Quais são os melhores investimentos para as olimpíadas de 2020?

  • 04/10/2016
Página inicial - capital - Quais são os melhores investimentos para as olimpíadas de 2020?

investimentos para as olimpíadas de 2020

Neste artigo vamos tratar sobre os melhores investimentos para as olimpíadas de 2020. Durante a organização da Rio 2016 muito se falou sobre o legado deixado pelas Olimpíadas no Brasil. Infraestrutura, turismo, segurança, saneamento, foram áreas que tiveram investimentos reforçados pelo governo. Mas, não podemos esquecer do legado deixado aos brasileiros, em especial pela participação de um evento de escala global, com troca de experiências e interação com os povos de todos os cantos do mundo.

Essa experiência já desperta nos brasileiros o desejo de participar das Olimpíadas de Tóquio em 2020. Mas, ao contrário do Brasil, há diversas barreiras a serem superadas: língua, cultura, fuso horário e, em especial, a moeda. Já imaginou você se planejar para as olimpíadas em Tóquio e, meses antes do evento, o Iene (moeda do Japão) disparar frente ao Real? Toda sua viagem estará comprometida.

Quanto custa participar das olimpíadas de 2020?

Para se planejar financeiramente para as Olimpíadas de 2020 você deve ter uma noção do custo total com a viagem, fora o custo com ingressos e alimentação nos locais do evento.

Hoje, pensando em comprar as passagens com 1 ano de antecedência, caso as Olimpíadas fossem em 2017, o custo de duas passagens aéreas de Guarulhos para Tóquio seria de R$ 11.000, saindo do Brasil em 20 de julho e retornando de Tóquio dia 01 de agosto.

Para conhecimento: a abertura da Olimpíada de Tóquio será no dia 24 de julho de 2020 e o encerramento no dia 09 de agosto 2020.

Pensando em hospedagem em hotéis próximos, para duas pessoas, o custo no período para um hotel 3 estrelas próximo ao parque olímpico será de aproximadamente R$ 6.000 para o período de 21 de julho à 01 de agosto, já incluso o café da manhã.

O custo do almoço e jantar médio em Tóquio, para duas pessoas, é de R$ 130 ao dia. Assim, temos mais R$ 1.500 com custos de alimentação.

Ao custo de R$ 100 por dia o casal tem coberto a despesas com o metrô, com acesso em todas as linhas 24h por dia. Podemos considerar, então, um custo conservador de R$ 1.000 para o período, pois vocês não vão usar diversas linhas do metrô todos os dias.

Assim, o custo básico com passagem aérea (R$ 11.000) + hospedagem (R$ 6.000) + alimentação (R$ 1.500) e transporte (R$ 1.000) será de aproximadamente R$ 19.500. Este custo pode variar: quanto mais aventureiro for o casal, menores os custos com hospedagem e alimentação. Quanto mais requintado, maior o custo com esses serviços.

Pensando no casal, com início do planejamento e investimentos em outubro de 2016, nós teremos 45 meses até junho de 2020, um mês antes da aberturas das olimpíadas. Considerando apenas as despesas em reais, o casal deveria aportar R$ 400 por mês desde outubro de 2016 até junho de 2020 em algum investimento que renda, pelo menos, 4% acima da inflação. Então, quais são os melhores investimentos para as olímpiadas de 2020?

investimentos para as olimpíadas de 2020

O risco da variação do câmbio

Caso as olimpíadas fossem no Brasil, você poderia investir mensalmente o valor de R$ 400 que não teria surpresas próximo do evento, pois você não ficaria exposto à variação cambial. No caso das olimpíadas em Tóquio, você deve se proteger de potenciais variações da moeda no futuro, que podem comprometer suas economias para realização da viagem.

Exemplo: atualmente, R$ 1,00 compra 31 JPY. Então, R$ 19.500 = 604,701.35 JPY. Supondo que o Iene (JPY) se valorize 10% frente ao Real (R$), você precisaria de R$ 21.450 para ter os mesmos 604,701.35 JPY. Pensando em R$ 21.450, o investimento mensal deveria ser de R$ 445!

Devemos analisar essa questão antes de definir investimentos para realização do nosso objetivo.

Quais são os melhores investimentos para as olimpíadas de 2020?

Os melhores investimentos para as Olimpíadas de 2020 são aqueles que oferecem um retorno real do capital aportado e, também, aqueles que podem te proteger contra a variação do câmbio. Lembre-se, o prazo é curto então você precisa optar por investimentos com rentabilidade previsível.

Portanto, você precisa de segurança e tem um prazo definido! Você pode obter boas taxas de retorno com investimentos que tenham prazo de vencimento próximo a data necessária. Para garantir ganho real, você pode optar por títulos vinculados a inflação, apostando na queda da taxa de juros pode apostar uma pequena parcela do total em pré fixado e o restante em investimentos vinculados ao CDI. Por conta do valor do investimento, os títulos públicos federais devem ser a melhor opção. Importante: os investimentos pré e inflação não podem ter prazo de vencimento depois de julho de 2020!

Confira nosso Infográfico sobre os títulos públicos!

Falamos que devem ser buscados retornos previsíveis mas não há como prever a variação do câmbio. Portanto, uma parte do investimento pode ser aplicada em fundos cambiais. Não existem fundos cambiais no Brasil que tenham rentabilidade vinculada à moeda japonesa mas, considerando que metade dos custos é com passagem que, por sua vez é atrelada ao dólar, faz todo sentido aplicar parte do capital em um fundo atrelado ao dólar americano.

Comece o quanto antes e você verá que não é difícil conquistar um sonho. Dessa forma sua viagem será só divertimento!

Par Mais – 04.10.2016

A Par Mais Empoderamento Financeiro tem um propósito claro: fazer com que as pessoas mudem sua relação com o dinheiro para alcançar a liberdade e serem mais felizes. Os especialistas da Par Mais desenvolveram um método que visa tornar qualquer pessoa capacitada a ter o controle das suas finanças. Conheça os nossos serviços. Clique aqui.

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

Últimas publicações