Trocar de carro? O dilema

  • 06/02/2013
Página inicial - uso consciente - Trocar de carro? O dilema

trocar de carro

Trocar de carro? O dilema

.

É muito comum entre as famílias, especialmente as brasileiras, aumentar seu padrão de vida na mesma medida em que incrementam suas entradas de recursos. Se você já tem patrimônio suficiente para viver de renda, não há nenhum problema com isso, mas se você ainda tem que forma-lo para poder ter uma vida futura mais confortável, convém refletir e se planejar antes de sair gastando tudo o que ganha, porque se não o fizer vai ficar pedalando a vida inteira sem sair do lugar.

Na minha profissão, dilemas entre consumir e viver o momento ao invés de se abster de prazeres presentes pensando no futuro, aparecem cotidianamente para avaliarmos e tenho que confessar que me divirto fazendo contas para nossos clientes.

A Maria de Tal já havia feito seu planejamento financeiro familiar conosco, sabia onde queria chegar, como fazer isso acontecer e precisava trocar de carro. Se apaixonou perdidamente por uma Land Rover Discovery 4, simplesmente maravilhosa! Pensou também na Vera Cruz, que era perfeita para suprir suas necessidades de espaço conforto e segurança, mas a Discovery era um sonho de consumo! Mulher inteligente, nos procurou antes de tomar a decisão, para que fizéssemos umas contas e comparássemos o impacto no seu plano financeiro se ela comprasse a Land Rover ou se optasse pela Vera Cruz. Assim o fizemos, montamos as tabelas com os cálculos e o gráfico abaixo com as seguintes considerações:

Cotamos o preço do carro O km da Land Rover (R$ 296.870,00), da Vera Cruz (R$ 134.250,00),  e vimos que a diferença entre eles ficou em R$ 162.620,00.

Maria troca de carro a cada 3 anos, por isso consideramos que ela poderia aplicar o valor da diferença num investimento que renda 10% ao ano. Só o rendimento desses recursos já daria quase R$ 54.000,00.

Além disso, calculamos as despesas com manutenção, seguros e impostos de cada um dos veículos e como estes custos são proporcionais ao seu preço, mais uma vez, adquirindo o carro de menor valor, a economia seria de mais de R$ 28.500,00.

No final de 3 anos porém, a Vera Cruz valeria aproximadamente R$ 88.200,00 e a Discovery 4 ainda valeria R$ 194.500,00.

Considerando tudo isso, o resultado é que a economia gerada pelos três anos se comprasse a Vera Cruz seria de mais de R$ 138.000,00!!

Enfim, como Maria ainda planejava trabalhar mais 20 anos para conquistar sua independência financeira, calculamos quanto ela ganharia com a aplicação desses  R$ 138.000,00 da diferença, aplicados por mais tempo, no mesmo investimento cujo rendimento seria de 10% ao ano. Se ela esperasse 10 anos o montante seria de  quase  R$ 360.000,00, com 20 anos R$ 932.000,00 e por 30 anos incríveis R$ 2.400.000,00!!!

Adivinhem qual foi a decisão de Maria? Ela optou pelo conforto e escolheu a Vera Cruz. Este carro daria à ela conforto no presente, pois é um veículo adequado às suas necessidades e padrão de vida, e daria muito mais conforto no futuro, pois a consequência da economia gerada pela escolha, seria de fundamental importância no seu planejamento tanto financeiro quanto o de vida! E o sonho da Land Rover? Bem, ela trocou pelo sonho de fazer sua independência financeira  chegar antes e melhor.

 Revista Clube do Champanhe

Trocar de carro? O dilema | Par Mais – Blog por Annalisa Blando Dal Zotto – 06.02.2013

A Par Mais Planejamento Financeiro tem um propósito claro: trabalhamos para auxiliar cada um de nossos clientes a construir sua tranquilidade financeira. Atuamos na área de planejamento financeiro pessoal, family office, gestão patrimonial, consultoria financeira para empresas e consultoria de investimentos.

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

Últimas publicações