Nesta semana o jornal O Estado de São Paulo conseguiu publicar um dos maiores furos de reportagem dos últimos tempos. A publicação divulgou com EXCLUSIVIDADE a “lista do Fachin”, que contém o nome de políticos envolvidos na delação da Odebrecht.

Conseguir a lista já é um super furo jornalístico, porém, conseguir divulgar com exclusividade uma lista dessas nos tempos de hoje é um trabalho Hercúleo.

Mas por que estamos falando disso?

Porque hoje vivemos em um mundo onde manter o sigilo da informação é algo muito difícil e a robotização proporcionada pela tecnologia vem tentando tirar o brilho do relacionamento humano. Um furo desses é algo extremamente fruto do sucesso pessoal.

Porém, acreditamos que tanto no jornalismo quanto em um serviço de consultoria de investimentos, os robôs nunca vão substituir o contato humano. Mesmo que nos dias de hoje esse contato seja via WhatsApp ou Skype.

Muitas iniciativas das empresas de tecnologia financeira - as famosas Fintechs - ou dos bancos e corretoras tratam de conseguir clientes em escala com a consequente redução de contato humano. Algo que vai contra uma característica do povo brasileiro, pois somos um país com um povo receptivo e alegre.

Trabalhamos para que as pessoas sejam empoderadas e consigam melhorar sua vida, somos uma empresa feita DE pessoas PARA pessoas. E usaremos a tecnologia como uma ferramenta de apoio para alcançar nosso objetivo de fazer as pessoas investirem melhor.

Quer receber o próximo FAROL, em primeira mão, no seu CELULAR?

Nossos informativos FAROL são ALERTAS de acontecimentos em destaque sobre o mercado financeiro.
Análises dos assuntos mais relevantes do mundo das finanças e as ARMADILHAS que podem fazer com o seu dinheiro.