Como declarar Fundos Imobiliários no IR?

  • 25/03/2022
Página inicial - Investimentos - Como declarar Fundos Imobiliários no IR?

Assim como os demais investimentos, os fundos imobiliários também possuem particularidades para serem declarados no Imposto de Renda e conhecê-las pode facilitar a sua vida e evitar problemas futuros. 

Confira neste artigo o passo a passo de como declarar fundos imobiliários no IR e os pontos de atenção para não errar no processo.  

Particularidades dos fundos imobiliários no IR

Vamos começar com as particularidades desse tipo de investimento. O primeiro ponto de atenção é que os dividendos recebidos dos fundos imobiliários são isentos de IR, mas ainda assim, devem ser declarados. 

Diferente das ações, que possuem isenção em vendas no valor de até de R$20 mil no mês, os fundos imobiliários não têm essa isenção, ou seja, se você vendeu alguma cota, precisará pagar imposto. Só há o pagamento na venda de cotas com lucro e a alíquota é de 20% sobre o lucro da operação. 

Esse pagamento deve ser feito por meio de DARF – Documento de Arrecadação de Receitas Federais – no último dia útil do mês seguinte ao do ganho obtido. Por exemplo, se você obteve ganhos com a venda de cotas de um fundo imobiliário em abril, você terá até o último dia útil de maio para recolher o IR. 

Porém, se nos meses anteriores você teve prejuízo com a venda de alguma cota de FII, é possível compensar as perdas com esse ganho obtido. Essa compensação deverá ser declarada anualmente e só poderá ser realizada com outros fundos imobiliários (veja mais detalhes abaixo).   

Como declarar fundos imobiliários no IR?

O primeiro passo é acessar o site da Receita Federal, escolher a forma de preenchimento da declaração e ter em mãos todos os informes de rendimentos – disponibilizado pelas instituições financeiras – pois é nesse documento que vão constar as informações necessárias para o preenchimento da declaração. 

São três lançamentos que devem ser feitos para os fundos imobiliários: 

  1. bens e direitos;
  2. aluguéis/rendimentos mensais;
  3. ganho/prejuízo na venda de cota.

Na seção bens e direitos o investidor deve criar “novo”, selecionar o Grupo “07 – Fundos” e o código “03 – Fundos de Investimento Imobiliário (FII), colocando os dados do fundo e a quantidade em carteira no campo “discriminação”, conforme figura.

Também é possível selecionar o campo dos rendimentos associados, informando se o rendimento é isento ou exclusivo. Veja a figura a seguir:

O segundo lançamento é referente aos “aluguéis” recebidos mensalmente, que são isentos de IR. O investidor deve ir em “Rendimentos isentos e não tributáveis”, selecionar “novo” e lançar no item “26. Outros”. Depois, basta digitar o CNPJ do Fundo de Investimento Imobiliário, o nome e o valor recebido ao longo do ano.

O terceiro lançamento é o de ganho ou prejuízo na venda das cotas do FII, que é feito em aba própria, no item “Renda Variável → Operações em FII ou Fiagro”. Como citamos, é possível compensar prejuízos com ganhos dos meses posteriores, conforme exemplificado na figura a seguir:

Conclusão

Fundos imobiliários podem ser uma boa oportunidade para o investidor que conhece esse segmento, no entanto é preciso ficar atento com a sua tributação e em como declarar fundos imobiliários no IR para não ter dor de cabeça e evitar problemas futuros por falta de atenção ou conhecimento. 

Caso tenha interesse em saber sobre as mudanças na declaração do imposto de renda 2022, acesse este artigo.

Para saber como declarar outros tipos de investimentos, acesse nosso Guia

Deixe seu comentário

Comentário(s): 36

       
  1. Boa tarde, eu comprei duas cotas de dois fundo dia 11/04/22, preciso declarar mesmo sem ter ganhado nenhum dividendo ?

    1. Olá,Arthur.

      Primeiramente verifique se faz necessário apresentar a declaração de imposto de renda, conforme as obrigatoriedades da Receita Federal. Caso você se enquadre nas obrigatoriedades, irá depender do valor que possui investido. Na instrução normativa RFB n. 2.065, de 24 de fevereiro de 2022, encontrarás as informações referente ao ano-calendário de 2021. Lembrando que, como a aquisição ocorreu em 2022, caso precise apresentar a declaração, será referente ao exercício de 2023.

  2. Olá! Minha dúvida é: comprei cotas de FIIs em 2020, mas não comprei novas cotas em 2021. Como devo declarar? Posso repetir o valor na situação em 31/12/2020 e 31/12/2021 ou devo acrescentar os proventos obtidos ao longo do ano no valor médio das cotas?

    1. Olá, Carolina.

      Você deve declarar novamente o valor das cotas dos FIIs e também o rendimento destes, caso tenham sido recebidos.
      Sugerimos que a declaração seja realizada levando em consideração o Informe de rendimentos disponibilizado
      por sua corretora e também o histórico de negociações.

      Abraços.

  3. Boa noite.
    Tenho uma dúvida em relação às declarações.
    Supondo que em 2019 eu tenha comprado 10 cotas e as declarado. No ano de 2020, não comprei nenhuma cota, porém eu ainda tenho as cotas que comprei no ano anterior. Eu devo declarar essas cotas todos os anos seguintes? Ou as cotas só necessitam ser declaradas uma vez, após a compra, e mais uma vez após a venda?
    E em caso de eu ter comprado 10 contas em 2019, declarado, e depois em 2020 comprado mais 10 cotas, como faço para as declarar? Devo juntar as cotas de 2019 e 2020?

    1. Bruno, boa tarde!
      Como você lançou em 2019 e ainda não ocorreu a alienação, deverá constar na sua declaração de 2020, assim como os dividendos distribuídos pelo fundo. No caso de aquisição de novas cotas do mesmo fundo, você deverá declarar pelo preço médio de aquisição. Desta forma, torna-se importante guardar as notas de negociação enviadas pela corretora.
      Até mais!

  4. Boa tarde.
    Tenho umas dúvidas quanto declaração do imposto de renda dos fundos imobiliários.
    A primeira delas é este: o administrador do fundo é a fonte pagadora dos dividendos?
    A outra é a seguinte: comprei fundos imobiliários em 2020 e vendi esses fundos imobiliários em 2020 ,não obtive lucro nas vendas desses fundos, como faço para declarar.

    1. Patricia, boa tarde!
      O administrador dos fundos de investimentos é o responsável autorizado pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários) pelo funcionamento e manutenção do fundo. Para declarar o fundo imobiliário os valores deverão constar na ficha de Bens e Direitos, código 73. No caso de ganhos ou perdas, deverão ser lançados na aba “Renda Variável” e caso se tenha recebido dividendos, deverão constar na ficha Rendimentos Isentos e Não Tributáveis (código 26). Caso necessite de mais detalhes, sugerimos consultar seu contador.
      Até mais!

  5. Boa tarde! Em 2019 comprei cotas de 8 FIIs, no ano seguinte comprei cotas de apenas 3 dos mesmos FIIs. Como eu informo isso na Discriminação de Bens e Direitos? E qual o valor eu coloco na Situação daqueles FIIs que não comprei em 2020?

    1. Rogério, boa tarde!
      Discrimine cada fundo e declare pelo preço de aquisição. Como parte deles você comprou mais em ano posterior, declare pelo preço médio de aquisição. Os demais mantêm os mesmos valores.
      Até mais!

    1. Gabriel, boa tarde!
      Segundo as regras de obrigatoriedade do envio da Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física 2021, quem “obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;” deve fazer a declaração. Veja mais detalhes no site da Receita Federal, neste link.
      Até mais!

  6. Tinha 100 cotas de um fii, no ano seguinte comprei mais 50 cotas do mesmo fii, como declarar isso na declaração de bens e direitos? Declararo no mesmo ítem? E qual valor coloco?

    1. Fernando, bom dia.

      No mesmo item, você vai informar no campo “Discriminação” a quantidade total atual de cotas e no campo “Situação em 31/12/2020”, vai preencher o preço médio de compra de todas essas cotas.
      No Informe de rendimentos da sua corretora deve ter mais detalhes.

      Sucesso!

  7. Bom dia… comprei cotas mas não vendi nenhuma, mas estou obtendo ganho com os dividendos, devo declarar todo mês os ganhos com dividendos?

    1. Elias, boa tarde!
      Atualmente os dividendo obtidos de fundos imobiliários são isentos de tributação. Sendo assim, não há ganho de capital para ser calculado e recolhido. Porém, anualmente você deverá declarar esse valor em sua declaração de imposto de renda, como rendimentos isentos e não tributáveis.
      Até mais!

Mais comentários

Últimas publicações