Sua conta
  • 16/04/2015

Fuga da poupança

Início / Investimentos / Fuga da poupança

poupança

 

Fuga da poupança

Já faz um bom tempo que a poupança é a preferência nacional quando o assunto é investimento. As características alegadas que acabam atraindo os brasileiros são sua facilidade e segurança. O último levantamento do Banco Central nos mostra que o cenário já não é mais o mesmo.

A pesquisa realizada em março desse ano apresenta um recorde de resgates da poupança de aproximadamente 11,4 bilhões. O que significa: há mais saídas que entradas. Essa pode então ser considerada a maior retirada da série histórica desde 1995.


Mas, afinal, por que isso está acontecendo?

Pode-se observar dois pontos cruciais para essa mudança tão repentina:

  • A inflação: No atual cenário de taxas de juros, a caderneta rende aproximadamente 6,2% ao ano, o que, numa análise mais aprofundada, se pode constatar – com a inflação atual perto de 8,13% ao ano -, que esse investimento não “vence” de forma apropriada o aumento de preços na economia. Isso gera uma rentabilidade negativa e faz com que haja perda da competitividade da poupança em relação a outros investimentos. Pois esses acompanham melhor a alta da taxa de juros atualmente praticadas na economia.
  • O endividamento: Números da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo informam que o endividamento das famílias subiu para 59,6% em março desse ano. Com a economia em retração e a inflação em alta, os gastos das famílias tendem a causar um impacto maior nos orçamentos domésticos. Essa situação exige a retirada de recursos investidos e sua canalização para o pagamento de despesas do dia a dia, causando perda de reservas e problemas nas finanças.

 

Nesse contexto, fica cada vez mais evidente que um conhecimento maior das diferentes alternativas de investimento, somado a um planejamento financeiro adequado, é fundamental para que as conjunturas econômicas não interfiram de forma tão grave no dia a dia dos brasileiros.

 

.

Fuga da poupança por Samuel Rech – 16.04.2015

A Par Mais Planejamento Financeiro tem um propósito claro: trabalhamos para auxiliar cada um de nossos clientes a construir sua tranquilidade financeira. Atuamos na área de planejamento financeiro pessoal, family office, gestão patrimonial, consultoria financeira para empresas e consultoria de investimentos.

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

×