Uol Economia – Gosta de gastar? Veja 6 desculpas para comprar mais e como evitá-las

  • 08/01/2020
Página inicial - Na Mídia - Jornais / Revistas / TV - Uol Economia – Gosta de gastar? Veja 6 desculpas para comprar mais e como evitá-las

Para quem gosta de gastar vale qualquer desculpa. Os argumentos vão desde “eu mereço” até o famoso “está em promoção e não posso perder”. Mas o gasto a mais, sem planejamento, pode comprometer o orçamento e causar endividamento.

O UOL conversou com o planejador financeiro da Par Mais Jailon Giacomelli e com planejador financeiro CFP da Planejar Caio Torralvo para mostrar as desculpas mais usadas para comprar. Confira:

“Eu mereço”

Giacomelli afirma que é comum o consumidor descontar alguma frustração nas compras. “A pessoa pensa que passou por tanta coisa que merece gastar mais. O problema é que a compra se torna muito emocional.”

Para ele, é preciso analisar se já fez uso dessa desculpa outras vezes e se está repetindo um ciclo de compras por impulso.

“Está em promoção”

Você nem estava pensando em comprar nada, mas quando lê “promoção”, acaba entrando na loja e saindo de lá com umas sacolas, com a desculpa de que os produtos estavam com desconto. “A promoção impõe uma urgência. Você pensa que, se não aproveitar agora, vai ser mais caro lá na frente”, diz Torralvo.

O especialista afirma que se deve analisar se precisa mesmo comprar ou se só está comprando por causa da redução no preço. “Financeiramente é bom comprar mais barato, mas qual é o real benefício daquela compra? É preciso tentar brecar essa urgência.”

“A parcela é pequena”

“Você parcela em quantas vezes?” A resposta dessa pergunta pode trazer uma ilusão de que o valor pago pelo produto é pequeno.

“O grande problema do parcelamento é que a gente vai tomar a decisão de compra pensando se a parcela cabe no bolso, e não pensando na compra como um todo. Não é porque a parcela é pequena que eu tenho que comprar”, afirma Giacomelli.

“É a última compra”

Você vai a uma loja, diz para si mesmo que é a última compra que você faz. Mas quando chega em casa fica pensando naquele produto que não levou. Se não parar para analisar o orçamento, você pode acabar voltando lá para comprar.

“Precisa achar um equilíbrio. Não é que não pode gastar, mas tem que desfrutar com consciência”, diz Torralvo.

“Estou precisando muito”

Você pode mesmo estar precisando de alguma coisa, mas segundo Giacomelli, é necessário ser racional e olhar para a conta bancária. “Preciso mesmo disso? Isso vai me fazer feliz? Eu posso comprar? Cabe mesmo no meu bolso?”

“Nunca tive”

O sonho de consumo pode acabar virando um pesado para quem deixa de fazer um planejamento e sai comprando o que quer. “Se comprar agora, sem planejamento, posso ter um problema financeiro. Se não comprar agora, posso ficar frustrado. Se for esse o dilema, por que não se planejar para ter isso no menor tempo possível?”, questiona Torralvo.

Confira a matéria na íntegra: https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2020/01/08/compras-desculpas-como-evitar-armadilhas.htm

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

Últimas publicações