Sua conta
  • 12/03/2016

Pagamentos de impostos é um trauma que todos os médicos passam

Início / Clínicas e consultórios / Pagamentos de impostos é um trauma que todos os médicos passam

 

Posts-Temáticos_açõesmédicos_02-blog

Assim como o Dr. Meu Dinheiro lembrou sobre o pagamento de impostos, Benjamin Franklin já afirmara que “não há nada mais certo no mundo que a morte e o pagamento de impostos”. No dia a dia, em qualquer café que tomamos, pagamos um percentual de impostos. Esquecer isso, pode ser fatal para a saúde financeira da sua clínica.

No contexto empresarial não é diferente e o pagamento de impostos não tem como ser evitado, contudo, pode ser planejado e estimado para evitar surpresas.

As clínicas médicas geralmente são tributadas pelo Lucro Presumido e pagam o Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) trimestralmente. O trauma causado pelo IRPJ trimestral em muitas clínicas, na verdade, trata-se de uma situação de descuido de gestão.

Pague os impostos em dia para que sua clínica tenha uma boa saúde financeira

 

Na prática, muitas clínicas não provisionam o imposto de renda devidamente. Além disso, é comum que os valores que deveriam ser utilizados para o pagamento de impostos sejam distribuídos entre os sócios ou ainda utilizados para pagar outras despesas da clínica. Nesses casos as consequências da falta de controle financeiro podem ser drásticas para a saúde financeira da clínica, pois quando chega a data para efetuar o pagamento dos tributos a clínica não tem fluxo de caixa para isso.

Com a chegada de tributos a pagar de forma “inesperada”, não há outra opção: é necessário pagar. Diante dessa situação e diante da falta de caixa, uma das saídas mais fáceis é utilizar recursos de terceiros, captando empréstimos e utilizando o limite do cheque especial, por exemplo. O problema é que os tributos sempre serão cobrados e, se a empresa captar empréstimos de curto prazo a juros altos repetidas vezes, acabará por reduzir a sua margem de lucro desnecessariamente.

Pior ainda do que pagar juros altos em operações de empréstimos não planejadas é não pagar os impostos devidos ou atrasar os pagamentos. Quando o assunto é impostos, as multas costumam ser elevadas. Este é mais um motivo que fortalece a necessidade de um acompanhamento profissional adequado para sua clínica. Diante da falta de uma gestão de caixa, muitas clínicas acabam gastando sempre com juros de cheque especial e trabalhando no vermelho, colocando em colapso a saúde financeira da clínica.

A Par Mais quer sanar esse trauma de impostos da sua clínica.  Com um acompanhamento detalhado vamos desvendar os tributos e impostos que incidem sobre cada situação e ajudá-lo a planejar sua gestão de caixa, colocando em dia a saúde financeira da sua clínica. Empodere-se financeiramente, não perca mais dinheiro e nem atrase os seus impostos.

 

Par Mais – 12.03.2016

A Par Mais Empoderamento Financeiro tem um propósito claro: fazer com que as pessoas mudem sua relação com o dinheiro para alcançar a liberdade e serem mais felizes. Os especialistas da Par Mais desenvolveram um método que visa tornar qualquer pessoa capacitada a ter o controle das suas finanças. Conheça os nossos serviços. Clique aqui.

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

×