Avaliação financeira de uma empresa é importante?

  • 28/07/2014
Página inicial - Empresas - Avaliação financeira de uma empresa é importante?

avaliação financeira

Avaliação financeira de uma empresa é importante?

Muitos empreendedores sonham descobrir uma ideia única, abrir um mercado absolutamente diferenciado e, assim, repetir o feito de jovens que se tornaram milionários depois de venderem suas organizações (ou, no melhor dos cenários, depois de conquistarem investidores interessados em despejar centenas de milhares ou milhões de dólares no negócio em troca de parte dessas companhias). Mas não basta uma boa ideia para atrair investidores e compradores. Para isso é fundamental uma adequada avaliação financeira de uma empresa.

À medida que os mercados amadurecem, cada vez mais os donos de boas ideias precisam provar o potencial de crescimento de suas empresas e demonstrar aos interessados uma estrutura de governança corporativa e um planejamento financeiro adequado.

A governança corporativa abrange todas as esferas da empresa – desde a organização da situação fiscal, societária, patrimonial e trabalhista até a definição de valores e da estrutura de gestão. Quando a empresa tem essas informações organizadas, ela se torna muito mais atrativa para investidores.

Isso é ainda mais importante quando levamos em conta o fato de que todo grande investidor é assessorado por advogados e profissionais especializados (advisory) que realizarão uma Due Diligence na candidata a investimento. Esse procedimento, uma espécie de auditoria técnica, consiste na análise detalhada da real situação da empresa, de todas as suas contas, de pendências trabalhistas e de outras variáveis ligadas à saúde financeira do negócio. O empresário deve estar preparado para sofrer uma sabatina com perguntas e questionamentos sobre todos os aspectos ligados à saúde financeira da sua empresa.

A avaliação financeira do quadro atual da empresa é importante para o investidor. Mas justificar o valor da organização exige analisar também seu potencial de geração de recursos no futuro. Muitas vezes a negociação ou o interesse não se concretizam pela dificuldade do empreendedor em justificar o capital necessário, mostrar como esse valor será aplicado e, principalmente, qual o retorno gerado por esse investimento. O investidor exigirá respostas a perguntas como: Qual sua capacidade de geração de caixa? Qual a taxa interna de retorno (TIR) do projeto? Qual a projeção de fluxo de caixa para os próximos anos?

As respostas a esses questionamentos dependem da existência de um plano de negócios com embasamento e argumentos sólidos, capaz de justificar ao potencial investidor o motivo pelo qual ele “deve” investir na empresa.

Boas ideias continuam essenciais. Mas para atrair investidores é imprescindível que elas venham acompanhadas por uma avaliação financeira correta dos valores envolvidos da empresa e pela oferta de uma organização que combine organização, administração profissional e um plano de negócios bem estruturado para o futuro.

.

Avaliação financeira de uma empresa é importante? por Flávia dos Anjos – 28.07.2014

A Par Mais Planejamento Financeiro tem um propósito claro: trabalhamos para auxiliar cada um de nossos clientes a construir sua tranquilidade financeira. Atuamos na área de planejamento financeiro pessoal, family office, gestão patrimonial, consultoria financeira para empresas e consultoria de investimentos.

 

Deixe seu comentário

Comentário(s): 0

Últimas publicações