Consultoria de investimentos especializada

  • 19/05/2016

consultoria de investimentos

No Brasil, a utilização de consultoria de investimentos financeiros ainda é incipiente se comparado ao resto do mundo. Em países como Estados Unidos e Inglaterra, um percentual significativo da população utiliza desses serviços para a administração ou acompanhamento dos seus investimentos financeiros. As vantagens da contratação de uma empresa especializada não só compensam os custos do serviço como também proporcionam maior segurança aos investidores.

O que faz uma empresa de consultoria de investimentos?

A consultoria de investimentos financeiros consiste em indicar os melhores investimentos para seus clientes através de avaliação do perfil, objetivos e necessidades do investidor. Através de pessoal especializado, esse tipo de empresa tem acesso a uma gama maior de produtos, além de estar sempre atenta as tendências da economia procurando boas oportunidades que um investidor sozinho não teria condições de acompanhar.

Há ainda no Brasil, um senso comum de investir através de grandes bancos, como Caixa Econômica, Banco do Brasil, Bradesco e Itaú. Uma parcela muito pequena está fora desse círculo, e é essa parcela que normalmente consegue os melhores investimentos.

Bancos normalmente ficam restritos as opções de investimentos do próprio banco, sejam CDBs, fundos de investimento, LCI/LCA ou o que mais o banco tiver a oferecer, enquanto que através de outras instituições independentes, o investidor fica aberto a qualquer tipo de investimento, de qualquer instituição financeira. Isso permite ao investidor escolher a melhor opção dentro de uma relação de produtos substancialmente maior, além de ter a certeza que a indicação é realizada de forma isenta, sem conflito de interesses.

Quanto ganharia a mais investindo com a ajuda de uma consultoria de investimentos?

A partir dos dados da Anbima sobre a composição dos investimentos dos brasileiros nos últimos anos, podemos ter uma ideia do quanto se está perdendo com aplicações ruins.  De acordo com o Relatório de 2016, o saldo de aplicações financeiras no Brasil foi de R$ 2,043 trilhões, com um total de 71,7 milhões de clientes. A forma como esses investimentos foram alocados varia bastante segundo o tipo de investidor: investidores de alta renda, que costumam usar os privates dos bancos, segmento para clientes com grandes aplicações, tem a maior parcela dos seus investimentos em Fundos de Investimento, seguido de perto por títulos de renda fixa, como Letras Financeiras, CRI’s, Debêntures ou CDB’s e em último lugar, a poupança. Já para o varejo, que corresponde a maior parte dos recursos aplicados (68,1%) há uma inversão das aplicações, sendo a poupança o principal investimento utilizado, e muito abaixo, títulos de renda fixa.

consultoria de investimentosFonte: Anbima

 

consultoria de investimentos

Essa disparidade na composição dos ativos por segmento de investidor pode ser entendido por uma característica investimentos em grandes bancos. Fundos de investimento e títulos de renda fixa (CDB, Debenture, LCI/LCA, Títulos Públicos) dessas instituições normalmente contam com uma aplicação mínima alta, restringindo o acesso ao pequeno investidor, ou nem são disponibilizados aos clientes de varejo, por isso nos segmentos de renda mais alta, esse é disparado o principal investimento. Mas não obrigatoriamente é necessário recursos vultuosos para aplicar nesses investimentos utilizando outras vias, como corretoras e gestoras independentes, mas pela falta de informação o investidor brasileiro ainda investe em produtos inferiores, como a poupança. Uma aplicação em título público via tesouro direto (sitio de venda de títulos públicos do governo federal) é possível fazer aplicações a partir de R$30,00, o que superaria e muito os retornos da poupança e de uma boa parte dos fundos de grandes instituições.

Colocando toda essa aplicação em números, temos que dos R$ 2,043 trilhões, R$ 605,06 bilhões estão aplicados na poupança, que apesar de ter crescido menos do que em anos anteriores, ainda corresponde a maior parte das aplicações dos brasileiros.

Ao longo de 2016, esses recursos rentabilizaram R$ 17,28 bilhões de reais até 12 de maio de 2016 (calculados com capitalização diária) ou 2,86%. O que à primeira vista parece ter sido um bom negócio, se descontado a inflação, mostra que na verdade, esse investidor perdeu poder de compra durante o período: somente para manter o mesmo poder de compra que tinha no início do ano, precisaria ter rentabilizado 3,48% ou R$ 21,04 bilhões. Caso em vez de aplicar na poupança, tivesse sido aplicado em Tesouro Selic +, o investimento mais conservador de título público, o retorno no período seria de R$29,14 bilhões (bruto), bastante acima da poupança e da inflação do período. Se fosse possível avaliar todos os investimentos mais a fundo, a conta seria ainda maior, mas mostra quantos bilhões de reais são perdidos todos os meses por simples falta de informação.

Como posso melhorar meus investimentos?

Existem diversas corretoras e gestoras que disponibilizam bons produtos financeiros mesmo ao investidor com poucos recursos financeiros. Hoje, com o auxílio da internet, é possível adquirir um bom conhecimento sobre o assunto. Mas um ponto é importante, bancos e corretoras de valores são vendedores de produtos remunerados por taxas que recebem das transações realizadas ou dos investimentos escolhidos. É imprescindível o auxílio de um profissional isento e devidamente certificado – um consultor, gestor ou planejador financeiro – para fazer uma avaliação mais profunda das características do investidor e montar uma carteira de investimentos adequada ao seu perfil e necessidades.

Conheça a nossa missão, propósito e princípios!

Par Mais – 19.05.2016

A Par Mais Empoderamento Financeiro tem um propósito claro: fazer com que as pessoas mudem sua relação com o dinheiro para alcançar a liberdade e serem mais felizes. Os especialistas da Par Mais desenvolveram um método que visa tornar qualquer pessoa capacitada a ter o controle das suas finanças. Conheça os nossos serviços. Clique aqui.

Resumo
A diferença de ter uma consultoria de investimentos especializada
Nome do artigo
A diferença de ter uma consultoria de investimentos especializada
Descrição
Empodere-se financeiramente com os nossos especialistas que descrevem as vantagens de se contar com uma boa consultoria de investimentos.
Autor
Nome do editor
Par Mais

Deixe um comentário