado corre o risco de “chegar atrasado” e “comprar uma aplicação” quando os primeiros da fila já estão “vendendo” e realizando os lucros que antecedem um ciclo de queda.

Ninguém – a não ser os profissionais da área – é obrigado a acompanhar o vai e vem de papéis, taxas de juros, moedas e outras opções disponíveis no mercado. Justamente por isso, é preciso tomar certas precauções para fugir de apostas erradas. O essencial é definir uma estratégia de investimentos alinhada ao seu perfil e aos seus objetivos.

Quem traça um plano de investimentos (que pode até incluir uma pequena fatia de recursos livre para aplicar no risco) erra menos. Para quem é conservador, o ideal é buscar aplicações de renda fixa, como os CDBs e o Tesouro Direto. Mesmo aí, no entanto, é preciso analisar questões como o prazo do investimento e as taxas praticadas em cada operação. Enfim: antes de investir, esqueça as emoções e aposte na razão, no bom senso e na lucidez.

 

http://acontecendoaqui.com.br/marketing/coluna-de-alexandre-amorim-emocao-nao-e-boa-companheira-do-investidor 

 

Par Mais – 12.04.2016

A Par Mais Empoderamento Financeiro tem um propósito claro: fazer com que as pessoas mudem sua relação com o dinheiro para alcançar a liberdade e serem mais felizes. Os especialistas da Par Mais desenvolveram um método que visa tornar qualquer pessoa capacitada a ter o controle das suas finanças. Conheça os nossos serviços. Clique aqui.

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

Últimas publicações