Sua conta
  • 16/12/2019

R7 – Nove em cada dez brasileiros devem usar 13º para pagar dívidas

Início / Na Mídia / Jornais / Revistas / TV / R7 – Nove em cada dez brasileiros devem usar 13º para pagar dívidas

Segundo uma pesquisa feito pela Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade), 87% dos brasileiros responderam que irão utilizar o 13º para honrar compromissos financeiros. Há dez anos, este percentual girava em torno de 64%.

De acordo com o levantamento, apenas 5% dos entrevistados afirmaram que vão usar o valor adicional de fim de ano para comprar presentes. Além disso, 2% responderam que pretendem guardar a quantia para as despesas tradicionais de início de ano, como IPVA e IPTU, principalmente e outros 2% vão poupar o dinheiro. Há ainda aqueles que pretendem investir em reforma ou compra da casa própria (1%) e os que já receberam o 13º como adiantamento ao longo do ano (3%).

Para o presidente do Instituto de Protesto-MG, Leandro Santos Patrício, o dinheiro extra é a oportunidade de começar 2020 sem estar no vermelho. “É um momento oportuno para saldar as dívidas antes do final do ano e poder aproveitar as promoções de natal e ano novo”, diz.

Os problemas para os devedores são muitos. Leandro esclarece que, quem possui alguma dívida e está com o nome sujo, além de ter ressalvas em seu nome para créditos, também não pode retirar talão de cheque, solicitar cartão de crédito, além de ficar restrito para fazer financiamentos, entre outras sanções.

Bola de neve

Segundo a planejadora financeira Annalisa Dal Zotto, é importante não adotar linhas de crédito que possam fazer com que a pessoa entre numa bola de neve, como o cheque especial. “Porque o que é mais caro é o cheque especial, é o atraso da fatura do cartão, ou o parcelamento do cartão de crédito. Então vamos supor que a pessoa tenha um carro quitado, ela pode dar um carro em garantia”, conta.

“As linhas de credito vão aumentando os juros conforme aumenta o risco da empresa de não receber, essa é a teoria. Então, quando a gente dá um bem em garantia a gente financia a dívida. A taxa de juros despenca, ela é muito menor. Porque o risco de o banco não receber diminui. Porque ele tem um imóvel, ou um carro, enfim, para tomar caso o devedor não pague”, explica.

Confira a matéria na íntegra: https://noticias.r7.com/economia/nove-em-cada-dez-brasileiros-devem-usar-13-para-pagar-dividas-15122019

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

×