ParMais Solidum Icatu
Previdenciário FIM CP

Sobre o fundo

 

Indicado para investimentos com objetivos de médio prazo ou que não necessitem de exposição a maiores oscilações.

20% do que exceder o benchmark

Depois de anos trabalhando e contribuindo para a aposentadoria, é natural pensar em reduzir o ritmo de trabalho e começar a usufruir desse benefício. Por isso, é essencial que seu plano de previdência esteja adequado às suas necessidades.

Sabemos que a escolha de um fundo de previdência não é uma tarefa fácil, pois ele deve estar alinhado aos seus objetivos e você deve estar atento aos impactos no seu bolso e nos seus planos.

Estratégia

 

O fundo ParMais Solidum Icatu Previdenciário possui alocação principalmente em renda fixa, com estratégias em pós-fixados, prefixados e indexados à inflação.

O restante da alocação será em preponderantemente em Fundos Multimercados, buscando capturar ganhos com diversos mercados.

Como funcionam
os fundos de previdência
da ParMais?

 

As carteiras seguirão a estratégia de gestão ativa, possibilitando o acesso a um portfólio diversificado em ativos e gestores.

A gestão realizará todos os movimentos para ajustes na estratégia dentro da própria carteira, dispensando a necessidade de portabilidades internas, agilizando e facilitando o processo.

Saber os detalhes do seu plano e se ele entregará a rentabilidade esperada no futuro é essencial para não ter surpresas desagradáveis.

Vamos escolher os melhores produtos de previdência do mercado, além de manter a gestão continuada e realizar as movimentações necessárias para que seu recurso de longo prazo tenha uma rentabilidade maior e adequada aos seus objetivos ao longo da jornada.

O plano possui a modalidade PGBL ou VGBL

 

O Plano Gerador de Benefício Livre - PGBL - é recomendado para as pessoas que recebem como Pessoa Física e que fazem declaração de imposto de renda completa, desde que o valor aplicado seja de, no máximo, 12% da sua renda bruta anual. Isso porque o valor pago para esse plano pode ser abatido do imposto de renda, diferindo o imposto a pagar e representando uma grande vantagem!

Por oferecer essa vantagem tributária, o imposto cobrado é sobre todo o montante aplicado e não apenas sobre a rentabilidade.

 

Já o VGBL - Vida Gerador de Benefício Livre - é adequado para quem faz a declaração de imposto de renda simplificada ou que não tem renda de pessoa física. Quando resgatado, diferentemente do PGBL, sua tributação incide apenas sobre o rendimento do período e não sobre o valor total acumulado.

Optar por um plano PGBL ou um VGBL pode ser bastante interessante em determinadas situações. Além da aposentadoria, investir nesses produtos pode ser uma boa estratégia de planejamento sucessório e para fins tributários.

As tributações do plano

 

Os planos de previdência permitem a opção entre duas tabelas de cobrança de imposto de renda no resgate. A primeira opção é a progressiva, que é a mesma usada para o cálculo de IR sobre os salários, podendo ir de 7,5% a 27,5%, de acordo com o valor recebido.

A segunda opção é a tabela regressiva, na qual a alíquota diminui de acordo com o prazo médio das contribuições. Essa tabela começa em 35% e pode chegar até 10%, de acordo com o prazo, conforme demonstrado abaixo.

Prazo Alíquota de IR
Até 2 anos 35%
De 2 a 4 anos 30%
De 4 a 6 anos 25%
De 6 a 8 anos 20%
De 8 a 10 anos 15%
Acima de 10 anos 10%

ParMais Solidum Icatu Previdenciário Fundo de Investimento
Multimercado Crédito Privado

 

CNPJ - 38.028.806/0001-60

Vantagens tributárias

As carteiras dos fundos são dinâmicas, adequando-se ao cenário econômico e buscando aproveitar boas oportunidades de investimento. Mas diferentemente do que acontece numa carteira administrada, quando a movimentação ocorre dentro dos fundos não há incidência de tributação.

Esse benefício proporciona mais liberdade para a tomada de decisão do gestor no dia a dia, o que aumenta a performance dos fundos.

Metodologia e gestão

ACOMPANHAMENTO DIÁRIO DO CENÁRIO MACROECONÔMICO

Nacional e internacional com análise e tomada de decisão isentas de vieses e conflito de interesse.

ANÁLISE QUALITATIVA

Da atuação dos gestores responsáveis pelos fundos escolhidos, com conversas periódicas para discussão e entendimento da tese de investimentos e da metodologia de gestão utilizada.

ANÁLISE QUANTITATIVA

Leva em consideração a rentabilidade, os riscos envolvidos (volatilidade, crédito e liquidez) e a correlação entre os ativos. Visa equilibrar a carteira e manter uma diversificação inteligente com a melhor relação risco x retorno.

Comitê de Investimentos

Momento em que a equipe de gestão se reúne para discussão e validação de cenários e classificação dos fundos:

*RECOMENDADOS

Permitido utilizar na carteira do fundo;

*APROVADOS

Permitido manter na carteira, mas proibido efetuar novos aportes;

*VETADOS

Proibido manter nas carteiras, caso haja posição é necessário resgatar.

Com esse processo, a ParMais trabalha para obter retornos consistentes acima do benchmark e entregar à carteira do fundo a rentabilidade real (acima da inflação) adequada aos objetivos de seus clientes.

Quer investir nos fundos de previdência ParMais?
Entre em contato conosco