• 06/12/2018

Dinheirama – 13º salário: Confira 6 dicas para usar de forma sábia o dinheiro extra!

Esta época do ano é uma das preferidas dos comerciantes e também de quem ganha o 13º salário. Fica fácil, inclusive, perceber a alegria estampada nos rostos das pessoas por conta disso, já que a maior parte delas se permite nesta época realizar algumas coisas que, durante o ano, com as contas e receitas no limite, fica difícil.

Como educadores financeiros, é importante que a gente oriente sobre a importância do uso correto de um dinheiro extra, como o 13º, para quem anda com as finanças na corda bamba. Não há regras que se encaixem em todos os casos, é claro, mas se você quer começar bem 2019 do ponto de vista financeiro, pode aproveitar esse dinheiro a mais para colocar esta área da vida em ordem. Que tal?

Para ajudar, também pedimos dicas para o CEO do app Renda Fixa, Francis Wagner, e para a sócia da Par Mais, Annalisa Dal Zotto. Saiba que quatro das dicas foram muito similares! As outras duas também merecem ser bem consideradas quando você estiver lendo este artigo e decidindo o que fazer, combinado? O importante é gastar este dinheiro – ou não – com muita consciência financeira. Vamos lá!

1- Se tiver dívidas, quite-as

É sempre importante evitar fazer dívidas, mas se isso não for possível, os especialistas explicam que pode ser importante aproveitar o décimo terceiro ou parte dele para quitar as dívidas existentes. Também é preciso atenção especial com dívidas mais caras, como cheque especial e cartão de crédito. “Com certeza estas dívidas te puxam para trás e te impedem de conquistar os seus sonhos financeiros”, explica Annalisa.

2- Crie um fundo para emergências

Quem não tem reserva financeira, deveria separar ao menos parte do décimo terceiro para eventualidades que não têm data nem local para acontecer. “Muitas pessoas são pegas de surpresa em diversos momentos de suas vidas, por isso é sempre importante formar uma carteira de ativos com boa liquidez a fim de se preparar para esses inconvenientes que cedo ou tarde podem aparecer”, explica Francis. A Annalisa complementa dizendo que o ideal é que esta reserva banque de 3 a 6 meses das despesas para que, no caso de alguma eventualidade, não seja preciso você se endividar para cobrir alguma coisa.

3- Guarde dinheiro para despesas de início de ano

O começo de ano pode ser bem complicado para muitas pessoas. Quem possui veículo, por exemplo, tem de pagar despesas como IPVA e seguro auto, já outras pessoas possuem imóveis e precisam renovar o seguro residencial, pagar IPTU, etc. “Quem tem filhos precisa se preparar para o ano letivo e reservar parte do dinheiro para rematrícula, material escolar, uniformes, entre outras despesas relacionadas, por isso é importante reservar pelo menos uma parte do décimo terceiro para esses gastos extras de início de ano”, sugere Francis, do app Renda Fixa. “A gente sempre tem algumas contas no início do ano, como o IPTU, que normalmente dá pra pagar com desconto se é pago à vista logo no início”, lembra Annalisa, da Par Mais.

4- Invista nos seus sonhos ou se presenteie

Todo mundo tem sonhos, seja comprar um carro, uma casa, fazer aquela viagem com os amigos ou sair de férias com a família, por isso é muito importante se planejar para realizar esses sonhos. Aqui no Dinheirama a gente sempre diz que sonhar é essencial para poupar. Quem não tem metas dificilmente vai guardar dinheiro à toa. Portanto, separe seus sonhos em curto, médio e longo prazo e aproveite as dicas para dar um primeiro passo rumo à realização deles.

“Se você já fez a tarefa de casa, não tem dívidas, tem uma reserva de emergência e tem tudo organizado para o início de 2019, é a hora de você se dar de presente o que você está querendo comprar, podendo ser uma viagem, um eletrônico, um passeio, um tempo para passar com a família em algum lugar… Enfim, algo que você queira muito fazer e está esperando o melhor momento”, lembra Annalisa.

5- Pague as compras de fim de ano à vista

A dica extra dada por Francis Wagner é você pagar eventuais despesas de fim de ano à vista e aproveitar a generosidade natalina para negociar bons descontos. Aqui no Dinheirama nós sempre recomendamos cuidado com as compras parceladas. Muita gente não tem controle sobre os gastos e acaba diminuindo enormemente as receitas futuras por conta de gastos passados nem sempre necessários ou importantes. Se você está com dinheiro extra nesta fase, realmente o ideal é negociar e não se comprometer financeiramente pagando em parcelas.

6- Faça o Natal de alguém mais feliz

Finalmente, a última dica, dada por Annalisa Dal Zotto, da Par Mais, é tornar o Natal de alguém mais feliz através de uma doação. Certamente este ato vai permitir que você comece o ano com mais prosperidade e boas energias. Muitas vezes um pequeno auxílio é uma grande ajuda para muitas pessoas, portanto, vale a pena separar uma parte de 13º para ajudar também!

 

Confira a matéria na íntegra: https://dinheirama.com/blog/2018/12/05/13-salario-confira-6-dicas-para-usar-de-forma-sabia-o-dinheiro-extra/

CATEGORIAS BLOG

CATEGORIAS BLOG

Deixe seu comentário