Sua conta
  • 08/11/2019

Black Friday – Antídotos para não cair nas armadilhas do consumo

Início / Vida financeira / Black Friday – Antídotos para não cair nas armadilhas do consumo
Black Friday

Programada para acontecer no dia 29 de novembro, a Black Friday, maior liquidação do varejo no país, provoca muitas tentações e é uma época com muitas ofertas e descontos. Porém, não é porque as lojas oferecem descontos que é preciso comprar. Confira dicas para usar o seu dinheiro com inteligência e não ser enganado.

Consumo consciente

Adote uma postura de consumo consciente, não só em épocas de promoções, mas durante todo o ano. Antes de sair às compras, faça uma lista com os produtos e presentes que deseja para verificar o valor desses itens. Ao definir o valor do que deseja comprar, fica mais fácil encaixar no orçamento.

Essa técnica pode ser usada também em outros momentos, como quando vai ao supermercado, por exemplo. Avalie os melhores dias para compras, fique de olho nas promoções e compre apenas o que está na lista e que seja necessário.

Planeje-se

Evite agir por impulso e faça orçamentos para tudo. Elabore estratégias para não deixar o cérebro cair em armadilhas. Antes de comprar, verifique e estude se você terá dinheiro. Quando estamos cientes que não temos dinheiro, fica mais fácil controlar o impulso e saber o que cabe ou não no bolso.

Uma boa sugestão para quem normalmente age por impulso na hora das compras é não ter um cartão de crédito ou deixá-lo com uma pessoa de confiança, alguém que vá te ajudar a limitar os gastos e controlar os impulsos.

Pesquise

Antes de aproveitar os descontos, tire um tempo para fazer uma pesquisa de preços. Uma boa época para fazer pesquisas é agora, porque quando chegar a black friday, você saberá se a empresa está dando um desconto real ou não. Algumas empresas aumentam os preços semanas antes e diminuem novamente ao chegar perto da data da black friday, fazendo uma simulação e vendendo “pela metade do dobro”. Por isso, anote tudo e compare. Isso vai evitar que você seja enganado.

Limite os gastos

Muitas vezes, por causa das promoções, compramos mais do que deveríamos ou do que precisamos. Por isso, antes de sair às compras, separe um valor que poderá ser usado para as compras da black friday.

Se você pretende usar parte o dinheiro do décimo terceiro para esse fim, prefira comprar à vista, porque esse dinheiro uma hora vai acabar. É um dinheiro que não vai fazer parte do fluxo de caixa sempre, por isso é preciso usá-lo com inteligência. Opte por comprar e pagar à vista para não ficar devendo e limite o valor, pois esta é uma época de muitos gastos extras, como férias dos filhos, festas de fim de ano, amigos ocultos, IPTU, material escolar, entre outros.

Compre somente o necessário

Evite agir por impulso e use o lado racional na hora de fazer compras. Por exemplo, se estiver em uma loja, antes de finalizar a compra, peça para o vendedor guardar os itens que escolheu e saia para dar uma voltinha. Essa volta vai ser importante para não permitir que o lado emocional do cérebro fale mais alto. Saindo da loja para dar uma volta você conseguirá racionalizar, fazer as contas e avaliar se é necessário realizar aquela compra ou não.

Se a compra for online, utilize o mesmo método e antes de finalizar a compra, saia da frente do computador ou deixe o smartphone de lado por um tempo. Racionalizar é a melhor estratégia para controlar os impulsos.

Tenha objetivos

Quando você tem metas e objetivos definidos, fica mais fácil economizar, guardar dinheiro e controlar os impulsos. Defina objetivos de médio e longo prazos e tenha o objetivo de viver de renda, já pensando na aposentadoria.

Sabendo quanto você precisa economizar por mês, fica até melhor pra gastar sem culpa quando sobra um dinheirinho. Ou seja, se você guardou dinheiro para os objetivos, pagou todas as contas e sobrou uma grana, você pode poupar mais para os seus objetivos ou você pode gastar, podendo se presentear com algo que queira, por exemplo.

Conclusão

É muito importante se educar financeiramente para não cair em armadilhas e acabar endividado. Por isso, antes de sair para as compras da black friday, faça as contas e verifique se os produtos desejados são realmente necessários. Planeje-se para usar o dinheiro com inteligência e não agir por impulso. Tenha metas e objetivos que irão te ajudar a economizar e antes de comprar, verifique o orçamento e faça uma pesquisa de preços para não ser enganado.

Resumo
Black Friday – Antídotos para não cair nas armadilhas do consumo
Nome do artigo
Black Friday – Antídotos para não cair nas armadilhas do consumo
Descrição
A black friday provoca muitas tentações e é uma época com muitas ofertas e descontos. Saiba como usar o seu dinheiro com inteligência para não cair em armadilhas.
Autor
Nome do editor
Par Mais

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

×