Estadão – Quarentena influencia volume negociado na B3

  • 25/03/2020
Página inicial - Na Mídia - Jornais / Revistas / TV - Estadão – Quarentena influencia volume negociado na B3

Mesmo sendo o pregão totalmente eletrônico, o volume financeiro negociado na Bolsa de Valores brasileira (B3) caiu 29% na terça-feira (24), primeiro dia de quarentena para evitar uma onda maior de contágios pelo coronavírus em São Paulo. No pregão, o volume foi de R$ 25,6 bilhões, ante R$ 36,1 bilhões registrados na terça-feira passada (17).

Na comparação com a média do mês, que estava em R$ 37,5 bilhões, a queda no volume financeiro é de 31,7%. Quando comparado com a média diária no ano, que era de R$ 29,3 bilhões até ontem, a baixa é de 21,8%.

O volume financeiro de hoje só é pouco superior ao registrado ontem, R$ 25,04 bilhões, quando já havia restrições de circulação no Rio de Janeiro. Vale citar que o Ibovespa subiu 9,69% para 69.729 pontos, nesta terça enquanto que no pregão anterior, o índice havia recuado 5,2% para 63.569 pontos.

A alta do valor de mercado dos ativos, de um dia para o outro, também influencia no volume financeiro dos negócios. “Hoje, a bolsa brasileira subiu mais por causa de notícias externas, com o avanço do pacote de estímulos no Congresso americano, do que por fatores internos, já que imbróglio político em Brasília continua”, diz Alexandre Amorim, gestor de investimentos da ParMais.

Confira a matéria na íntegra: https://einvestidor.estadao.com.br/mercado/quarentena-influencia-volume-negociado-na-b3/

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

Últimas publicações