Sua conta
  • 12/07/2011

Onde investir meu rico dinheirinho? 3° Parte

Início / Vida financeira / Onde investir meu rico dinheirinho? 3° Parte

orientação de investimento

Orientação de investimento

 

Comprar carro financiado para uso pessoal e não comercial (ex: usar o carro para transportar mercadorias, táxis, etc) não é um bom negócio! Proporciona conforto,  mas é uma forma de mandar dinheiro para o ralo!!

Vamos imaginar que um jovem e bem sucedido jogador de vôlei apaixonado por carros, quer comprar o mesmo Audi A4 3.2 citado na 1° parte desta série de artigos,  que custa na concessionária R$ 249.000,00 mas não tem o dinheiro disponível. Então ele estuda um financiamento para pagar o carro em 60 vezes, considerando uma taxa de juros de 1% ao mês. Isso daria parcelas mensais de R$ 5.539,00.

Dois anos depois ele ainda estaria devendo R$ 199.000,00 !!! E o pior é que o valor do patrimônio, ou seja o carro não cobre a dívida, porque deverá ter um preço de mercado de aproximadamente R$ 170.000,00!! Este cenário só piora considerando que o carro se desvaloriza com o passar do tempo. Ele levaria 5 anos para quitar a dívida e quando isso acontecesse o carro já estaria bem velhinho e não seria um bom investimento…

No entanto, se ele decidir comprar um apartamento financiado e considerando a valorização média dos últimos 10 anos, ao final do 2° ano o patrimônio poderia ser 20% superior! Ao contrário do  carro  e contando com a forte demanda por imóveis que está acontecendo no nosso país, o patrimônio dele tenderia a subir e ao final dos 5 anos ele teria um bom patrimônio ao invés de um carro já dando problemas.

Não pretendo convencer ninguém a não comprar seus carrões dos sonhos, minha intenção é meramente ponderar as conseqüências do uso que fazemos do nosso rico dinheirinho!

 

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

×