Relação: risco X retorno de investimento no curto prazo

  • 27/05/2011
Página inicial - capital - Relação: risco X retorno de investimento no curto prazo

risco x retorno

Um questão importante quando se fala em finanças é sobre a relação risco x retorno.  A regra é sempre a mesma, quanto maior o retorno, maior o risco e consequentemente quanto menor o retorno, menor o risco, ou seja a relação é direta.  A regra é simples, mas a questão fica complexa quando nos deparamos com os vários tipos de risco. De um modo geral, quando a relação entre  risco e retorno se refere ao curto prazo, os investimentos que oferecem menos riscos são os produtos de renda fixa, seguidos de imóveis, renda variável e o mais arriscado de todos, o negócio próprio.  Como a relação é direta, em tese os investimentos que devem ser mais rentáveis são os negócios próprios, seguidos de renda variável, imóveis e por último renda fixa.

Quando investimos em renda fixa de um modo geral, as chances de recebermos nosso dinheiro de volta, acrescidos do prêmio por ter emprestado, que são os juros, são bem grandes.

Imóveis também não variam de preço de um dia para o outro e ali sabemos que nosso investimento, num horizonte de meses dificilmente vai se depreciar.

Investir em renda variável, neste caso vamos falar de ações, já é bem complicado saber se vamos perder ou ganhar dinheiro em poucos dias.  Pode acontecer algum evento no outro lado do mundo e o preço das ações podem despencar de um dia para outro.

Enfim, o negócio próprio: tem gente que investe todo seu capital num único negócio porque acredita que terá um excelente resultado. Pode ser que sim, mas também pode ser que  o negócio não dê certo e o sujeito fique a ver navios. Porém, se der certo, ele poderá ficar muito, muito rico. Porque o negócio próprio é mais arriscado do que comprar ações de uma empresa na bolsa de valores? Porque  as empresas que tem ações cotadas na bolsa são companhias que já passaram por toda aquela fase de pesquisa e de um modo geral já estão funcionando e dando lucro, já uma empresa no início de sua atividade tem muito chão a percorrer para saber se dará certo ou não.

Portanto, se quisermos investir aquela parte do nosso dinheiro que usaremos nos próximos 24/36 meses para a compra de um imóvel,  para a viagem tão sonhada ou que seja nossa reserva de segurança, devemos focar na relação entre risco x retorno no curto prazo, mas lembrem-se que estamos falando somente de curto prazo!

.

Relação: risco x retorno de investimento no curto prazo por Annalisa Blando Dal Zotto – 27.05.2011

A Par Mais Planejamento Financeiro tem um propósito claro: trabalhamos para auxiliar cada um de nossos clientes a construir sua tranquilidade financeira. Atuamos na área de planejamento financeiro pessoal, family office, gestão patrimonial, consultoria financeira para empresas e consultoria de investimentos.

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

Últimas publicações