Consumo colaborativo: 5 dicas para você economizar e participar dessa nova moda

  • 27/10/2015
Página inicial - Vida financeira - Consumo colaborativo: 5 dicas para você economizar e participar dessa nova moda

laptop-e-cartão-de-credito

Troquei meu carro pela OLX, vendi roupas que não usava mais no Enjoei, comprei uma viagem muito barata pelo Peixe Urbano, fiquei hospedado em uma linda casa que reservei pelo Airbnb e usei a Uber como transporte para os meus passeios na última viagem.

 

O consumo colaborativo está na moda e neste texto você verá como pode fazer mais com menos!

 

Economizar na troca do carro

Como você trocou seu último carro? Cuidado se sua resposta foi: “fui na agência, escolhi o modelo que mais gostava, entreguei o meu seminovo e comprei um zero km, pagando a diferença com uma parcela que cabia no meu bolso”.

Existem sites muito interessantes de consumo colaborativo onde você pode vender seu carro a valores bem maiores do que aquele que a concessionária irá lhe oferecer, e também comprar carros seminovos (ou até zero km), a preços baixos.

E possível fazer excelentes negócios!

Um deles que gosto muito é o “OLX”, onde é possível fazer filtros diversos, por região, modelo do carro, faixa de valores, etc.

par mais blog consumo colaborativo 1

  1. Ponto positivo: você vai economizar em torno 15% na negociação (venda + compra). Ou seja, para um carro de 60 mil, serão R$ 9.000,00 de economia! Ótimo, né?
  2. Ponto negativo: é preciso investir certo tempo na pesquisa e conhecer um bom mecânico que possa olhar o carro para você. Mas faça a conta: se você investir 20 horas nisso e economizar R$ 9.000,00, estará recebendo R$ 450,00/hora trabalhada!!

Ganhar dinheiro vendendo o que você não usa mais

Vá até seu guarda roupas e separe o que não usa mais. É grande a chance de você encher uma mala com roupas e sapatos bons e que usou apenas algumas vezes.

O que fazer com eles? Conheça o site “Enjoei”, nele você pode comprar itens usados e vender a outras pessoas tudo aquilo que não usa mais. É prático, seguro e dá pra renovar o guarda-roupas, vendendo coisas que não fazem mais sentido pra você para comprar aquela bolsa ou sapato que tanto deseja e que não fazem mais sentido na vida de outra pessoa.

par-mais-blog-consumo-colaborativo-2

  1. Ponto positivo: fácil de usar e prático para inserir informações e vender os produtos.
  2. Ponto negativo: você pode demorar um pouco para vender, pois dependerá de outras pessoas precisarem exatamente do item que está vendendo.

Ir a um restaurante bacana gastando pouco

Quem não conhece o “Peixe Urbano”? Um dos sites de compras coletivas mais famosos do Brasil!

Quis incluí-lo nesta lista, porque é possível fazer excelentes negócios. Por exemplo, comer um fondue em um restaurante que você gostaria de conhecer e economizar R$ 100,00. Se você fizer isso 1 vez por mês, significa economizar R$ 1.200,00 por ano!!! Ótimo, não?

par-mais-blog-consumo-colaborativo-3

  1. Ponto positivo: várias opções de compra e possibilidade de receber ofertas direcionadas à sua cidade por e-mail.
  2. Ponto negativo: você pode cair na tentação pelo baixo preço, comprar por impulso e deixar o cupom vencer, sem usá-lo, ou seja, “rasgar dinheiro”.

Hospedagem mais barata, economia financeira

A hospedagem a baixo custo está nas top picks da moda do consumo colaborativo, e a empresa que mais se destaca é, sem dúvidas, a “Airbnb”. Em um site muito moderno e prático, você pode alugar quartos ou imóveis inteiros a preços muito atrativos. Além disso, é possível também disponibilizar seu imóvel para locação, ou mesmo “dar um trato” e alugar aquele seu quarto da bagunça, por exemplo.

par-mais-blog-consumo-colaborativo-4

  1. Ponto positivo: ótima maneira de economizar com hospedagem e uma forma de conhecer pessoas novas de outros países.
  2. Ponto negativo: muitas pessoas ainda têm receio de usar, especialmente em colocar seu imóvel a disposição para alugar.

Transporte bom, bonito e barato

A empresa de consumo colaborativo mais polêmica na atualidade é sem dúvidas a “Uber”. Motivo: os taxistas estão perdendo espaço para esta ideia incrível, onde você pode compartilhar seu carro e fazer dele uma fonte de renda, ou usar o serviço e pagar mais barato que o táxi.

Simplificando, quem possui carro e tempo pode oferecer uma “carona paga” para outras pessoas. Basta se cadastrar no site como motorista e disponibilizar seu “serviço de transporte particular” nos horários que achar conveniente.

O sistema da Uber se encarrega em ligar as pontas daqueles que oferecem seus carros e carona para aqueles que precisam de transporte, além de fazer a cobrança do passageiro e repassar o pagamento ao motorista.

Impressionante, não!?

par-mais-blog-consumo-colaborativo-5

  1. Ponto positivo: o usuário consegue contratar carros melhores e na maioria das vezes a preços bem inferiores ao que pagaria por um táxi. Além disso, é uma fonte de renda extra para pessoas que tenham disponibilidade.
  2. Ponto negativo: ainda não tem grande atuação no Brasil, mas está ganhando espaço aos poucos. Em alguns países do mundo já possui relevância expressiva (o que irrita muitos taxistas).

Aplicativos e empresas são criadas diariamente para ligar as pontas e fazer você economizar tempo e dinheiro. Conversamos aqui sobre 5 diferentes meios para você colocar seu planejamento financeiro em prática no dia a dia, lembrando que a grande diferença no final do mês e do ano muitas vezes é a soma de pequenas economias no dia a dia.

Estar entre as pessoas que utilizam consumo colaborativo pode ainda não lhe cativar, mas são enormes as chances de você já ter usado ou de usar em breve a internet e os aplicativos para comprar, vender, alugar, doar,…

Economizar está na moda!

Seja bem-vindo ao consumo colaborativo!

Quer saber mais sobre essa nova moda? acesse: http://consumocolaborativo.cc/

 

Consumo colaborativo: 5 dicas para você economizar e participar dessa nova moda por Jailon Giacomelli – 27.10.2015

A Par Mais Planejamento Financeiro tem um propósito claro: trabalhamos para auxiliar cada um de nossos clientes a construir sua tranquilidade financeira. Atuamos na área de planejamento financeiro pessoal, family office, gestão patrimonial, consultoria financeira para empresas e consultoria de investimentos.

Par Mais Blog - Planilha de controle financeiro - anuncio

Deixe seu comentário

Comentário(s): 1

       
  1. Boa tarde Rodrigo,
    Ficamos muito felizes em saber que você está ao nosso lado na valorização do consumo consciente.
    Abraços,
    Equipe Par Mais

Últimas publicações