Sua conta
  • 28/07/2015

Controle Financeiro Pessoal: 5 dicas para montar o seu!

Início / Vida financeira / Controle Financeiro Pessoal: 5 dicas para montar o seu!

Par Mais Blog - controle financeiro pessoal

As vezes gastamos mais do que o planejado e não conseguimos poupar o que gostaríamos, nos surpreendendo no final do mês. Mas essa surpresa pode ser evitada com um bom controle financeiro pessoal.

Você sabe para onde vai o seu dinheiro?

Nossa conta corrente é um fluxo de caixa igual ao de uma empresa e, por isso, precisa de controle constante, evitando deixar o saldo abaixo do desejado ou, até mesmo, negativo. Além disto, o controle financeiro pessoal possibilita organizarmos nossos gastos, identificando nossas principais despesas e que pode ser reduzido.

Mas, como montar um controle financeiro?

O controle pode ser feito em uma planilha de Excel ou em um caderno (folha de papel, Word, Bloco de Notas… tudo é válido!) e deve ser montado considerando alguns aspectos essenciais:

.

Controle financeiro pessoal: 5 Dicas para montar o seu!

1 – Básico: Anote!

Anote sempre a data, o local, o valor e a forma de pagamento. Muitas vezes encontramos no extrato do cartão ou da conta, despesas que não lembramos a origem, ou então, muitas vezes abrimos a carteira e não encontramos o dinheiro que sacamos a pouco dias. Com este pequeno comportamento, você não será mais surpreendido por aquela pergunta: Para onde vai o meu dinheiro?

2 – Cuidado!

Se você tiver mais de uma conta corrente ou cartão de crédito, faça o controle separado. No caso da conta corrente, comece com um saldo inicial e a cada gasto, desconte o valor atualizando o saldo. Fazendo o mesmo para as rendas. Já o cartão de crédito, anote os gastos e faça sempre uma soma da quantia já gasta, pois esse valor será debitado da sua conta corrente (e você deve ter o saldo para isto!);

3 – Segmente em pequenos grupos.

Tente agrupar as suas despesas de acordo com a sua origem. Exemplo: casa, lazer, roupa, alimentação, salão, etc. Desta forma, você saberá onde está o seu maior gasto e como reduzi-lo;

4 – Não esqueça!

Em casos de despesas fixas, deixe no seu controle a previsão do pagamento, assim, você saberá o saldo disponível para as demais despesas sem deixar de cumprir com as suas obrigações. Não esqueça também das despesas eventuais, pois são despesas que muitas vezes esquecemos e que podem furar nosso caixa, como: viagens, reformas, troca de carro, festa de aniversário.

5 – Tenha uma meta.

Com base no seu histórico de gastos, determine o seu orçamento mensal e estipule uma meta de gastos. Defina um valor que possibilite uma poupança para constituir uma reserva de segurança e, com o controle, verifique se você está dentro desta meta.  O controle deve ser constante para que você possa ajustar seus futuros gastos de acordo com a sua meta;

Controlar significa monitorar uma determinada situação e agir sobre ela procurando melhorias. Portanto, transforme o controle financeiro pessoal em um hábito e desafie-se!  

.

Par Mais – 28.07.2015

A Par Mais Empoderamento Financeiro tem um propósito claro: fazer com que as pessoas mudem sua relação com o dinheiro para alcançar a liberdade e serem mais felizes. Os especialistas da Par Mais desenvolveram um método que visa tornar qualquer pessoa capacitada a ter o controle das suas finanças. Conheça os nossos serviços. Clique aqui.

Deixe seu comentário

Comentário(s): 5

       
  1. Ha 2 anos atras passei por uma grave crise financeira e pela falta de controle acabei me comprometendo com juros de cartão de credito e cheque especial. Quando percebi os juros acumulavam, e não estava mais conseguindo pagar . Parecia uma bola de neve e tudo que ganhava era para pagar os juros astronômicos e quanto mais pagava mais as dívidas aumentavam, principalmente as parcelas das faturas do cartão de credito.
    E o descontrole financeiro afetou o meu lado emocional .Foi um pesadelo horrível. Entrei em panico.
    Mas conversei com o meu pai e ele me deu o dinheiro para quitar todas as dívidas. Senti um grande alívio e comecei a me preocupar com educação financeira. Hoje já tenho controle do que gasto e ganho, através de planilhas e recuperei minha paz e equilíbrio. Acho que a Parmais tem ótimas dicas e ajudam muito quem está na situação que citei acima .
    Obrigada pelas dicas de educação financeira.

    1. Mona Lisa, boa tarde!
      Ficamos felizes por nossas dicas sobre educação financeira serem úteis para você! Muito nos honra ser nossa leitora e seu relato foi comovente, pois comprova que podemos ter uma nova relação com o dinheiro.
      Conte sempre como o nosso Time e visite sempre o nosso site.
      No menu “Materiais” temos cursos gratuitos, ferramentas e simuladores diversos!
      Felicidades e sucesso!

      https://www.parmais.com.br/materiais/

×